Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Carol Ladeira comemora mais uma primavera

Deixe um comentário

carol ladeiraw

Nascida no Rio de Janeiro, Carol Ribeiro residiu no Espirito Santo e em Cuiabá antes de vir estudar em Campinas (Foto: Arquivo Pessoal)

Hoje, 19, também é aniversário de Carol Ladeira, cantora residente em Campinas, mas que desde o primeiro dia de vida é regida e abençoada pela força e bom astral de todos os santos,  já que nasceu de frente para a bela Baia da Guanabara, na cidade do Rio de Janeiro.

Era um dia de sol e de chuva, de acordo com a mãe, mineira, que a concebeu do casamento com um cearense. A menina Carol passou parte da infância no Espírito Santo, mas viveu até o começo a adolescência em contato com o fervo carioca, de volta à Cidade Maravilhosa. Antes de chegar a Campinas, para estudar, ainda passou alguns anos em Cuiabá (MT).

“A primeira vez que subi num palco foi pra fazer teatro”, relembra Carol. “Fiz um tempinho, até descobrir o prazer de cantar”, emenda, para concluir: “Desde então, vivo tentando virar passarinho”.

A discografia de Carol Ribeiro reúne os títulos Quitanda, Mergulho, Esticador de Horizontes e Angudadá, abaixo apresentados em breve comentário. Os quatro podem ser solicitados por meio de um linque em sua página eletrônica http://www.carolladeira.com

Quitanda (2010)

Álbum de estreia, no qual ela aparece muito bem acompanhada, com a direção musical de Kiko Dinucci e Marcelo Pretto, além de reunir as participações especiais de Chico Saraiva, Ricardo Zohyo, Ricardo Matsuda “e um tantão de gente querida!”

Mergulho (2013)

Primeiro cedê do Quinteto Coloquial, com músicas que nos ajuda a conhecer um Brasil profundo.

Esticador de Horizontes (2013)

Trabalho inicial do CantaVento para  homenagear Manoel de Barros, falecido em 13 de novembro, em Campo Grande (MS). A obra do poeta da “coisas miúdas e do chão” é uma das grandes inspirações deste trabalho que traz uma visão delicada e poética sobre a infância.

Angudadá (2014)

Este é um álbum concebido para o público infantil, mas recomendado para todos os públicos, ouvir, assistir e ler.  O Angu quer experimentar. Quer brincar de misturar a música com a poesia, a literatura com a fala, os sons com as artes.

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s