Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Público paulistano assistirá três apresentações de Olhos d’água, do cantor e compositor Cláudio Lacerda (SP)

Deixe um comentário

CLÁUDIO-LACERDA-22

Claúdio Lacerda, observado por Herodoto Barbeiro e por Thadeu Romano: projeto Olhos d’água aborda o tema que está na pauta de todos os debates ambientais do momento: a crise hidríca

 

O cantor e compositor Cláudio Lacerda (SP) participou recentemente do quadro Talentos, apresentado pelo jornalista Herodoto Barbeiro no encerramento do telejornal da Record News, emissora do grupo Record, cuja sede fica em São Paulo. Cláudio Lacerda esteve acompanhado pelo acordeonista Thadeu Romano e cantou para os telespectadores e internautas que sintonizaram os canais abertos  e online músicas do repertório do projeto Olhos d’água.  Por meio deste espetáculo, ele procura sensibilizar e estimular o público a retomar a relação fundamental de respeito aos nossos mananciais, assegurando o bem estar das próximas gerações, sobretudo neste momento de grave crise hídrica.

A estreia do Olhos d’água ocorreu em 26 de outubro de 2014, no teatro do Sesc de Campinas, onde o acompanhavam o próprio Thadeu Romano, André Rass (percussão) e Sergio Turcão (baixo). Durante a passagem pelo estúdio da Record News, Cláudio Lacerda anunciou a Barbeiro que, em maio,  fãs e admiradores poderão assistir a mais três apresentações do projeto, todas em espaços públicos mantidos pela Prefeitura de São Paulo: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (Vila Nova Cachoeirinha, 10 de maio), Teatro Décio Almeida Prado (Itaim Bibi, 23 de maio) e Galeria Olido (Centro, 30 de maio).

Para Cláudio Lacerda, somente escolhas responsáveis de consumo, entre outras atitudes conscientes, podem ajudar a nutrir a vida dos rios, e impactar o mínimo possível seus cursos e nascentes. Esse é o nosso papel de “olhos d’água”!, afirma. A ferramenta utilizada para que o recado seja transmitido é a música regional, voz legítima de artistas que vivem para o interior brasileiro, e defendem a preservação da natureza por meio de sua arte. Em arranjos personalizados, o repertório do Olhos d’água é assinado por nomes reconhecidos como Luiz Gonzaga, Renato Teixeira, Sá & Guarabyra, e por autores também atentos aos nossos recursos naturais como Paulo Simões, Fernando Guimarães, Luiz Salgado, Rodrigo Delage e o próprio Cláudio Lacerda.

crodioolhos

Momento do Olhos d’água, no teatro do Sesc Campinas (Foto: Marcelino Lima)

 

Cláudio Lacerda se destaca como intérprete e compositor desde que lançou, em 2003, Alma Lavada, primeiro álbum da discografia que ainda inclui Alma Caipira e Cantador. Elogios ao conjunto da sua obra, a partir de então, são constantes nos principais veículos de comunicação de circulação nacional, como O Estado de São Paulo (São Paulo), Diário de São Paulo (São Paulo), Estado de Minas (Belo Horizonte), Correio Popular (Campinas), Correio Braziliense (Brasília), O Popular (Goiânia) e a revista Rolling Stones.

Na TV, Cláudio Lacerda participou, entre outros, dos programas de Rolando Boldrin (Sr. Brasil) , Inezita Barroso (Viola minha viola), Hebe Camargo e Ana Maria Braga. Já dividiu palco de várias casas pelo Brasil ou faixas de seus três discos com Dominguinhos, Renato Teixeira, Miriam Mirah, Pena Branca, Tinoco, Paulo Simões, Alzira E., Tetê Espíndola, Lula Barbosa, Cris Aflalo, Levi Ramiro e Paulo Freire, entre outros.

A inspiração de Cláudio Lacerda para compor e sua forma de cantar têm origem na família de pais mineiros, mas também decorre do seu perfil de ambientalista. Graduado em Zootecnia pela Unesp, em Botucatu (SP), trabalhou por 10 anos no campo como consultor de fazendas, antes de iniciar sua carreira musical. Este tempo junto à natureza foi fundamental para que se tornasse íntimo do meio ambiente, por meio do entendimento dos processos de produção agropecuária.

Em 2006, após assistir no cinema ao documentário  Uma verdade inconveniente (Al Gore), passou a estudar matrizes energéticas, acompanhar políticas públicas e ações individuais que tratam do uso racional dos recursos naturais.

Uma viagem de barco em 2008, com o compositor Paulo Simões (MS), por toda a extensão da hidrovia Tietê-Paraná, rendeu a canção Mar Caipira – inédita e presente no espetáculo -, e despertou a vontade de produzir um trabalho com o tema, agora maturado e prestes a ser compartilhado por Olhos d’água.

Para mais informações sobre a carreira, a discografia e os projetos de Cláudio Lacerda há os telefones (11) 99425-1820, dele, (011) 99703-5386 (Marcelino Lima) e  (11) 94131-5647 (Andreia Beillo). O site é www.claudiolacerda.com.br

Homenagem à rainha Inezita 

Cláudio Lacerda esteve com Herodoto Barbeiro no dia em que todo o país se despediu com tristeza de Inezita Barroso, sepultada em 9 de março, em São Paulo. A rainha da música caipira e até dezembro apresentadora incansável do Viola Minha Viola morreu no dia Internacional da Mulher, no Hospital Sírio Libanês, após um período de internação iniciado em 19 de fevereiro. Para homenagear Inezita, Cláudio Lacerda e Thadeu Romano cantaram Boiadeiro Errante, de Teddy Vieira, uma das preferidas da cantora que eternizou A Moda da Pinga, Lampião de Gás e Ronda, entre outras composições.  

 

SC 2

 

 

 

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s