Cantor e poeta, Jean Garfunkel lança no SESC Belenzinho (SP) álbum em homenagem a treze parceiros

66672c715ac5029e8e03a1c406f70e552f06d374
Jean Garfunkel é paulista e em trinta anos de carreira já gravou quatro vezes com o irmão Paul, além de celebrar parcerias com nomes que incluem Elis Regina, Margareth Menezes Renato Braz, Maria Rita, Lula Barbosa e Pena Branca Xavantinho. Poeta, é autor do livro Poemia (Foto: Divulgação/SergioCaddah)

 

O cantor, compositor e poeta paulistano Jean Garfunkel  fará show nesta sexta-feira, 20 de fevereiro, a partir das 21 horas, no Sesc Belenzinho, bairro da zona Leste de São Paulo. Jean Garfunkel, que também é ator e publicitário, lançará 13 Pares e Um fado Solitário, novo disco da carreira que já soma trinta anos e inclui também quatro gravações em dupla com o irmão Paulo Garfunkel.

Treze parceiros recebem homenagens neste mais recente álbum. Ora como letrista, ora como melodista, ou ainda desempenhando ambas as funções, o autor mostrará um repertório variado, concebido com o multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo, a flautista Léa Freire, o cantor Lula Barbosa, o guitarrista Natan Marques, o contrabaixista Sizão Machado, o compositor Théo de Barros e o maestro Júlio Medaglia.  A banda para o Belenzinho reunirá Sérgio Bello (baixo), Pratinha (flauta e bandolim) e Pichu Borrelli (teclados). Natan Marques (guitarra e violão) e Joana Garfunkel (voz) farão participações especiais.

Jean Garfunkel tem canções gravadas por expoentes como Elis Regina, Zizi Possi, Maria Rita, Renato Braz, Margareth Menezes, Pena Branca e Xavantinho, Yamandu Costa e Maria Rita. Como letrista trabalha com parceiros ilustres que incluem os amigos do novo álbum, além de Mozar Terra e Moacyr Santos. Não Vale à Pena, por exemplo, criada em parceria com Paulo Garfunkel, está gravada no disco de estreia de Maria Rita. Em 2004, ano no qual atuou como jurado do Concurso Talentos da Maturidade, ele e Paulo Garfunkel gravaram ao vivo na Sala Funarte de São Paulo o disco Peixe Vivo. Outro trabalho de destaque é de 2005, um disco do cantor Renato Braz só com composições dos irmãos Garfunkel, do selo Biscoito Fino.

Natureza, amor, humor e crítica social

“Imprescindível não é fazer poesia/Imprescindível é olhar pra vida/Como um poeta olharia”. Estes versos podem ser lidos nas páginas de Poemia, primeiro livro de poemas e letras de música de Jean Garfunkel. Com prefácio de Paulo César Pinheiro, Poemia é dividido em três capítulos distintos, que por sua vez identificam os pontos de vista poéticos de três olhares diferentes. Solaris reúne poemas que abordam a natureza com suas inspirações diurnas. Lunaris trata de amor e apresenta a mulher como musa plenamente identificada com o arquétipo lunar; Etílicus rima humor e crítica social e o bar torna-se cenário e personagem para o poeta boêmio.

 

Dos trinta anos de carreira de Garfunkel, pelo menos por uma década ele trabalhou como assistente de direção da atriz e diretora Myriam Muniz. Neste período compôs várias trilhas para teatro, entre elas Maroquinhas Frufru, de Maria Clara Machado, e O Saci, de Monteiro Lobato. É sócio e diretor da In Sonoris, produtora de áudio premiada por peças institucionais para o Ministério da Saúde.

 Atualmente desenvolve o Projeto Canto Livro de Incentivo à Leitura que leva o livro para o palco, criando shows temáticos com grandes autores da língua portuguesa, realizando oficinas para que professores e alunos possam replicar essa experiência em salas de aula, multiplicando a formação para a música e a literatura.

Serviço

Show de lançamento de 13 Pares e Um fado Solitário

Dia 20 de fevereiro, sexta-feira, às 21 horas

Duração: 90 minutos.

Restrição etária para menores de 12 anos.

Ingressos à venda pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br) e nas unidades entre R$ 7,50 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes) e R$ 25,00 (inteira); R$ 12,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante)

O Sesc Belenzinho fica na Rua Padre Adelino, 1.000, Belenzinho, São Paulo (SP), telefone: (11) 2076-9700, a 1.000 metros da estação Belenzinho do Metrô. Oferece comedoria e estacionamento para espetáculos com venda de ingressos a R$ 6,00 (não credenciado) ou R$ 3,00 (credenciado no Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo).

greenpeace 46

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s