Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Pedro Antônio recebe João Bá e Levi Ramiro no Teatro Rondon Pacheco, em Uberlândia (MG)

Deixe um comentário

arte levi e joão bá

Levi Ramiro e João Bá: talento, alegria e músicas que retratam as belezas do sertão e do universo caipira em Uberlândia/MG (Fotos: Marcelino Lima)

Em mais uma edição de seu projeto de encontro com expoentes da música regional brasileira no Teatro Rondon Pacheco (Uberlândia/MG) o cantor e compositor Pedro Antônio receberá a partir das 20 horas da noite de sábado, 18 de junho, um de seus grandes mestres, com o qual aprendeu a arte de compor tendo como principal instrumento a natureza e sua infinidade de sons: o poeta João Bá (Crisópolis/BA). Para tornar  ainda mais iluminada esta cantoria, o anfitrião receberá, também, o talentosíssimo artesão Levi Ramiro (Uru/SP), um dos maiores nomes da viola em nosso país. Parceiros de cantigas, afinados na vida e na arte com carinho e admiração mútua, o trio apresentará uma sintonia que escancara essa amizade entre mestres e discípulos no palco que fica na Avenida Santos Dumont, 157, Centro.

JOÃO BÁ

João Bá é uma lenda viva da música regional brasileira. Também ator e cantador,  está comemorando 83 anos de idade com o vigor e espírito de menino  e nem mesmo o perrengue que recentemente passou por conta de problemas do sistema urinário diminuíram seu entusiasmo, marca que aliada ao amor, à sabedoria, à qualidade artística e sua sensibilidade poética faz dele um dos os grandes compositores desse nosso Brasil, no mesmo patamar onde já se encontram, por exemplo, Elomar Figueira Mello, Dércio Marques e Villa-Lobos, entre outros.

João Batista Oliveira, nome de batismo de João Bá, nasceu em 25 de junho de 1932.  Filho de lavradores pobres, começou a trabalhar ainda bem criança para ajudar a família: mal sentiu cair o primeiro dente, já recebeu do pai a enxada para ir lavrar a lavoura. As dificuldades da infância não impediram que seus olhos atentos observassem tudo ao redor e que nele despertasse o louvor à natureza, formando assim um tema recorrente até os dias de hoje em suas canções. Já compunha, e cantava, aos doze anos. E hoje sua obra reúne mais de duzentas músicas, muitas delas gravadas por artistas de referência no cenário musical brasileiro, como Hermeto Pascoal, Almir Sater, Diana Pequeno, Dércio Marques, Marlui Miranda, entre outros.

João Bá define-se como um “compositor orgânico”, ou seja, ligado organicamente à natureza, e músico que explora seus sentidos e interligações para chegar a uma forma musical. Define sua estética como simples, embora intensa. Busca despertar o senso crítico e a compreensão consciente de que tudo está interligado. Pesquisador da cultura popular brasileira, traz em suas poesias e composições o canto de resistência da natureza, um jeito simples de adorar a terra, celebrar a vida, o respeito à história e à memória das tradições. Recentemente ele lançou o álbum Cavaleiro Macunaíma, todo de canções inéditas. 

LEVI RAMIRO

Natural de Uru, pequena cidade do interior Paulista, hoje residente em Pirajuí, o violeiro e artesão iniciou na música tocando violão popular. Em meados de 1995 Levi Ramiro adotou a viola como principal instrumento, absorvendo um universo cultural que veio ao encontro de suas raízes, motivo pelo qual ampliou sua produção musical, tanto na arte de tocar, como na de fabricar instrumentos. Com base nos valores da cultura caipira e misturando elementos que formam nossa Música Brasileira, Levi Ramiro celebra em suas composições a poesia e a simplicidade da vida interiorana. Também assumiu este compromisso nas oficinas de fabricação e toque de viola pelo Brasil, pelas Delegacias Regionais e Secretarias e Pontos de Cultura, percorrendo Estados como São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do sul e Bahia, destacando sua oficina Fabricação da Viola Brasileira feita com cabaça, ministrada também em várias unidades do Sesc.

Em 2004 participou do primeiro grande Festival de Música Instrumental para Viola, promovido pela empresa Syngenta e a Direção Cultura, ficando entre os 16 finalistas. Em 2005, foi selecionado no projeto Rumos Musicais do Itaú Cultural, cujo material registrado em CD e DVD  propôs mapear e divulgar a produção musical brasileira em todas as tendências. É anfitrião do Circuito Syngenta de Viola Instrumental, projeto que viabiliza shows instrumentais que circulam por diferentes regiões do país.

Levi Ramiro já tem sete discos gravados e o mais recente, o instrumental Remanso, é uma obra prima que ele gravou com uma viola dinâmica presenteada pelo luthier Luciano Queiroz.

Bolo e café em Campinas

Neste domingo, 12 de julho, Levi Ramiro será atração a partir das 10 horas do projeto Viola e Café, que oferece ao público do Sesc de Campinas (SP) músicas e causos acompanhados de um delicioso bolo com café.

moinhoe

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s