Mariana Avena, voz marcante da música latino-americana, afilhada de Mercedes Sosa, faz aniversário hoje

avena

O Barulho d’água Música registra o aniversário de Mariana Avena, argentina de Buenos Aires, onde nasceu em Palermo, no seio de uma uma família de músicos e compositores de tango, em um dia 4 de agosto. No Brasil o nome de Mariana Avena está mais diretamente associado tanto ao Raíces de América, quanto ao Tarancón, dois dos mais conceituados grupos de divulgação e preservação da música latino-americana, conhecidos em todo o continente sul-americano e e em vários países, do qual ela foi integrante. A vida musical de Marina Avena, entretanto, começa bem antes da chegada dela ao país, ainda em Buenos Aires, inspirada e motivada pelo avô paterno, bandoneonista da orquestra de Juan Maglio “Pacho” e Osvaldo Fresedo.  Osvaldo Avena, tio, é considerado até hoje um dos maiores guitarristas e compositores da música argentina, e, na casa onde crescia, reuniam-se artistas, poetas e compositores como Mercedes Sosa, Susana Rinaldi, Pablo Milanés, Silvio Rodriguez, Chabuca Granda, José Angel Trelles, Armando Tejada Gomez, Hamblet Lima Quintana, Osvaldo Piro, Facundo Cabral e muitos outros. 

 A influência desses amigos fez com que Mariana Avena integrasse ao seu repertório tanto o tango, quanto o folclore nacional e latino-americano, influências que se tornaram marcantes já em seu primeiro trabalho profissional, em parceria com o poeta Héctor Negro, com o qual promoveu vários shows de tango e poesia. A entrada para o Raíces de América, um convite do empresário argentino Enrique Berguenfeld, que estava morando no Brasil, ocorreu em 1980 e a partir de então Mariana Avena foi a cantora com a qual o grupo se apresentou nos maiores teatros de São Paulo e de Capitais de vários estados.  O Raíces de América no  primeiro ano de atuação de Mariana Avena atraiu mais de 40.000 pessoas aos seus espetáculos, ganhou festivais e ficou reconhecido como um verdadeiro fenômeno da música latino-americana.

mercedes

Mercedes Sosa tornou-se a madrinha artística do grupo, possibilitando a Mariana Avena cantar em diversos palcos com a conterrânea de San Miguel de Tucumán. Mercedes teve Mariana ao seu lado em diferentes momentos de sua brilhante e imorredoura carreira artística, inclusive nos últimos shows que a Grande Negra realizou em São Paulo.

Mariana Avena tem feito vários tributos a Mercedes Sosa em teatros paulistanos e casas como as unidades do Sesc e assim vem ajudando a manter no coração dos fãs o carinho pela madrinha à medida em que consolida-se, ainda, e cada vez mais, também como artista de fulgurante carreira, elogiada pelo público brasileiro na maneira de cantar e de interpretar.  Mariana Avena possui ampla discografia, a maioria editada em São Paulo. Como solista, já fez turnês em países como França, Equador, Argentina, Chile, Espanha e Finlândia, onde representou seu país natal  no show: “Buenos Aires, todo tango”, acompanhada pelo Sexteto Tango. 

II Enangra

O público de Angra dos Reis (RJ) e de cidades fluminenses próximas terá a oportunidade de parabenizar Mariana Avena nesta quinta-feira, 6, quando ela será uma das atrações do II Enangra (Encontro de Músicos Latino-Americanos em Angra dos Reis), previsto para começar amanhã, 5. Mariana Avena cantará a partir das 20 horas, no Teatro Municipal Doutor Câmara Torres.

Quarta-feira (05/08) – 9 HORAS – Casa Larangeiras
Prática de Conjunto, Coordenação: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Quarta-feira (05/08) – 14 HORAS – Casa Larangeiras
Prática de Conjunto, Coordenação: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Quarta-feira (05/08) – 19 HORAS – Casa Larangeiras
Mostra Do Projeto Dandô – Circuito de Música Dércio Marques, com Kátya Teixeira (Brasil), João Arruda (Brasil), Erick Castanho (Brasil) e Grupo Amistad (Brasil)

Quinta-feira (06/08) – 9 HORAS
Oficinas de Técnica Instrumental – Percussão com Natália Gularte (Uruguai) e Jonathan Andreoli (Uruguai) – Casa da Cultura; Instrumentos de Sopro c0m Lino Huaman (Perú) e Moacir Saraiva (Brasil) – Centro Cultural Teóphilo Massad; Instrumentos de Cordas com Federico Caravatti (Uruguai) – Museu de Arte Sacra; Técnica Vocal com Odorico de Oliveira – Centro Cultural Theóphilo Massad.

Quinta-feira (06/08) – 14 HORAS – Local: Casa Larangeiras
Prática de Conjunto: Coordenação: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Quinta-feira (06/08) – 20 HORAS – Local: Teatro Municipal Doutor Câmara Torres
Show Musical Com Mariana Avena (Argentin
Sexta-feira (07/08) – 9 HORAS
Oficinas de Técnica Instrumental  Percussão com Natália Gularte (Uruguai) e Jonathan Andreoli (Uruguai) – Casa da Cultura; Instrumentos de Sopro com Lino Huaman (Perú) e Moacir Saraiva (Brasil) – Centro Cultural Teóphilo Massad; Instrumentos de Cordas com Federico Caravatti (Uruguai) – Museu de Arte Sacra; Técnica Vocal com Odorico de Oliveira – Centro Cultural Theóphilo Massad.

Sexta-feira (07/08) – 14 HORAS – Local: Casa Larangeiras
Prática de Conjunto: Coordenação: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Sexta-feira (07/08) – 20 HORAS  – Local: Teatro Municipal Dr. Câmara Torres
Show Musical com a equipe de Coordenação artística e convidados; apresentação Experimental Dos Participantes Do Encontro
Direção Artística: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Sábado (08/08) – 9 HORAS – Local: Museu DE Arte Sacra DE Angra DOS Reis
Prática de Conjunto: Coordenação: Jonathan Andreoli (Uruguai)

Sábado (08/08) – 20 HORAS  Local: Teatro Municipal Dr. Câmara Torres
Show com Kátya Teixeira (Brasil)

Domingo (09/08) – 9 HORAS – Local: Casa Larangeiras
Reunião de avaliação e de encerramento

enangra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s