Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Salomão Habib e Sebastião Tapajós gravam e lançam juntos álbum duplo Violões do Pará em teatro de Belém

Deixe um comentário

IMG_1044w

Salomão Habib

Tapajós

Sebastião Tapajós

Violões do Pará é o nome do concerto que Salomão Habib promoverá no próximo dia 21, no Teatro Maria Sylvia Nunes, situado no complexo turístico Estação das Docas, em Belém. Na ocasião, Habib receberá o consagrado mestre do violão Sebastião Tapajós para o lançamento do álbum duplo que batiza o show, gravado por ambos com o objetivo de marcar um encontro de gerações dedicadas ao violão amazônico, e que reúne belíssimas páginas da literatura do instrumento. O volume dois conta com as participações dos violonistas  Diego Santos, Cizinho, Nego Nelson, Gileno Foinquinos e Paulo Moura, que conferem ao repertório diferentes ritmos, diferentes estilos e influências alinhavadas por irretocável qualidade musical.

“Vamos promover um espetáculo de técnica e musicalidade paraense, preparado com muito carinho para a dignificação de nosso sotaque musical”, declarou Habib. Para mais informações e esclarecimentos, ele divulgou  os telefones 8808-6490 e 8177-6590, com DDD 91.

O violão no Pará

A história do violão no Estado do Pará remonta ao século XIX. Já pelos idos de 1851, havia relatos de negros que na Ilha do Marajó tocavam guitarras (violões),segundo aponta em seu livro O Negro no Pará, o antropólogo Vicente Salles.

A relação deste instrumento com o Pará sempre foi muito próxima, porém infelizmente a história desconhece seus momentos de glória e de extrema produção musical que deixou um legado que formou gerações e influenciou de forma crucial o desenvolvimento da musicalidade amazônica, sobretudo a urbana. Atualmente, Sebastião Tapajós, e Salomão Habib são os solistas que mais frequentam as salas de concerto levando a música amazônica solo para violão ao grande público. Além deles, nomes importantes figuram entre compositores do gênero tais como Alcides Batista Freitas mais conhecido como “Catiá, Nelson Batista Ferreira ou simplesmente Nego Nelson, os quais perfazem um elenco de mestres do violão que atravessando décadas tem encantado plateias em todo o país.

Este CD duplo contém as maiores referências do violão no Pará e reúne nomes que sustentam a produção musical instrumental deste, que sem dúvida é o mais brasileiro dos instrumentos.

Forma e Conteúdo

Com um encarte de luxo, destacando a informação detalhada em oito páginas em papel couchê, sobre os compositores, suas músicas e elaboração de peças, este trabalho pode ser desde já considerado historicamente especial.

O primeiro CD será composto de peças musicais de autoria de Sebastião Tapajós e Salomão Habib, executadas ora solo, ora em duo, todas instrumentais e originais para violão. Variando entre choro, valsa, samba, prelúdio, carimbó, lundú, baião, tango brasileiro e muitos outros, a unidade estilística e diversificada do primeiro CD mostra o particular amazônico sendo universalizado na linguagem instrumental com sotaques brejeiros que definem muito bem a identidade do povo amazônico. Música que sem dúvida brindarão o público com uma atmosfera de amor e paixão pela Amazônia.

O violonista Salomão Habib em depoimento afirmou ser uma honra e uma oportunidade de ouro, poder gravar ao lado de uma das referências do violão brasileiro que já gravou quase 70 discos por todo o mundo e agora volta a sua terra e renasce em composições magistrais ao lado de novas gerações do violão.

O segundo CD envolve a participação de vários outros artistas convidados. Diego Santos, um jovem violonista e compositor, Paulo Moura, experiente violonista de sete e com diversos prêmios no curriculum, Gileno Foinquinos, guitarrista por excelência, mas antes disso um violonista nato e autêntico, Nego Nelson, uma fera do improviso e do jazz que traz no violão a particularidade do povo latino, sobretudo amazônico; Cizynho, professor e compositor, diretor de grupo de chorinho, um experiente compositor e violonista popular. Uma verdadeira festa de sabores musicais das mais diferentes vertentes.

Linque para ouvir canções de Salomão Habib

 https://soundcloud.com/user706147268/sets/salomao-habib
Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s