Marcelo Taynara, de Conceição de Alagoas (MG), completa mais um ano hoje

taynaraarte

Tambores em Uberaba (MG) estão ecoando forte e podem ser ouvidos do Triângulo de Minas ao Jequitinhonha, repetido nas ladainhas e cantos de lavadeiras à beira do São Francisco e transformado em orações e em cantos, tanto nas igrejinhas de sítios nos mais remotos lugares do sertão, quanto nos sagrados terreiros dos quatro cantos das Alterosas! A música põe no ar a mensagem para que seja repercutida por toda as cadeias de montanha até inspirar o aboio do mais humilde carreiro ao mais ilustre dos poetas filhos da terra, de hoje e de ontem, e servir de adubo para que floresçam flores de vários matizes e perfumes em Conceição das Alagoas: hoje, queridos e conterrâneos, é aniversário de Marcelo Taynara!

Autodidata que se iniciou na música aos dez anos de idade, tocando bateria e cantando em bandas de bailes, viajando por grande parte do Brasil e da América Latina, Marcelo Taynara procura em suas composições valorizar e transmitir os elementos de suas descendências negra e indígena, a influência do Clube da Esquina, de manifestações como o Congado e as diversas tendências da música contemporânea. Estas raízes são representadas também em imitações, com efeitos vocais de pássaros, cachoeiras, animais silvestres e outros sons da natureza e de percussão, peculiaridades que se tornaram a marca de Taynara, conhecido por conseguir fazer altos a la Milton Nascimento. Por meio de músicas simples, ternas e cuidadosamente elaboradas, ele ressalta a pureza das intenções e a urgência de se adotar o sentimento como bússola da vida.

A obra de Marcelo Taynara é das mais ricas já produzidas no seio da cultura popular tanto de Minas Gerais, quanto no resto do país, quer seja pelos seus elementos folclóricos, místicos e espirituais, quanto por todas as belezas tradicionais que evoca. Um exemplo é o DVD Cantos e Congos (2012), primeiro de sua carreira, lançado ao vivo no Teatro da Assembleia Legislativa, em Beagá; quem se deliciou com este trabalho pode voltar a se deleitar com Pilão Marcado, o segundo DVD, em 2013. No ano passado, saiu o quinto álbum, Pretinha.

Em nome dos amigos e seguidores do Barulho d’água Música, e tomando emprestadas as palavras de Weslei Borges na linha do tempo da página social do aniversariante, queremos reforçar a batida dos tambores:  Marceleza, muita Saúde e Prosperidade! E aproveite bem este especial dia!

mundo arte cor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s