Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Joyce Carvalhaes, do Acordais, faz aniversário hoje

Deixe um comentário

acordais bamw

Os primeiros parabéns aos aniversariantes de 2015 enviados pelo Barulho d’água Música são para Joyce Carvalhaes, uma das integrantes e vozes do Acordais, uma das mais gratas surpresas do gênero caipira que despontou no ano passado, no qual acompanha o marido compositor e violeiro Alex Rocha.

O Acordais assina as próprias composições, definidas como canções que “têm aroma de casa do interior e adicionam ao seu pó de café influências de música caipira, moda de viola, chamamé pantaneiro, folia de reis, com pitadas de requinte de instrumentos como violoncello, piano e violão folk, sem deixar de lado os causos, por vezes contados ou cantados”. A  “brincadeira”, prosseguem os músicos, começou com um trio que botou à mesa voz, viola caipira e piano. “Posteriormente, atraídos pelo cheiro do café, outros instrumentos foram se achegando” e hoje o grupo conta com o casal, Érika Bordin (vocais), Celso Marques (violão), Vinícius Almeida (baixo elétrico) e Jica, do  Tarancón e da dupla Jica y Turcão (percussões). 

Em shows, apresentações em festivais, centros culturais, e no circuito do Sesc, o Acordais também de destaca por contações de histórias para todas as idades e oficinas artísticas. Somado às músicas do álbum Acordais (que Rolando Boldrin mostrou em primeira mão, em outubro de 2014, durante  gravações do Sr.Brasil,) o repertório ganha ainda algumas canções tradicionais da nossa cultura.

Receba, então, Joyce, nossos votos de saúde, paz e um Ano Novo repleto de alegrias, com a família ainda mais bonita pela presença do anjo de luz que está chegando para iluminar os seus caminhos e do Alex!

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s