Araraquara (SP) recebe no Sesc Paulo Freire, Xangai e Rodrigo Zanc, três exímios violeiros do país

artepfxangairz

O público que frequenta o Sesc de Araraquara (SP  terá o privilégio de assistir durante o mês de junho apresentações de três dos mais brilhantes violeiros do país, convidados para o projeto Cantadores de História, todos a partir das 20 horas, e com entrada franca. As atrações serão, pela ordem de datas, Paulo Freire, Xangai e o filho nato da cidade, Rodrigo Zanc. O objetivo do Sesc é resgatar um pouco de nossas histórias e nossas raízes. A brasilidade entrará em cena misturando música caipira, contação de causos, tradições e costumes de cada canto do Brasil.

Paulo Freire, cantor, escritor e  pesquisador fortemente influenciado por suas vivências e pesquisas no Vale do Urucuia (MG), abrirá a roda já nesta sexta-feira, dia 5. Durante a apresentação, embora seja nascido em 1º de abril, ele provará entre uma canção caipira e outra que não estará mentindo ao narrar histórias de caçadas fabulosas, pescarias cujo rótulo mais definidor seria” impossíveis”, e comentar verdades sobre o casamento e pactos sinistros para que os dedos aprendam os mais intricados toques de viola. Mais do que homônimo do célebre educador, este notório patrimônio humano da cultura popular e da música de raiz é admirado por divertir e encantar plateias. Como típico brasileiro, Paulo Freire tem orgulho de relembrar façanhas e fatos pitorescos como os dias nos quais, armado apenas com um reles canivete, virou uma onça pelo avesso ou presenciou o cunhado se transformar em lobisomem.

(O talento de Paulo Freire para cantar, contar e tocar poderá ser conferido, também, em 14 de junho, desta vez às 13h30, no Sesc da Vila Mariana, palco no qual estará em companhia de outro violeiro nascido em 1º de abril, Levi Ramiro (Uru/SP), pelo projeto Ponteios e Causos de Viola.  Ambos abriram em 28 de maio a 18ª edição do projeto Sonora Brasil com um show no Centro Cultural Sesc Glória, em Vitória (ES). O Sonora Brasil, promovido pelo Sesc, é considerado o maior do país em circulação musical e na edição de 2015 terá, até dezembro, 480 concertos em mais de 130 cidades brasileiras. Saiba mais a respeito visitando nosso linque https://barulhodeagua.com/2015/05/29/levi-ramiro-e-paulo-freire-e-grupo-de-arapiraca-se-abrem-serie-de-480-concertos-do-sonora-brasil15-em-vitoria-es/.)

Eugênio Avelino, o Xangai (Itapebi/BA), dará sequência ao projeto do Sesc Araraquara na noite de 12 de junho, Dia dos Namorados. Em 2015, ele está completando 40 anos de carreira, e após nove sem gravar, anuncia o lançamento do 17º álbum — Xangai, em voz e violão, formato que o consagrou como um dos maiores cantadores do país. O disco inclui catorze obras entre regravações de parceiros consagrados como Juraildes da Cruz (Quem ama perdoa), Renato Teixeira (Pequenina), Geraldo Azevedo (Espiral do tempo), Helio Contreiras (Estampas Eucalol), Jacinto Silva (Gago grego) e Zé Dantas (Forró em Caruaru); regravações de obras autorais, como Menino gaiteiro, Água e Em nome do sol; e obras autorais inéditas, como Eu e Ino no cangaço.

(Quem admira a obra de Xangai e mora em Catanduva, São Paulo e Taubaté poderá curti-lo, ainda, nos dias 14, 18 e 25, respectivamente  às 22 horas, às 21 horas e às 20h30, nas unidades do Sesc; na Capital,  cantoria vai ser no prédio Pompeia. Consulte a programação em http://www.sescsp.org.br para obter informações sobre valores e venda de ingressos).

O bom filho sempre à casa retorna. Em 19 de junho será a vez do público da Morada do Sol rever no palco o ilustre artista Rodrigo Zanc, atualmente residindo na vizinha São Carlos. O violeiro e cantador araraquarense costuma protagonizar shows emocionantes que resgatam a cultura caipira por meio de composições de parceiros como Isaías de Andrade, Fernando Mori e Carlim de Almeida, histórias e causos e releituras de clássicos do gênero. Rodrigo Zanc mescla sentimentos e emoções ao evocar os costumes da roça como modelo de vida simples e, com rara sensibilidade e talento, transita por meio de elaborados acordes também pelos ritmos modernos, produzindo uma música que une dois universos aparentemente díspares, sem profanar o ambiente rural, sem estereotipar o que ocorre nas grandes cidades e preservando e valorizando a beleza de ambos. 

(Rodrigo Zanc também vai se apresentar no Sesc Piracicaba, no dia 17, pelo projeto Festa na roça, às  14 horas, promovendo n terra da pamonha o show Viola, Raízes e Frutos. Como um dos integrantes do projeto cultural 4 Cantos, estará com Cláudio Lacerda/SP, Luiz Salgado/MG e Wilson Teixeira nos dias 24 e 26 nas unidades São Carlos e Ribeirão Preto. Afora eventuais mudanças, o autor de Pendenga e Fruto da Lida costuma em seus shows ter as companhias do filho Rodrigo Zanin, Bruno Bernini e Ricieri Nascimento) 

anuncio chaplins filme

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s