Projeto cultural 4 Cantos começa em São Carlos turnê pelo SESC e estreia na Capital

Os músicos do projeto cultural 4 Cantos (SP), formado em 2011 por Cláudio Lacerda, Luiz Salgado, Rodrigo Zanc e Wilson Teixeira vão voltar aos palcos para quatro apresentações programadas pelo Sesc do Estado de São Paulo, duas das quais ainda neste mês. Em 25 de junho, a cantoria começará às 20 horas, na unidade São Carlos, e o ingresso já está à venda. Dois dias depois, no sábado, 27, será a vez do público que frequenta o Sesc Ribeirão Preto curtir o show, a partir das 16h30, com entrada franca. O grupo que já passou por Araraquara, Santa Bárbara d’Oeste, Avaré e Botucatu, entre outras cidades do Interior, estreará na Capital como atração do Sesc Campo Limpo em 4 de julho, uma semana antes de, na certa, também encantar a plateia do Sesc Santo Amaro.

figur 1

 

Continue Lendo “Projeto cultural 4 Cantos começa em São Carlos turnê pelo SESC e estreia na Capital”

Adelmo e André Arcoverde (PE) trazem em suas violas tanto o encantamento das feiras nordestinas, quanto a elegância dos conservatórios

duoarcoverdew

O burburinho e o cheiro das feiras populares; um romance proibido entre uma índia e um bandeirante que vinga e resulta em nova família, outro entre um padre e uma freira, este condenado à moda da inquisição; histórias de cangaceiros que guerreiam em defesa de sertanejos explorados ou que bem na horinha “h” negam fogo, deixam de cumprir a “encomenda”, e se convertem; mensagens celestiais transmitidas por querubins por meio das quais Deus reafirma seu amor pela humanidade. Estes e outros temas e personagens da cultura Nordestina inspiram Adelmo Arcoverde em suas magistrais composições e afinações para viola caipira — literatura de cordel da melhor qualidade que ele recita pela voz dos dez arames, ora com sabor ibérico e trovadoresco, ora com elegância camerística — encheram o auditório do Sesc Vila Mariana (SP) na noite de 19 de junho, quando Adelmo e o filho, André, encerraram o projeto Viola dos 5 Cantos. Quem não se rendeu ao frio que castigava Sampa na ocasião, e foi prestigiá-los, acabou voltando para casa com as palmas aquecidas de tanto batê-las!

Continue Lendo “Adelmo e André Arcoverde (PE) trazem em suas violas tanto o encantamento das feiras nordestinas, quanto a elegância dos conservatórios”

Zeca Collares lança Estação, álbum de rezas, folias e violas, no Sesc Campinas (SP)

zeca artesw

O compositor, cantor, e cineasta Zeca Collares, mineiro de Grão Mogol, estará em Campinas na manhã de domingo, 21, para animar mais uma rodada do projeto Folias de Junho/Viola&Café, programação que remete às memórias afetivas dos diversos festejos juninos com danças, música, crenças, aromas e sabores. Atualmente residente em Sorocaba (SP), Zeca Collares apresentará na Área de Convivência seu mais novo trabalho com composições inéditas assinadas por ele, em parceria com o compositor Valter Silva, somada ao cello e contrabaixo de Luiz Anthony, ao violão de Zé Marcos e a percussão de Cléber Almeida. O álbum, Estação, traz o universo regional das rezas, das folias e das violas, além de inovações nas propostas melódicas e harmônicas. 

Continue Lendo “Zeca Collares lança Estação, álbum de rezas, folias e violas, no Sesc Campinas (SP)”

Marcos Azevedo, violonista de São Paulo, é o aniversariante do dia

marcos azevedwo

Quinze entre dez violeiros quando precisam de um top para acompanhá-los em uma apresentação marcada para qualquer parte do país não pensam nenhuma vez: já localizam o telefone ou pelo zap zap vão logo fazendo contato com ele, o músico perfeito para fazer base de violão. O músico ideal, de acordo com eles, existe, chama-se Marcos Azevedo e hoje, 2o de junho, está recebendo e atendendo aos inúmeros chamados por razão ainda mais nobre já que está comemorando aniversário. O Barulho d’água Música reforça a corrente de congratulações e em coro com todos eles também envia seu abraço ao Marcão, em nome dos muito amigos e seguidores!

