Público ocupa boa parte da Sala Olido para prestigiar nova apresentação de Olhos d’água, de Cláudio Lacerda (SP)

olhoscccc
O espetáculo Olhos d’água foi concebido por Cláudio Lacerda bem antes da crise hídrica passar a ocupar as pautas diárias na imprensa e em debates, motivado por uma viagem fluvial e pelas mensagens do filme de Al Gore (Foto: Marcelino Lima)

uito antes da atual grave crise hídrica que afeta grandes centros urbanos do país e ameaça o futuro de muitas comunidades, para não dizer de toda a sociedade nacional em curto prazo, os impactos de duas experiências vivenciadas pelo cantador Cláudio Lacerda (São Paulo/SP) despertaram nele a vontade de fazer algo que cutucasse a consciência popular para a necessidade de preservar e recuperar mananciais e rios: um viagem  por toda a extensão da hidrovia Paraná-Tietê, e o filme Uma verdade inconveniente, do ex-vice presidente dos Estados Unidos Al Gore, assistido por sugestão do companheiro Paulo Simões (MS), com quem esteve no barco durante a travessia. Destas experiências e da sensibilidade de Cláudio Lacerda, utilizando suas principais ferramentas que são a voz e a arte de tocar violão e viola, surgiu Olhos d’água, um espetáculo baseado em belo repertório cuja temática é a água, com arranjos personalizados para canções recolhidas em fontes de artistas consagrados, entremeado por mensagens e por dicas de apelo à conservação da natureza, além de homenagens a mestres comprometidos com causas ambientais.

Continue Lendo “Público ocupa boa parte da Sala Olido para prestigiar nova apresentação de Olhos d’água, de Cláudio Lacerda (SP)”

Anúncios

Zé Renato movimenta mais uma rodada do Composição Ferroviária, com abertura de João Paulo Amaral, em Poços de Caldas (MG)

ze renato arte
Zé Renato já tem quase 40 anos de carreira no país como cantor solo ou integrante da banda Boca Livre e gravou neste período álbuns em homenagem a Silvio Caldas, Zé Keti e Orlando Silva, além de discos autorais  como o mais recente, Breves Minutos(Foto: Daniel Darcoso)

 

O projeto Composição Ferroviária, promovido em Poços de Caldas (MG) pelos músicos Wolf Borges e Jucilene Buosi terá mais uma rodada das mais especiais no domingo, 7 de junho, quando a atração será o boca livre Zé Renato (Vitória/ES). A partir das 10 horas, antes ainda da subida ao palco do convidado que se apresentará no pátio da estação de trens, sem cobrança de entrada, o público ainda poderá desfrutar de todo o talento do violeiro João Paulo Amaral (Mogi das Cruzes/SP).  

Continue Lendo “Zé Renato movimenta mais uma rodada do Composição Ferroviária, com abertura de João Paulo Amaral, em Poços de Caldas (MG)”