Jorge Ben Jor é a atração do encerramento da festa de 461 anos de São Paulo

jorge-ben-jor-
Sempre de bom astral, o carioca Jorge Ben Jor vai atravessar o Atlântico para cantar com os paulistanos o parabéns à maior cidade do Brasil (Foto: Divulgação)

Neste domingo, 25, a cidade de São Paulo completará 461 anos de fundação. A Capital que mais recebe turistas no país fará aniversário e uma série de atividades oficiais como shows gratuitos, previstos para o hoje, 24, e no dia do feriado, estará à disposição do público.

Continue Lendo “Jorge Ben Jor é a atração do encerramento da festa de 461 anos de São Paulo”

São Chico das Violas (SP) caminha para o final, mas ainda tem Zeca Collares, e, depois, Adriana Faria

zeca collares arte
Zeca Collares, mineiro radicado em Sorocaba, mistura nas cordas de sua viola música de raiz, barroca e jazz (Foto: Marcelino Lima)

Zeca Collares dará sequência neste sábado, 24, ao Festival São Chico das Violas, que está rolando desde 3 de janeiro no acolhedor distrito de São Francisco Xavier, em São José dos Campos (SP). A apresentação, como nas vezes anteriores, começará às 21h30, no Largo São Sebastião, 105, com o ingresso ao custo de R$ 15,00. Promotora do festival, a Photozofia Cozinha e Arte abriu o São Chico com o casal Oswaldinho e Marisa Viana, e, no dia 10, reservou o palco para Ricardo Vignini. Em 7 de janeiro, João Lucas e Léo passaram pelo palco. A programação será encerrada no dia 31, com Adriana Faria.

Continue Lendo “São Chico das Violas (SP) caminha para o final, mas ainda tem Zeca Collares, e, depois, Adriana Faria”

Oswaldo Montenegro apresenta 3×4 no Flamengo (RJ), com participação de Renato Teixeira

7787
Alexandre Meu Rei, Oswaldo Montenegro, Madalena Salles e Sergio Chivazzoli ensaiaram durante dois meses pelo menos dez horas por dia o repertório do musical 3×4, cuja turnê passará, agora, pelo Flamengo (Crédito: Divulgação Oswaldo Montenegro)
Em turnê nacional desde maio de 2014 para a divulgação do álbum 3×4, seu mais recente trabalho, o cantor e compositor Oswaldo Montenegro estará neste sábado, 24, de volta à terra natal, o Rio de Janeiro. Os fãs do poeta e menestrel poderão vê-lo no palco da casa de espetáculos situada na rua Infante Dom Henrique, 85, no bairro do Flamengo, a partir das 21 horas. O timaço que vem lotando teatros e auditórios país afora durante os shows, além de Oswaldo Montenegro com seu inseparável violão, reúne Sergio Chiavazzoli (bandolim), Madalena Salles (flauta) e  Alexandre Meu Rei (violão-blues). Já estaria de bom tamanho e valeria o ingresso, mas contrariando o ditado popular que apregoa “se melhorar, estraga”, no Rio de Janeiro o público de quebra curtirá a participação de Renato Teixeira.

Continue Lendo “Oswaldo Montenegro apresenta 3×4 no Flamengo (RJ), com participação de Renato Teixeira”

Cê gosta? Pega eles, Totó: nóis nos inclui fora dessa!

Os-cães-têm-quatro-vezes-mais-sensibilidade-nos-ouvidos-do-que-os-humanos

O Barulho d’água Músicacompartilha” com seus amigos e seguidores, e ao fazê-lo, assume sua posição crítica, a lista daquelas que foram as músicas mais ouvidas nas rádios brasileiras em 2014 conforme a pesquisa Crowley Broadcast Analysis, que fez a medição em 215 emissoras de 23 praças (cidades ou regiões), entre 1/1/14 e 31/12/14.

Os dados foram extraídos pelo blog da página de uma das mídias sociais do músico e compositor carioca, residente em São Paulo, Sérvulo Augusto, que a publicou com o sugestivo título NOTA DE FALECIMENTO.