Marcos Azevedo toca baixo com a mesma desenvoltura que demonstra ao violão e durante o recente projeto Viola dos 5 Cantos, com curadoria de Zeca Collares e acolhido pelo Sesc de Vila Mariana (SP), fez grande participação no show do violeiro de cocho Daniel de Paula, atração da noite de sexta-feira, 12 de junho, completando o trio de ases que tinha, ainda, Di Brandão. Dois dias antes, ao lado de André Rass (percussão) abrilhantou a mostra do Sudeste à esquerda de Júlio Santin. Levi Ramiro dificilmente divide sozinho os aplausos que recebe pois quase sempre Marcão Azevedo está junto ao mestre, como ocorreu na quinta-feira, 18, no Sesc Santo André. 

DaMa
Marcos Azevedo tocou com Daniel de Paula (MT) no projeto Viola dos 5 Cantos, no Sesc Vila Mariana, e, na antevéspera com Júlio Santin (SP) (Foto: Marcelino Lima)

mundo arte cor

Adelmo Arcoverde e filho (PE) revelam as belezas e as particularidades da viola nordestina no Sesc da Vila Mariana (SP)

aaaavvr

O violeiro pernambucano Adelmo Arcoverde, acompanhado pelo filho, André, vai encerrar na noite de hoje, 19, o projeto Viola dos 5 Cantos, que tem curadoria de Zeca Collares (Grão Mogol/MG) e está transcorrendo no Sesc da Vila Mariana, bairro da zona Sul de São Paulo. Natural de Serra Talhada, atualmente residente em Nazaré da Mata, Adelmo Arcoverde estará no palco como representante da viola Nordestina, escola da qual ele é a mais importante referência da atualidade tocando uma viola dinâmica . Além do talento e da qualidade de seu trabalho,  ele destaca-se como o principal responsável por desenvolver um novo conceito da viola popular, tradicionalmente utilizada por repentistas apenas para marcar a poesia de cordel, estilo único que se perde no tempo com as regras e belezas que só o nordestino sabe fazer.

Continue Lendo “Adelmo Arcoverde e filho (PE) revelam as belezas e as particularidades da viola nordestina no Sesc da Vila Mariana (SP)”

Wilson Dias canta para Fernando Brant e recorda Cesaria Evora e Cora Coralina em projeto Música no Mercado (SP)

wdiasartemercado

O cantor e compositor Wilson Dias, mineiro de Olhos d’água residente em Beagá, fez na quinta-feira, 18,  homenagem das mais marcantes ao conterrâneo Fernando Brant, um dos baluartes do Clube da Esquina e dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos, que há uma semana morreu na capital mineira, vítima de complicações após uma intervenção cirúrgica para transplante de fígado, aos 68 anos. Em sua passagem por São Paulo convidado pela unidade Carmo do Sesc para se apresentar na praça do Mercado Municipal, na zona cerealista do Centro paulistano, Wilson Dias cantou Promessas do Sol, sucesso de Brant e  Milton Nascimento gravado por Bituca em Gerais.  

Continue Lendo “Wilson Dias canta para Fernando Brant e recorda Cesaria Evora e Cora Coralina em projeto Música no Mercado (SP)”

Jaime Além e Paulo Freire, juntos, são atrações da Biblioteca Mário de Andrade (SP)

pfja

Os músicos Jaime Além e Paulo Freire vão se encontrar nesta sexta-feira, 20, para deleite do público que acompanha o projeto BMA Instrumental, da Biblioteca Mário de Andrade, espaço público vinculado à Prefeitura do Município de São Paulo.  A apresentação sob curadoria de Swami Júnior está prevista para começar às 20 horas, com entrada franca.

