Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Noel Andrade, violeiro autor de Charrua, é o aniversariante de hoje, 1/11

Deixe um comentário

NA 4

Natural de Patrocínio Paulista (SP), Noel Andrade é violeiro da atual geração paulista que se dedica ao instrumento de dez cordas e cultiva as tradições caipiras presentes na cultura tanto do Estado, quanto nas raízes do sertão brasileiro

Noel Andrade, violeiro natural de Patrocínio Paulista, interior de São Paulo,  já está na estrada há mais de dez anos. Aniversariante de hoje, 1º de novembro,  ele também é pesquisador da música e dos costumes  do campo e busca em suas composições as particularidades e a simplicidade da vida cabocla, o cotidiano do camponês e da terra onde vive.

Autor de Charrua, álbum que reúne 11 canções próprias e de outros artistas como Luís Perequê, Rosinha de Valença, Francisco Nepomuceno, Elpídio dos Santos, Godofredo Guedes e Chico Lobo, Noel Andrade já cantou e tocou acompanhado por músicos como Renato Teixeira, Dércio Marques, Bocato e Katya Teixeira. A mixagem de Charrua é de Ricardo Vignini e as faixas, nas quais predominam a viola caipira, têm a companhia de harpa, de tambores, de berimbau, de rabeca, de clarinete, de trombone, de flauta, de sanfona e de cello, entre outros instrumentos.

O Barulho d’água Música deseja ao amigo Noel Andrade, um dos contemplados em 2013 com a estatueta do 3º Prêmio de Excelência de Viola Caipira, muitas felicidades e que a estrada sempre o conduza ao sucesso! Parabéns!

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s