Abaixo segue a lista. A proposta dos blogueiros do ládo de cá do balcão é que nosso caro leitor, antes de mais nada, saiba o que se ouve por ai. Mas claro, também gostaríamos de receber comentários com avaliações. Então, vá lá, abaixe (ou aumente, fica a seu critério) o volume de sua estação. Nós vamos seguindo, mas por outros caminhos…

NOTA DE FALECIMENTO

AS DEZ MÚSICAS MAIS OUVIDAS NAS RÁDIOS BRASILEIRAS EM 2014

Domingo de Manhã (Marcos e Belutti)
“Prefiro estar aqui/Te perturbando, domingo de manhã/É que eu prefiro ouvir sua voz de sono/Domingo de manhã”

Cê Topa? (Luan Santana)
“Eu tenho uma proposta para te fazer/Eu, você, dois filhos e um cachorro/Um edredom, um filme bom no frio de agosto/E aí, cê topa?”

Os 10 Mandamentos do Amor (Eduardo Costa)
“Oitavo mandamento, diz para jurar/Lhe ser fiel até a morte lhe levar/No nono você diz que vai voltar/Diz que amanhã vai telefonar/E o décimo/Deixa ela esperar”

Vou te Amarrar na Minha Cama (Bruno e Marrone)
“Vou te amarrar na minha cama/Só vai fazer amor comigo/Eu te quero e preciso/Só junto de você/A minha vida faz sentido”

O Tempo Não Apaga (Victor e Leo)
 “O tempo não apaga/Não desfaz o beijo que eu desejo sempre mais/Não posso esquecer o seu olhar no meu/Eu sei que nosso amor ainda não morreu”

Mozão (Lucas Lucco)
“Momozin vamos fazer assim/Eu cuido de você, você cuida de mim/Não desisto de você e nem você de mim/Vamos até o fim”

Flores em Vida (Zezé Di Camargo e Luciano)
“Eu quero viver a vida/Quero flores em vida/Colhidas no jardim do amor / Do nosso amor”

N.R.: Pelamor, queridos: não vejam aqui nenhuma possível ligação com o (ou inspiração no) clássico samba de Guilherme de Brito, gravado, entre outros bambas, por Nelson Sargento…

Tudo com Você (Victor e Leo)
“Sou tudo ao seu lado/Preciso te encontrar/Diga se estou errado/Algo me faz querer te amar”

Happy (Pharrell Williams)
“Porque eu estou feliz/ Bata palmas se você sabe o que é felicidade para você/ Porque eu estou feliz/ Bata palmas se você sente que é isso que quer fazer”

Tradução do inglês “Because I’m happy/ Clap along if you know what happiness is to you/ Because I’m happy/ Clap along if you feel like that’s what you wanna do”

Guerra Fria (Sorriso Maroto)
“Eu odeio quando mexe em minhas coisas/Vasculhando sem me pedir/Mas adoro quando me dá seu carinho/E assim me faz dormir”

Fonte: Crowley Broadcast Analysis, em medição de 215 rádios em 23 praças (cidades ou regiões), entre 1/1/14 e 31/12/14

0dea63f7064085f9a6664352ead7a98b

 

 

Elomar e João Omar trazem a três cidades paulistas o concerto que antecede o lançamento de O Riacho do Gado Brabo

TJTul
Elomar e João Omar levam desde setembro de 2012 a várias capitais o concerto que antecede o lançamento dos próximos álbuns de ambos; o do pai encerrará sua fase de compositor de músicas para dedicar-se apenas às óperas

O cantor e compositor Elomar Figueira Mello e o filho, João Omar, estreiam no dia 30 a miniturnê que farão em três cidades de São Paulo, apresentando em unidades do Sesc o concerto Ensaiando o Riachão do Gado Brabo.

