Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Canarinho Chorão faz o chorinho ser ainda mais gostoso e mostra no Memorial da América Latina que voará alto

Deixe um comentário

canarinho chorão 1

O Canarinho Chorão é integrado por cinco vizinhos e amigos moradores do mesmo condomínio situado no bairro paulistano do Sumaré e alterna em suas brilhantes apresentações sucessos consagrados do gênero com composições próprias (Fotos de Marcelino Lima)

O Barulho d’água Música acompanhou a apresentação no sábado, 15 de novembro, do quinteto Canarinho Chorão em uma típica roda de choro, reunindo amigos, familiares e alguns dos fãs que o grupo vem conquistando há pouco mais de um ano, desde que foi oficialmente formado por moradores do Sumaré, bairro da zona Oeste de São Paulo. Enquanto os últimos raios de sol se alternavam com os primeiros ventos de uma noite de Primavera que caiu um tanto fria, o Canarinho Chorão esteve no Memorial da América Latina, na Barra Funda, tocando sob uma tenda que deixou o ambiente com clima ainda mais familiar, fez casais dançarem e pessoas de várias gerações voltarem para casa leves como um passarinho e com as palmas das mãos doendo de tanto aplaudir.

O grupo é formado por Bira Nascimento (flauta), Ricardo Perito (cavaquinho), Ricardo Cassis (violão), Alexandre Moura (violão de sete cordas) e Marina Siqueira (pandeiro). Entre um sucesso e outro de consagrados autores do gênero como Pixinguinha, Altamiro Carrilho, Henrique Alves Mesquita e Jacob do Bandolim,  alternados com composições próprias, Bira Nascimento contou que o Canarinho Chorão começou a buscar o céu em junho de 2013, exatamente no dia em que ele fazia mais um aniversário.

O que era apenas um hábito repetido pelos cinco companheiros, os quais se reuniam espontaneamente para tocar como fregueses de um bar tradicional do bairro, transformou-se no projeto que, rapidamente, tornaria-os convidados para ir ao Sr.Brasil, programa idealizado por Rolando Boldrin, há 34 anos um marco para preservação, resgate e difusão tanto de talentos já veteranos de estrada, mas compromissados com a qualidade e o amor às tradições nacionais da cultura popular, quanto por revelações que empunham a mesma bandeira e estão em busca de reconhecimento.

Desde então, o Canarinho Chorão  voa alto, mas sempre pousa novamente em sua “casa” para tocar com regularidade e entreter o público: o próprio Bar do Bacalhau, cujos proprietários são os maiores incentivadores do grupo; as rodas ocorrem todas as segundas-feiras, a partir das 22 horas na avenida Professor Alfonso Bovero, 560, Sumaré, telefone 3673-7052, na esquina com a avenida Apinajés.

Canarinho Chorao w

Quem for conferir os encontros se animará com músicas dos famosos compositores do chorinho, mas conhecerá principalmente trabalhos de outros artistas que ainda não chegaram à mídia.  “Não são canções que a plateia sabe de cor, como Carinhoso, mas são obras bonitas e que vão cativar quem vier”, conta Marina Siqueira. 

No repertório estarão entre outras músicas Eu e Você, Um Verão em Cabo Frio, Seresteiro e Cachorro Vadio, esta de Bira Nascimento, não à toa comparado por Boldrin a Pixinguinha. “O choro geralmente é ligado a um comportamento mais formal, mas na verdade é um estilo solto, que conta histórias sem usar as palavras”, completa Marina.

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s