Balaio de Dois é destaque em feira do livro infantil promovida por shopping de Cotia

paulo netho cotia
Paulo Netho e Salatiel Silva montam espetáculos do Balaio de Dois há mais de 15 anos e levam às gargalhadas marmanjos e pias com parlendas, trava-línguas, cantigas e poemas  de autoria própria,  de escritores consagrados e de domínio público (Foto: Andreia Beillo)

 

Ontem, 3 de maio, o Barulho d’Água Música acompanhou, desta vez para a Feira do Livro Infantil, em um shopping de Cotia (SP), mais uma a apresentação do sensacional  Balaio de Dois, produção do poeta Paulo Netho e do músico Salatiel Silva. Conforme Salatiel diz é um espetáculo muito simples: em suas performances magistrais não superiores a 60 minutos, Paulo Netho mais que encanta e deixa (boas) sequelas irreversíveis em crianças e adultos. “O Paulo Netho é um poeta, construtor, desconstrutor de palavras e um assustador de crianças”, brinca o músico que toca violão, gaita e que vive em crônico estado de transe entre a alegria, o bom humor e a irreverência.

Balaio de Dois já conta com mais de 15 anos de estrada e é altamente recomendável para todos os públicos. Paulo Netho e Salatiel compõem as próprias cantigas, poesias e outros elementos que compõem o número, incluindo os objetos e brinquedos do cenário, os quais Paulo Netho utiliza em cena. Salatiel toca e em várias ocasiões a dupla conta, ainda, com o auxílio luxuoso de Ricardo Kabelo.

É uma mistura de teatro, de dança, de mímica, de música, de sons e poesia com outras linguagens que diverte a todos, de forma contagiante, ensinando e passeando por aspectos da oralidade e da gramática e relativos à cultura popular, por exemplo, em que os atores/cantores também se apoiam em trava-línguas, parlendas, adivinhas, cantigas consagradas pelo domínio público, algumas recriadas para serem adaptadas ao contexto da apresentação. Paulo Netho representa com uma cadeira, um dos muitos recursos que ele tem para dar vida ao que narra e conta,  e até um grilo pode sai da mala de geringonças e invenções dele, sem contar deliciosos pirulitos “Balaio”, que têm sabores especiais, e um bilboquê. 

Com estes recursos e uma inesgotável capacidade de divertir, os pequenos arregalam os olhos, fixam-nos brilhantes no brincante, reagem aos estímulos prontamente e muitas vezes de forma surpreendente. !Saias-justas” não raramente obrigam Paulo Netho a malabarismos e a improvisações deliciosos, mas absolutamente coerentes, como se já fossem parte do script. Os adultos interagem entusiasmados e se deixam levar pelos convites para dançar, pular, fazer ginástica e praticar ou se permitirem outras brincadeiras e estripulias… como se o tempo não tivesse passado! Ou os pais estivessem de volta a um parque de diversões, reavivando o dia em que apresentaram um jogral colorido na escola primária e encheram de orgulho a si próprios, colegas e mestres.

Para saber mais e contar com espetáculos do Balaio de Dois visite https://www.facebook.com/balaiodedoi2?fref=ts

SONY DSC
Ricardo Kabelo, Paulo Netho, e Salatiel Silva com as crianças ao final do espetáculo, no SESC Ipiranga (Foto: Marcelino Lima)

Garoto Conrtrabaixo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s