Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Fernando Sodré vira viola de ponta cabeça e tira das cordas de jazz a baião no SESC Pompeia

Deixe um comentário

Fernando Sodre é a atração de mais uma edição do "Instrumental Sesc Brasil"

Fernando Sodre é a atração de mais uma edição do “Instrumental Sesc Brasil”

O SESC da Consolação trará o violeiro Fernando Sodré nesta segunda-feira, 15, como atração do projeto “Instrumental Sesc Brasil”, coordenado por Patrícia Palumbo e dedicado à música instrumental e suas diversas vertentes, há mais de vinte anos um polo difusor de grupos e músicos consagrados e novos talentos. A apresentação de Sodré terá entrada franca, no Auditório do Teatro Anchieta.

Músico expoente da efervescente nova geração de instrumentistas brasileiros, o mineiro Fernando Sodré já lançou “Fernando Sodré” (2005), “Rio de Contrastes” (2007) e “Viola de Ponta Cabeça”. Nestas obras destaca-se por sua ousadia, inovação e busca constante pelo aperfeiçoamento técnico. É reconhecido como uma das mais importantes vozes da viola no mundo, universalizando-a numa excursão por territórios nunca dantes visitados. Sodré consolida-se como um real alquimista deste timbre incomum, desbravando novas possibilidades de veiculação do instrumento associado é quase que exclusivamente à cultura caipira.

Como instrumentista, compositor e arranjador, Sodré constrói uma trajetória ímpar. Apresentam diálogos entre diferentes gêneros: do choro ao jazz, do baião ao flamenco; todos unificados por seu estilo e toque personalíssimos, desenvolvidos a partir de estudos e adaptações técnicas para a execução da viola brasileira num ofício de versatilidade. Influenciado por Tom Jobim, Raphael Rabelo e Milton Nascimento, e por artistas internacionais como Pat Metheny e Paco Del Lucia, Sodré alcança em seu trabalho uma roupagem nada habitual. A pluralidade de suas referências faz dele um compositor surpreendente, capaz de nos fazer passear por diversos universos em apenas uma faixa. Fernando imprime seu olhar próprio a cada nota, mas sem excluir a liberdade de improvisação dos grandes músicos que emprestam talento aos seus projetos.

Curta o vídeo e visite http://fernandosodre.com/br/home

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s