Yassír Chediak abre temporada do projeto Caldos com sons brasileiros no SESC de Osasco (SP)

yassir
Carioca, filho de mineiro e de cearense, Yassír Chediak é hoje considerado um dos melhores violeiros do país e estará em Osasco (SP) para duas apresentações no projeto Caldos com sons brasileiros, e ambas acompanhado pelo violinista Ernani Teixeira

 

O Sesc de Osasco retomará no dia 11 de junho o projeto Caldos com sons brasileiros, que durante os meses de inverno, sempre a partir das 19 horas  e às quintas-feiras, reúne violeiros, cantadores e contadores de causos em rodas aquecidas por saborosos caldos quentes. A cantoria ocorre na tenda 2 e na edição deste ano o primeiro convidado é Yassír ChediakCarioca criado em Minas Gerais, filho de pai mineiro e mãe cearense, Yassír Chediak também será a atração da semana seguinte, ou seja, estará de volta na quinta-feira, 18.

Continue Lendo “Yassír Chediak abre temporada do projeto Caldos com sons brasileiros no SESC de Osasco (SP)”

Xote da periferia paulistana e blues do Piauí: Edvaldo Santana, lobo solitário que tem tupã e tem tupi, é atração com Badi Assad do Sr. Brasil

O piauilistano Edvaldo Santana,  parceiro de Leminski, Assumpção e Assunção canta rock, blues, baião, samba, xote, e está completando quatro décadas de carreira atualmente divulgando Jataí, do qual levou para o palco do Sr. Brasil a faixa A poda da rosa (Foto: Pierre Yves Refallo)

A partir das 10 horas deste domingo, 7, com toda a alegria e irreverência que o caracteriza, o cantor e compositor Edvaldo Santana (São Paulo/SP) estará sentado no famoso banco do programa Sr. Brasil, que irá ao ar pela TV Cultura a partir das 10 horas. Natural do bairro de São Miguel Paulista e piauiense de alma, Edvaldo Santana recebeu mais este convite de Rolando Boldrin no momento em que celebra quatro décadas de estrada, tempo em que constrói uma trajetória ímpar na qual além de composições individuais selou parcerias com Paulo Leminski, Itamar Assumpção, Sérgio Sampaio, Arnaldo Antunes, entre outros, sempre preservando a pegada independente, peculiar e engajada.

Continue Lendo “Xote da periferia paulistana e blues do Piauí: Edvaldo Santana, lobo solitário que tem tupã e tem tupi, é atração com Badi Assad do Sr. Brasil”