Continue Lendo “Elomar e João Omar trazem a três cidades paulistas o concerto que antecede o lançamento de O Riacho do Gado Brabo”

De volta a São Paulo, Guilherme Rondon faz apresentação ao lado de Rafael Altério e de Adriana Sanchez

divulgacaohigh03web
Guilherme Rondon é paulista, mas em  carreira superior há 40 anos destaca-se como representante da música pantaneira, identificação que já rendeu dois Prêmios Sharp (Foto: Cláudia Medeiros)

O cantor e compositor Guilherme Rondon vai matar as saudades do público de São Paulo nesta quarta-feira, 21, quando a partir das 21 horas estará no palco da casa de shows Tom Jazz, com participações especiais de Rafael Altério e de Adriana Sanchez . O Tom Jazz  fica na avenida Angélica, 2331, no bairro paulistano de Higienópolis, telefone 3255-3635. O ingresso, cotado em R$ 50,00, poderá ser reservado pelo endereço eletrônico http://www.tomjazz.com.br.

SHOW TRIO 2015
Guilherme Rondon (sentado, à direita), cantará no retorno a Sampa com Adriana Sanchez e Rafael Altério (Crédito: Divulgação)

 

Continue Lendo “De volta a São Paulo, Guilherme Rondon faz apresentação ao lado de Rafael Altério e de Adriana Sanchez”

A grandiosidade do Ibirapuera terá um show à altura com Consuelo de Paula. Mas deverá ficar pequeno para o público!

unnamed

A cantora e compositora  Consuelo de Paula , mineira de Pratápolis, fará show de lançamento de seu sexto álbum, O Tempo E O Branco,  em  1º de fevereiro, a partir das 19 horas, no Auditório Ibirapuera, no bairro Ibirapuera, situado na zona Sul de São Paulo.

Continue Lendo “A grandiosidade do Ibirapuera terá um show à altura com Consuelo de Paula. Mas deverá ficar pequeno para o público!”

Fábio Porte, violeiro de Jundiaí (SP), e membro da banda Tem Viola no Forró, está comemorando hoje seu aniversário

Fábio Porte
Filho de pais nascidos em MG e no PR, Fábio Porte cresceu em ambiente no qual a música caipira e a viola imperavam nas rodas, mas é virtuoso também com  instrumentos como violão e cavaquinho

Em uma das cidades aos pés da Serra do Japi, Jundiaí, hoje uma viola está ponteando mais bonita do que nunca, e outras, além de violões e cavaquinhos, numa mistura alegre de cordas, acompanham-na para parabenizar o aniversariante de hoje, o músico e compositor Fábio Porte.

Violeiro por influência de pai Luis Porte, do qual herdou a arte de bem tratar o pinho, Fábio Porte tem em seu DNA compostos mineiros e paranaenses, e desde menino, participando de rodas de violas, nutre raízes sertanejas que o colocaram em contato com as tradições interioranas, entre as quais a vertente caipira da música brasileira. E com ela que Fábio Porte destaca-se, atualmente, mas em sua carreira ele também dedicou atenção e estudos ao violão e ao cavaquinho, por exemplo, capacitando-o a tocar com a mesma maestria outros estilos como o choro e a mpb. Já adolescente, passou a lecionar música para iniciantes em conservatórios de São Paulo e Jundiaí,  desenvolveu métodos musicais de sua própria autoria  também tornou-se criador de jingles e trilhas musicais para programas de televisão com arranjos e produção. 

 

Fábio Porte é ao lado de João Ormond (voz e violas),  Cássio Soares (zabumba) Rafael Dos Santos Cabello (acordeon) e Val Da Viola Tavares (violão) integrante do grupo Tem Viola no Forró, que, no dia 14, fez a primeira apresentação do ano no Sesc Santo Amaro. A banda, na qual ele toca baixo elétrico, reúne amigos que juntos relembram clássicos do forró e canções próprias além de xotes, baiões e arrasta-pés fazendo a plateia dançar ao som de composições consagradas de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Alceu Valenca, Elba Ramalho e Fala Mansa, entre outros.

Em 2012, Fábio Porte lançou Caboclo Folgado, com músicas de raiz inéditas e regravações de expoentes da música popular e regional. Atualmente está divulgando Jacarandá do Brasil, álbum instrumental pelo qual  homenageia o país e a cultura brasileira, de acordo com ele, enfocado na “sustentabilidade”. As canções exploram de forma virtuosa a variedade rítmica presente nos diversos estados nacionais, “assim as composições ganham uma cuidadosa maneira de serem interpretadas para mostrar a cultura de uma região”.

