Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Show de Gilberto Gil no Ibirapuera (SP) proporciona um delicioso domingo no parque

1 comentário

GILw

Gilberto Gil cantou vários de seus sucessos com muita simpatia, bom humor e ginga no Ibirapuera, após a apresentação dos gaúchos da General BoniMores (Fotos de Marcelino Lima)

O repertório não tinha “Domingo no Parque”, nem “Super-homem-A canção”. Mas quem esteve no começo da noite de domingo, 14, no gramado externo ao auditório do Parque do Ibirapuera, na zona Sul paulistana, curtiu um delicioso e memorável show de um super bem humorado e extrovertido Gilberto Gil, atração de encerramento do Samsung Festival Revelando Talentos. Enquanto recordava vários de seus consagrados sucessos, Gil revelou-se um menino que, do alto dos seus 72 anos, continua bom da cabeça já grisalha e muito, muito bem, obrigado, dos pés, sambando, xaxando, pulando com desenvoltura e um largo sorriso que não se apagou nem mesmo quando, por várias vezes, puxou sem perder a ternura a orelha dos técnicos de som. Tamanha simpatia e energia terminaram, inclusive, por brindar alguns felizardos que, mais perto do palco, conseguiram ganhar do bom baiano beijos e apertos de mão.

Tanta alegria e alto astral, claro, contagiou a plateia, que soltou as amarras, cantou, dançou e bateu palmas do começo ao fim. Se Gil resolvesse se atirar nos braços da multidão, sem nenhuma corda para se segurar como fazem alguns artistas no auge da euforia, com certeza encontraria vários braços erguidos, prontos para acolhê-lo e apertá-lo com aquele abraço que ele preconiza quando canta “Alô, alô Terezinha…” Por cerca de 90 minutos, Gil folgou os nós dos sapatos, parece ter esquecido a data e deixou a cena exatamente como entrou: dançando (ou, talvez, quem sabe, falando com Deus). O show sucedeu a apresentação da banda gaúcha de Passo Fundo “General BoniMores, uma das vencedoras do festival, que, ao final, durante a primeira música do “bis”, enriqueceu o currículo tocando ao lado do homem que anda com fé e nos faz acreditar que mais do que uma moça, haverá nos esperando à janela sempre um motivo para a gente deixar se aventurar, não se segurar e deixar a paz invadir o coração.

Entre as músicas Gil cantou “A novidade”, “Drão”, “Esperando na janela”, “A Paz”, “Palco”, “Vamos fugir”, “Gente Estúpida” e “Punk da Periferia”, com direito ao dedo do “aqui para vocês” devidamente estendido. Durante uma seleção de três sambas que começou com “Chiclete com Banana”, ele saldou a torcida do Corinthians em “Aquele abraço”, observando, porém, que o clube paulista acabara de ser derrotado pelo Flamengo, cuja torcida é homenageada na letra; depois fechou a trinca com “Andar com fé”. De Bob Marley Gil trouxe “Não chores mais (No Woman no cry)”, “Three Little Birds”, e “Is this love?”, aumentando o frisson da galera que ainda antes de o show começar já flutuava em outra “vibe”. Para o bis, depois de dividir os microfones com os guris da General BoniMores, Gil escolheu (e enfim atendeu aos diversos pedidos) “Realce” e “Toda menina baiana”.

Vale a pena registrar, ainda, que uma mensagem de cunho político também marcou a apresentação de Gil. Lembrando o episódio de demonstração racista ocorrido recentemente e que envolveu torcedores do Grêmio de Porto Alegre (RS) e o goleiro Aranha, do Santos FC, ele observou: “Este país felizmente está rumando para uma república civilizada e condenar atos como estes faz parte desta nova civilidade.”

Bonimares 2w

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Um pensamento sobre “Show de Gilberto Gil no Ibirapuera (SP) proporciona um delicioso domingo no parque

  1. Pingback: News General BoniMores | “Diário do Grande ABC” e outros veículos de São Paulo falam do show com Gil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s