Novidades do acervo do Barulho d’Água: João Ba, Carlinhos Vergueiro, Socorro Lira, Roberto Freire, Pereira da Viola…

Reserva

O Barulho d’Água Música acrescentou ao acervo os seguintes álbuns: “Cordéis Cantados” (Djanira Feitosa); “Devoção” (Carlos Farias & Coral das Lavadeiras); “Alforje” e “Cantos d’Algibeira” (Aldy Carvalho); “Cavaleiro Macunaíma” (João Bá); “Poeta, Compositor, Cientista, Boêmio – Carlinhos Vergueiro interpreta Paulo Vanzolin” (Carlinhos Vergueiro); “Edvaldo Santana ao vivo” e “Reserva da Alegria” (Edvaldo Santana); “Viola Étnica”, “Akpalô” e “Viola Cósmica” (Pereira da Viola); “Duo Calavento” (Diogo Carvalho e Leonardo Padovani); “Lua Bonita”, Intersecção”, “Singelo tratado sobre a delicadeza”, e “Cantigas” (Socorro Lira); e “Vida de Artista” (Roberto Freire), este gentilmente cedido pelo violeiro e compositor Paulo Freire, filho de Roberto.

????????
Djanira Feitosa
????????
Socorro Lira

 

Anúncios

MCB promove concerto em homenagem a Violeta Parra com presença de neta da cantora chilena

Violeta-Parra
A cantora Violeta Parra deixou gravadas várias músicas que são cultuadas e admiradas por vários seguidores, não apenas chilenos, mas de todo o continente americano

Neste domingo, 17, o Museu da Casa Brasileira (MCB), situado em Pinheiros, bairro da capital paulistana, receberá Sarah Abreu, Carlinhos Antunes e o Sexteto Mundano para um dos melhores shows que o público de São Paulo está tendo a oportunidade de presenciar atualmente. A partir das 11horas, e sem cobrança de entradas, os dois cantores e o grupo apresentarão “Violeta Terna e Eterna”, concerto no qual prestam tributo Violeta Parra, cantora chilena cultuada como uma das mais importantes referências artísticas e culturais não apenas do seu país, mas de todo o continente americano. A neta de Violeta, Tita Parra, estará presente e também subirá ao palco para homenagear a avó militante em várias frentes e que, entre outras contribuições para várias gerações, legou-nos “Volver a los diecisiete”, gravada pelo Raíces de América e por Milton Nascimento e Mercedes Sosa.

Também é de Violeta “Gracias a la vida”, “Casamiento de negros”, e “La jardinera”. As músicas do concerto  “Violeta Terna e Eterna em breve estarão disponíveis em CD totalmente financiando por meio de contribuições coletivas (crowfunding), via plataforma Cartarse. Informações a respeito da gravação podem ser acompanhadas por meio do linque https://www.facebook.com/violetaternaeterna?fref=ts.  

A apresentação deste domingo faz parte das comemorações de 15 anos do Museu da Casa Brasileira, cujo endereço é avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705. Há estacionamento no local, com preço único variando de acordo com o dia.

https://www.youtube.com/watch?v=4mo5SK5nPZs

10341503_10204226825248318_6815921756735044100_n