Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Barão Geraldo recebe Nelson da Rabeca e Dona Benedita para apresentação com os Flautins Matuá

Deixe um comentário

10982572_918267371527159_4148304966201486552_o

Nelson da Rabeca e a esposa, Dona Benedita: ele aprendeu a tocar sozinho o instrumento, ela o acompanha cantando durante as apresentações do casal

Nelson dos Santos, alagoano de Joaquim Gomes popularizado como Nelson da Rabeca, mais a esposa, Dona Benedita, são convidados do grupo Flautins Matuá para uma apresentação arretada que promete sacudir as estruturas do Espaço Cultural Casarão do Barão, situado no distrito Barão Geraldo, em Campinas (SP). O fuá está marcado para 31 de março, a partir das 20 horas.

O rabequista e compositor brasileiro é oriundo de família que sempre se dedicou a trabalhos na agricultura, principalmente à lavoura da cana-de-açúcar, da qual largou apenas ao descobrir seus dotes artísticos. Sem jamais ter frequentado bancos escolares, sem saber ler, e ainda sem precedentes musicais na família, senhor Nelson aprendeu a tocar rabeca sozinho, aos 54 anos, após ver um violino pela televisão. Apaixonado pelo instrumento, decidiu, então, fazer o seu próprio. Benedita da Silva o acompanha como vocalista e com o marido tem dez filhos, todos músicos.

site-Grupo-de-Pífanos-Flautins-Matuá-foto-de-Rafael-Jorge-1-640x360

Um grupo de alunos da Unicamp juntou-se e formou o Flautins Matuá, em 2002 (Foto: Rafael Jorge)

O grupo Flautins Matuá surgiu em 2002, em Campinas, pela vontade de seus integrantes em aprender a tocar pífano e de pesquisar as brincadeiras tradicionais brasileiras. Eram alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que desde então já percorreram cidades do país e excursionaram mundo a fora, passando por países como Itália e França. É formado por Fernando Tocha (pífano e flauta transversal); João Arruda (viola); Marina Reiter (percussão); Franco Galvão (zabumba) e Bruno Dutra (pífanos).

O Espaço Cultural Casarão fica na Rua Maria Ribeiro Sampaio Reginato, sem número, no bairro Terras do Barão, em Barão Geraldo.

SC 2

klango violeiro

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s