Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Festejos de 155 anos de Mar de Espanha incluem show de Lula Barbosa na Praça da Matriz

Deixe um comentário

1546454_671751236222583_537065737_n

Lula Barbosa destaca-se no cenário musical brasileiro desde “Mira Ira”, de 1985 (Foto: Marcelino Lima)

Mar de Espanha, situada na Zona da Mata, abrangida pela microrregião de Juiz de Fora (MG), está completando 155 anos de elevação a município e para marcar a ocasião o governo local programou mais uma edição do “Setembro Festivo”, série de eventos culturais, esportivos, e cívicos que vem sendo cumprida desde o sábado, 6, com uma apresentação de Folia de Reis. As comemorações também incluem um show com o cantor mineiro-paulistano Lula Barbosa, cuja família tem representantes entre os ilustres filhos da cidade aniversariante. Lula Barbosa ocupará o palco defronte à Igreja Matriz de Nossa Senhora das Mercês a partir das 22 horas do sábado, 13.

Lula Barbosa tornou-se mais conhecido no cenário musical brasileiro após as participações no Festival dos Festivais, da Rede Globo, em 1985, ano em que com “Mira Ira”, composição dele interpretada por Miriam Mirah e pela banda Placa Luminosa, obteve o segundo lugar e o prêmio de melhor arranjo. Quinze anos depois, no último festival daquela emissora, a canção “Brincos” levou o troféu de aclamação popular. Ele já compôs para diversos intérpretes da MPB e assinou parcerias com Cesar Camargo Mariano, Eduardo Gudin, Filó Machado, D. Pedro Casaldáglia, Abílio Herlander, Miriam Mirah, Jica (da dupla Jica y Turcão), Joãozinho Gomes, Natan Marques e Vanderlei de Castro, entre outros grandes letristas e poetas. São dele mais de 500 composições gravadas por expoentes como Roberto Carlos, Jessé, Thobias da Vai Vai, Altemar Dutra Júnior, Jane Duboc, Jair Rodrigues, O Terço, Sérgio Reis, Tarancón, Tania Libertad (México), Pedro Fernández (México), Tito Gomez (Porto Rico), Jim Porto (Itália) e Amaya Uranga (Espanha).

O mais recente disco, por sinal, bela homenagem a Mar de Espanha, leva o nome da cidade no título e na faixa 13. O álbum é uma parceria com Ricardo Castro e ao todo tem 18 músicas.

3054526

Mar de Espanha, cidade encravada na Zona da mata mineira, está completando 155 anos de autonomia

Mar de Espanha ,quando ainda distrito, era subordinada a São João Nepomuceno. O nome derivaria da exclamação de um colono espanhol que explorava serviços de balsas na região e ao olhar a confluência dos rios Piabanha e Paraibuna teria dito em uma tarde de enchente: “Parece mais um mar de Espanha!”. A matriz de Nossa Senhora das Mercês é o grande patrimônio da cidade. A construção do templo começou em 1872 e exigiu catorze anos de trabalhos para ser concluída. A Estação Ecológica é a principal Unidade de Conservação da região. Os visitantes e turistas encontram ainda belos atrativos naturais, como a cachoeira da Bocaina, o campo das Palmeiras e o mirante do Morro Santa Efigênia e Morro Altíssimo.

Para saber mais sobre Mar de Espanha acesse http://www.ferias.tur.br/informacoes/3378/mar-de-espanha-mg.html ou http://www.minasgerais.com.br/destinos/mar-de-espanha/

 

Programação do “Setembro Festivo”

6, Encontro de Folia de Reis

7, Desfile Cívico e Missa do Homem do Campo, logo após apresentação de modas de viola

13, Show com Lula Barbosa

14, Campeonato de downhill

20, Sarau

21, Bike Mar

25 a 28, Concurso leiteiro

4° edição “Pedalando contra as drogas”

27, Atividades de lazer

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s