Continue Lendo “Jaime Além e Paulo Freire, juntos, são atrações da Biblioteca Mário de Andrade (SP)”

Centro Cultural Casarão terá Flautins Matuá e Sexteto Clariô (SC) em nova rodada do Dandô-Dércio Marques

dando clario

O grupo Flautins Matuá será anfitrião de uma nova rodada do Dandô Circuito de Música Dércio Marques programada para esta quinta-feira, 18, a partir das 20 horas, quando receberá o catarinense Sexteto Clariô, no Espaço Cultural Casarão, situado no distrito de Barão Geraldo (Campinas/SP). O Flautins Matuá atua desde 2002, formado da vontade de seus integrantes em aprender a tocar pífano e de pesquisar as brincadeiras tradicionais brasileiras. Ex-alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Fernando Tocha (pífano e flauta transversal); João Arruda (viola); Marina Reiter (percussão); Franco Galvão (zabumba) e Bruno Dutra (pífanos) desde então já percorreram cidades do país e excursionaram mundo a fora, passando por países como Itália e França.

Já o Sexteto Clariô destaca-se pelo tratamento atualizado em seus arranjos e instrumentação, empregando instrumentos associados à cultura popular brasileira (viola brasileira, rabeca e pífano)  e à música urbana e de concerto (violino, violoncelo, viola de arco, saxofone e flauta transversal). O repertório reúne temas ligados ao Brasil rural e aos ritmos ibéricos, com o intuito de divulgar as vertentes da música brasileira em que as fronteiras entre o popular e o erudito se divergem e se renovam na base das tradições. A escolha do repertório deste espetáculo buscou reunir influências de autores com práticas composicionais diversas, como, por exemplo, César Guerra Peixe, Tião Carreiro, Almir Sater, Elomar Figueira Mello e músicas autorais. Formam o sexteto de Florianópolis Caio de Souza (viola caipira), Marcelo Portela (violão 7 cordas, cavaquinho e rabeca), Jorge Linemburg (violino e rabeca), Tácio Vieira (violoncelo), Fábio Mello (flauta transversal, pífano e sax soprano) e Guilherme Tebet (percussão).

Continue Lendo “Centro Cultural Casarão terá Flautins Matuá e Sexteto Clariô (SC) em nova rodada do Dandô-Dércio Marques”

Almoce no Mercado Municipal de São Paulo ao som da viola do mineiro Wilson Dias (MG)

wilson dis arte mercado

O violeiro e compositor Wilson Dias estará nesta quinta-feira, 18, no Mercado Municipal de São Paulo, ponto turístico da Capital paulistana, como convidado do Sesc do Carmo para apresentar entre 13 e 14 horas as músicas do álbum Lume, o sexto de sua carreira. Neste e em outros de seus trabalhos, Wilson Dias  reforça uma característica que historicamente se verifica em Minas Gerais: o de ser um estado fértil e terra inesgotável da qual já brotaram nomes consagrados em vários setores da arte e da cultura.

Continue Lendo “Almoce no Mercado Municipal de São Paulo ao som da viola do mineiro Wilson Dias (MG)”

Rodrigo Zanc canta sucessos da carreira em Piracicaba (SP) antes do retorno à Morada do Sol, sua terra natal

arte zanccc

O músico Rodrigo Zanc (São Carlos/SP) será atração nesta semana em dois projetos do Sesc do Estado de São Paulo em apresentações que resgatarão um pouco de nossas histórias e nossas raízes. A brasilidade entrará em cena misturando música caipira, contação de causos, violas e violeiros e tradições e costumes de cada canto do Brasil serão cantados e contados por meio da música raiz, primeiro, na unidade Piracicaba, nesta quarta-feira, 17, e, dois dias depois, em Araraquara, às 14 horas e às 20 horas, respectivamente.

Continue Lendo “Rodrigo Zanc canta sucessos da carreira em Piracicaba (SP) antes do retorno à Morada do Sol, sua terra natal”