Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Oswaldo Montenegro apresenta 3×4 no Flamengo (RJ), com participação de Renato Teixeira

Deixe um comentário

7787

Alexandre Meu Rei, Oswaldo Montenegro, Madalena Salles e Sergio Chivazzoli ensaiaram durante dois meses pelo menos dez horas por dia o repertório do musical 3×4, cuja turnê passará, agora, pelo Flamengo (Crédito: Divulgação Oswaldo Montenegro)

Em turnê nacional desde maio de 2014 para a divulgação do álbum 3×4, seu mais recente trabalho, o cantor e compositor Oswaldo Montenegro estará neste sábado, 24, de volta à terra natal, o Rio de Janeiro. Os fãs do poeta e menestrel poderão vê-lo no palco da casa de espetáculos situada na rua Infante Dom Henrique, 85, no bairro do Flamengo, a partir das 21 horas. O timaço que vem lotando teatros e auditórios país afora durante os shows, além de Oswaldo Montenegro com seu inseparável violão, reúne Sergio Chiavazzoli (bandolim), Madalena Salles (flauta) e  Alexandre Meu Rei (violão-blues). Já estaria de bom tamanho e valeria o ingresso, mas contrariando o ditado popular que apregoa “se melhorar, estraga”, no Rio de Janeiro o público de quebra curtirá a participação de Renato Teixeira.

Oswaldo e Renato

O paulista autor de Romaria ganhou entre as faixas de 3×4 uma em sua homenagem, que Montenegro batizou de Pro Renato Teixeira, disponibilizada na internet por meio de um clipe, no qual ambos a cantam juntos, e no DVD do Youtube que contem o repertório do show. Para garantir ao público um espetáculo de qualidade que oferecerá uma teia de complexas e diversas sonoridades, Oswaldo e os amigos ensaiaram  por pelo menos dez horas, durante dois meses, e resolveram dividi-lo em quatro blocos.

 A abertura reserva as composições que Oswaldo Montenegro e a equipe consideram como sendo as mais alegres da carreira, apresentadas juntamente com trechos de Villa Lobos, Bach, Waldir Azevedo, Patápio Silva e Vivaldi. Em seguida, ouve-se um rosário de inúmeros sucessos, dele, costurados entre si, como se fossem uma única obra.

O terceiro momento é dedicado ao diálogo com a plateia. Oswaldo Montenegro procura atender a todos os pedidos do público, entremeando ao bate-papo duas canções novas. 

O final evoca uma atmosfera blues. A cantoria ganha semelhanças com o teatro, outra das especialidades de Montenegro. Madalena Salles entra em cena trajada como blues-man, enquanto Oswaldo, Chiavazzoli e Meu Rei capricham  “hiffs” clássicos. O objetivo é obter a máxima descontração e alegria, fazendo com que os presentes deixem o auditório querendo voltar lá no dia seguinte.

Em um texto que escreveu para a imprensa, a assessoria de Montenegro informa que  3×4, “como insinua uma fotografia, registra a identidade desse artista único, que não se parece com ninguém, e mostra 3 faces (não fases) de sua obra, num show de 4 blocos, com 3 músicos se juntando a ele para formar uma banda de 4.”   E 3 por 4 é também o compasso de Bandolins, a primeira composição dele que o Brasil conheceu. “Depois de passear pelo cinema e pelo teatro, o compositor retorna à música, que é de onde veio e, segundo ele mesmo, onde mais ama estar.”

O ingresso para o show 3×4 no Flamengo, com a participação de Renato Teixeira, já está à venda por meio da página eletrônica http://www.ingressorapido.com.br. O preço varia de R$ 50 a R$ 210,00. No momento em que esta matéria estava sendo publicada, apenas o setor AA, reservado a camarotes, estava esgotado.  

nous sommees

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s