Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

Victor Batista, violeiro mineiro que vive e educa em Goiás, completa mais um aniversário

Deixe um comentário

victor batista 1

Hoje, 5 de agosto, faz aniversário o compositor, arte-educador e violeiro autodidata Victor Batista, que além de nos encantar com seu ofício de cantador ainda desempenha a nobre função de atuar na formação de crianças, jovens e adultos na região de Pirenópolis (GO), onde reside atualmente. Mineiro de nascença, Victor Batista cultiva raízes culturais que brotaram no seio da família em cantorias à beira do fogão. Já fez parte dos grupos folclóricos Congá e Sarandeiros, ambos da Universidade Federal de Minas Gerais Orquestra Mineira de Violas e do Grupo Minadouro, e, atualmente, compõe a Camerata Caipira, com Isabella Rovo, Nelson Latif e Bosco Oliveira.  Em sua carreira solo, gravou Além da Serra do Curral e Manchete do Tico-Tico, que valeu ao autor a indicação de Melhor Cantor Regional pelo Prêmio da Música Brasileira 2014. 

Parabéns, Victor Batista, receba nossos votos de sucesso hoje e sempre em nome dos amigos e seguidores do Barulho d’água Música!

camerata

Bosco Oliveira, Nelson Latif e Isabella Rovo são parceiros do aniversariante Victor Batista no grupo Camerata Caipira (Foto: Clausem Bonifácio)

11755746_10153424588221894_3565039653204814478_n

Dica do Barulho d’água Música para quem mora em Jundiaí  cidades vizinhas curtir no sábado, 15 de agosto: conferir a gravação do novo DVD da Orquestra de Violeiros Terra da Uva, sob regência do violeiro Daniel Franciscão. Além dos dois convidados destacados na imagem acima, Rodrigo Delage e João Araújo, estarão presentes neste marcante evento também os cantadores Fábio Porte e Cláudio Lacerda!

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s