Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Elomar e João Omar trazem a três cidades paulistas o concerto que antecede o lançamento de O Riacho do Gado Brabo

2 Comentários

TJTul

Elomar e João Omar levam desde setembro de 2012 a várias capitais o concerto que antecede o lançamento dos próximos álbuns de ambos; o do pai encerrará sua fase de compositor de músicas para dedicar-se apenas às óperas

O cantor e compositor Elomar Figueira Mello e o filho, João Omar, estreiam no dia 30 a miniturnê que farão em três cidades de São Paulo, apresentando em unidades do Sesc o concerto Ensaiando o Riachão do Gado Brabo.

 

 

O espetáculo vem sendo classificado na imprensa como um marco na carreira do trovador que nasceu na Bahia, mas prefere ser identificado como sertanez em protesto contra a política oficial e da indústria do entretenimento daquele estado. Em sua interpretação, estas são veladamente segregacionistas, e por submissão à mídia e a grupos de interesses econômicos, reduzem a produção cultural baiana apenas ao que se engendra da capital, Salvador e Recôncavo, até no máximo cidades como Camaçari e Feira de Santana, ignorando-se a criatividade dos sertões, onde há as terras dos homens de pés descalços e dos vaqueiros, existe um outro estado, mais espiritual e camponês.

Há pouco mais de dois anos que Elomar e João Omar vêm cruzando o país com Ensaiando o Riachão do Gado Brabo. A estreia ocorreu em setembro de 2012, no Teatro Escola Lírica Mineira, instalado na Fundação Casa dos Carneiros, em Vitória da Conquista (BA). Depois, o concerto começou a ser levado às capitais brasileiras, passando entre outras por Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Salvador (BA) e São Luís (MA).

 

 

Nos shows, eles anunciam o disco que encerrará a fase das canções de Elomar, cujo nome será O Riacho do Gado Brabo, uma vez que o menestrel vem se dedicando à composição de óperas e outros trabalhos com formação mais erudita. João Omar, que caiu na estrada com o pai aos nove anos, também mostrará algumas peças solos do projeto de seu próximo álbum, João Omar interpreta Elomar: Peças para violão Solo. Neste disco o repertório inclui Prelúdio nº sexto (uma homenagem a Villa Lobos); Lagoa da Porta; São João Xaxado; Retirada; Trabalhadores na Destoca; e Estudo nº único.

“Na verdade estamos fazendo uma prévia dos dois discos que devem estar prontos ao mesmo tempo em 2015”, comentou João Omar durante entrevista ao Imparcial, de São Luís (MA), em outubro de 2014.

O público ainda terá a oportunidade de conhecer canções inéditas de Elomar, dentre elas, os sambas Naquela Favela e Samba do Jurema; Amarração e Canto dos Nordestólogos, pertencentes à trilha sonora de uma peça de teatro do próprio Elomar chamada O Mendigo e O Cantador; duas canções que foram gravadas num compacto da década dos anos 1960 (primeira gravação independente do Brasil, não comercializado) chamadas O Robot e Mulher Imaginária; além da música que dá nome ao disco O Riacho do Gado Brabo. Nesta interação, aborda-se a cultura do campo e do sertão, revelando  que Elomar ocupa como músico lugar equivalente ao de Guimarães Rosa para a literatura brasileira.

O projeto tem a realização da Fundação Casa dos Carneiros, uma associação cultural que prevê a administração, preservação e propagação da obra litero-musical de Elomar Figueira Mello, bem como a pesquisa, preservação e disseminação da arte verdadeira, da música culta e erudita produzida no Brasil.

 

 

A Fundação Casa dos Carneiros, com sede em Vitória da Conquista, na Bahia, há quatro anos vem realizando projetos de grande, médio e pequeno porte, reunindo em seu currículo apresentações de concertos de música de câmera, recitais líricos, apresentação de violeiros, quartetos, cenas de ópera e música popular.

 

we are pb

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

2 pensamentos sobre “Elomar e João Omar trazem a três cidades paulistas o concerto que antecede o lançamento de O Riacho do Gado Brabo

  1. Marcelino, você soube como ninguém descrever a importância e o requinte que é a obra de Elomar, usou de uma sensiilidade ímpar e maestria para escrever seu texto. Parabéns e muito obrigada por me proporcionar essa maravilhosa leitura.

    • Aninha, não conte para ninguém: sou elomarníaco desde a primeira audição de “Na quadrada das águas perdidas”, por meio de uma fita cassete já quase inaudível. Fiquei absolutamente arrebatado pelo disco, sobretudo pelas músicas Campo Branco, Arrumação e Chula no Terreiro. Dai passei a pesquisar, ler, ouvir e juntar tudo o que pude, em quase 25 anos, sobre ele. Já tive o prazer de conversar com Elomar e João Omar, no único show ao vivo dele que prestigiei, lá pelos idos de 1990, na Choperia do SESC Pompeia. Para mim, Elomar e Heitor Villa Lobos, bem como Dércio Marques, mais Tom Jobim, transcendem qualquer definição. Até o show!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s