614 – Fred Martins lança na Sala Funarte (RJ) “Para Além do Muro do Meu Quintal”, gravado em Portugal

fred martins

A Sala Funarte Sidney Miller, localizada no Centro do Rio de Janeiro, será o palco para o cantor e compositor Fred Martins lançar Para Além do Muro do Meu Quintal, em show marcado para a quinta-feira, 20 de agosto, a partir das  19 horas, com ingressos a preços populares. Fred Martins vai se apresentar acompanhado pelo violoncelista Lui Coimbra, além do saxofonista Marcelo Martins. Para Além do Muro do Meu Quintal foi  gravado em Lisboa, Portugal, com produção musical do pianista e arranjador açoriano Paulo Borges e participações especial dos cantores Renato Braz e da cabo-verdiana Nancy Vieira . O título remete a um verso de Alberto Caeiro, um dos heterônimos de Fernando Pessoa, extraído do poema  Noite de São João

Com três álbuns e um DVD lançados no Brasil, Fred Martins registra nesse novo algumas das canções mais marcantes de sua trajetória e já indispensáveis nas apresentações do artista fluminense — entre as quais faixas que ficaram também conhecidos nas vozes de intérpretes como Ney Matogrosso, Maria Rita, Renato Braz e Zélia Duncan. Fred Martins explicou que  Para Além do Muro do Meu Quintal é um trabalho comemorativo, que reúne suas experiências no Brasil e pelo mundo fora; e também parceiros e músicos que admira. Vivendo na região espanhola da Galícia já há cinco anos, o artista acrescentou que o novo álbum registra, ainda, impressões que ele teve da Europa. O disco dialoga com culturas do chamado Velho Continente e traz sonoridades experimentadas em duas décadas de carreira como músico. “Reconhecer Brasil na Península Ibérica, nossos colonizadores, com sua música popular forte e poética, foi inspirador e ampliou as fronteiras da arte”, comentou.

Para Além do Muro do Meu Quintal, álbum que o Barulho d’água Música gentilmente recebeu de Eliane Verbena, assessora de imprensa de Fred Martins, traz o estilo arrojado e contemporâneo do autor. Ele combina fluidez e densidade estética, conversa com a bossa nova de João Gilberto e o samba de Paulinho da Viola, com Nelson Cavaquinho e Cartola. Traz, ainda, influências do Nordeste brasileiro, além de elementos do blues e do rock. Seguindo o pendor dos compositores de referência da música popular brasileira, a poesia aparece intensamente em todas as faixas, não apenas na canção-poema que dá nome ao disco, mas como também na parceria frequente com os poetas Marcelo Diniz (Depressa a vida passa), Manoel Gomes (Poema velho), Fred Girauta (Meu silêncio), Roberto Bozzeti (Terras do sem fim), Alexandre Lemos (Novamente) e Francisco Bosco (Sem aviso). No Brasil, o disco é lançado pelo selo Sete sóis e distribuído pela Tratore.

Tendo como fio condutor a voz e o violão de Fred Martins, as canções receberam tratamento camerístico e predominantemente acústico ou eletroacústico – com filtragem sonora, teclados vintage e o piano minimalista de Paulo Borges. O violoncelo de Sergio Menem ganhou destaque entre as percussões de Márcio Bahia, Alexandre Frazão e João Ferreira. A sonoridade árabe fica acentuada pelo uso de cumbus (instrumentos de cordas, de origem turca). Também atuam em Para Além do Muro do Meu Quintal Bony Godoy (baixo), Marcelo Martins (flautas) e Pedro Pascual (acordeão diatônico). O projeto gráfico tem assinatura do premiado artista Pablo Giraldez, o Pastor.

capa fred martinsFred Martins 

Nascido no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Fred Martins é autor de um repertório variado e muito relacionado com o “artesanato” da canção brasileira contemporânea. Seu talento rendeu o Prêmio Visa de Música Brasileira, por unanimidade do juri, e pelo voto popular, em 2006. Por conta da distinção, Fred Martins gravou o especial de TV Tempo Afora (Canal Brasil), posteriormente lançado em DVD.  Seu primeiro CD, Janelas, saiu em 2001, seguido por Raro e Comum (2005), Tempo Afora (2008) e Guanabara (2009). Em 2011, gravou também Acrobata, em duo com Ugia Pedreira, na Galícia. Participou de vários festivais internacionais, como o Lula World Festival (Canadá); na Espanha, o Músicas Portuárias e o Cantos na Maré; o Jawhara Festival (Marrocos); e o Músicas do Mundo (Portugal), entre outros. Atualmente participa como compositor e intérprete no espetáculo Utopia (inspirado na obra de Oscar Niemeyer), da Companhia de Flamenco de María Pagés, enquanto divulga Para além do muro do meu quintal.

Serviço

Show: Fred Martins, lançamento de  Para além do muro do meu quintal 
Dia 20 de agosto, quinta-feira, às 19h
Sala Funarte Sidney Miller
Rua da Imprensa, 16 – Castelo – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Tel: (21) 2279 8104
Ingressos: R$ 20 (meia: R$ 10)
Bilheteria: a partir das 16h
Duração: 75′, classificação indicativa livre

11056578_1057965984215795_6540608240033182509_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s