Viola no forró
Fábio Porte (primeiro à direita) entre os amigos da banda Tem Viola no Forró, durante apresentação no dia 14, no Sesc Santo Amaro

 

banda toca

 

Sr.Brasil reapresenta gravações com Rodrigo Zanc e Waldonys

zanc boldrin

O programa Sr. Brasil, que Rolando Boldrin apresenta há nove anos na TV Cultura, vai levar ao ar neste domingo, 18, a  partir das 10 horas, a reapresentação da gravação com o cantor e compositor Rodrigo Zanc (São Carlos/Araraquara-SP), com direito a reprise na quarta-feira, 21, às 22 horas.

Boldrin também reservou parte desta edição para declamar, logo na abertura,  Meu Melhor Amigo, inspirado no poema de Ado Benatti; no bloco final, o público poderá rever no palco o sanfoneiro cearense Waldonys, que tocou durante anos com Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Fagner e homenageia o “Rei do Baião” com Vida de Viajante, clássico que Velho Lua gravou com o filho Gonzaguinha.

Zanc gravou o Sr.Brasil em 4 de junho de 2014, no Teatro do Sesc Pompeia, acompanhado por Bruno Bernini, Thadeu Romano e Thiago Carreri faixas do álbum Fruto da Lida, que ele lançou em outubro de 2013 e é o segundo da carreira. Em 2006, Zanc colhera do seu variado e fértil pomar o álbum Pendenga. Com estes dois belos trabalhos, independentes, ele vem pavimentando sua carreira solo, cujo início passa pela participação em concorridos festivais, entre os quais várias edições do Viola de Todos os Cantos.

Promovidos durante dez anos pela rede de televisão EPTV, retransmissora da Rede Globo, estes certames reuniam perto de 15 mil pessoas a cada etapa em estádios e ginásios. Rodrigo Zanc tornou-se finalista em quatro edições do Viola de Todos os Cantos, conquistando em 2007, em São Carlos, os troféus de vice-campeão e de melhor intérprete com a canção Viola Enfeitiçada, dele e de Isaías Andrade, um dos seus mais fieis parceiros.

Há forte presença de elementos rurais e da vida no campo nas canções que Rodrigo Zanc canta ou interpreta, todavia, não são estes os únicos definidores da sua obra, e nem a única forma como ele se apresenta. Zanc também é admirado pelos projeto de tributo que reverencia Pena Branca & Xavantinho, que protagoniza com Cláudio Lacerda (São Paulo). Ainda com o amigo paulistano, mais Luiz Salgado (Araguari/MG) e Wilson Teixeira (São Paulo/SP), ele integra o 4 Cantos, formação que entre 10 e 14 de dezembro encantou o público em Santa Bárbara d’Oeste e em Piracicaba.

_MG_3731
Rodrigo Zanc, primeiro à direita, com Cláudio Lacerda, Wilson Teixeira e Luiz Salgado, músicos integrantes do projeto cultural 4 Cantos (Foto: Adriano Rosa)

 

we sind www

São Francisco Xavier (SP) recebe João Lucas & Léo em show que fará homenagem ao compositor Goiano

JoaoLucas_Leovb
João Lucas e Léo já estão preparando o primeiro álbum e em SFX farão tributo a um dos mestres que os influenciaram, Goiano (Foto: Divulgação Juá Cultural)

 

A dupla João Lucas & Léo é a atração deste sábado, 17, na terceira rodada do Festival São Chico das Violas, que está rolando desde 3 de janeiro no acolhedor distrito de São Francisco Xavier, em São José dos Campos (SP). A apresentação, como nas duas primeiras do ano, começará às 21h30 no Largo São Sebastião, 105, com o ingresso ao custo de R$ 15,00. Promotora do festival, a Photozofia Cozinha e Arte abriu o São Chico com o casal Oswaldinho e Marisa Viana, e, no dia 10, reservou o palco para Ricardo Vignini. Em 24 de janeiro, o convidado será Zeca Collares. A programação será encerrada no dia 31, com Adriana Faria.

Continue Lendo “São Francisco Xavier (SP) recebe João Lucas & Léo em show que fará homenagem ao compositor Goiano”