Sarah Abreu, Carlinhos Antunes e Sexteto Mundano promovem em Sampa novo show para homenagear Violeta Parra

Mundano

Violeta Parra é um exemplo de artista para o Chile, para o continente sul-americano e para todo o mundo. Compositora, pesquisadora, instrumentista, tecelã, ceramista, mulher comprometida com as causas sociais de seu tempo, incansável batalhadora, Violeta Parra ficou conhecida no Brasil pelo Grupo Tarancón, nas vozes de Milton Nascimento, Mercedes Sosa e Elis Regina, entre outros, que cantaram músicas como Volver a los 17, Gracias a la Vida e Casamiento de Negros. Estas composições de beleza estética e importância histórica incentivaram as lutas de boa parte da geração dos anos 1970 e agora ganharam uma releitura em trabalho dos mais aguardados, promovida por Sarah Abreu e Carlinhos Antunes. Com os amigos que compõem o Sexteto Mundano, Sarah e Carlinhos estarão juntos novamente para apresentá-lo no espetáculo Violeta Terna e Eterna, que terá mais uma edição nesta sexta-feira, 29 de maio, a partir das 22h30, em casa de shows localizada na rua José Maria Lisboa, 190, Jardim Paulista, em São Paulo. 

O repertório de Violeta Terna e Eterna integra um álbum que os músicos brasileiros estão prestes a começar a distribuir, gravado a partir de  financiamento coletivo que mobilizou  amigos e seguidores do Sexteto Mundano e admiradores de Violeta Parra. Ao todo, 122 colaboradores fizeram contribuições para a materialização do disco.

parra chile

klango violeiro

Anúncios

Canto & Viola apresenta Guilherme Faria, violeiro autodidata e autor de Principiar

gfrias

O violeiro Guilherme Faria será a segunda atração do projeto Canto & Viola, aberto em abril com a apresentação do conterrâneo Wilson Dias (Olhos d’água/MG). Natural de Beagá, Guilherme Faria é apaixonado pela música desde garoto e, autodidata, começou a estudar viola caipira aos 21 anos seguindo como mestres Fernando Sodré, Júlio Marques, Taquinho Costa e Renato Caetano. Autor do álbum Principiar, ocupará o palco do Cine Teatro Brasil Vallourec para um show de 90 minutos a partir das 19h30 desta quinta-feira, 27 de maio.

Canto & Viola é criado e coordenado pelos produtores culturais Luiz Trópia e Tadeu Martins e neste ano terá ainda cantorias até dezembro, sempre um vez  cada mês e no Cine Teatro Brasil , situado na rua dos Carijós, 258, Praça Sete, em Belo Horizonte.

Programação de 2015

24 de junho – Rubinho do Vale ||29 de julho – Jefferson Cária & Ronaldo || 26 de agosto – Ivan Vilela || 30 de setembro – Paulo Mourão ||14 de outubro – Pereira da Viola ||25 de novembro – Bilora Violeiro|| 16 de dezembro – Chico Lobo

Garoto Conrtrabaixo