Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

646 – Viola Quebrada (PR) inicia em Sampa turnê de lançamento do sexto álbum, “Meus Retalhos”

Deixe um comentário

viola quebrada
O Grupo Viola Quebrada já é uma referência não apenas em Curitiba (PR), mas também em todo o sul do país de boa música caipira e de raiz e será o público paulistano quem terá a primazia de vê-lo apresentar o primeiro show da turnê do álbum Meus Retalhos, novidade que mostrará na noite de quinta-feira, 17 de setembro, a partir das 20 horas, no auditório da Galeria Itaú Cultural. Sexto disco do Viola Quebrada, Meus Retalhos reúne composições e arranjos inéditos para ritmos variados, elaborados nos mais recentes seis anos por Oswaldo Rios e Rogerio Gulin em 13 faixas que incluem as participações de Consuelo de Paula – que se apresentará com o grupo tanto em São Paulo, quanto em Curitiba — Paulo Freire, Rubens Pires, Etel Frota, Chico Lobo e Roberto Prado. 

Pelo conjunto da obra, o Viola Quebrada vem ganhando corpo nas redes sociais e resolveu disponibilizar o novo trabalho também em versão online. O repertório contempla temas contemporâneos como a defesa da natureza em obras como Rio do Peixe (Rogerio Gulin, Oswaldo Rios e João Evangelista Rodrigues) e Caminhos do campo (Rogerio Gulin, Oswaldo Rios e Etel Frota); êxodo rural na música Meus Retalhos (Rogerio Gulin, Oswaldo Rios e Etel Frota), fé em Louvação (Rogerio Gulin, Oswaldo Rios e João Evangelista Rodrigues), festas  populares em Margarida (Rogerio Gulin, Oswaldo Rios e Consuelo de Paula), amor em Ilusões (Oswaldo Rios e João Evangelista Rodrigues) e Zóio Seco (Paulo Freire e Oswaldo Rios), além de outros comuns ao cotidiano do sertanejo.

Para quem planeja ir ao show de estreia, que terá a cobertura do Barulho d’água Música, o ingresso poderá ser retirado pelo público com antecedência de 30 minutos do início do espetáculo, de acordo com a ordem de chegada na fila que será formada do lado de fora, na calçada da avenida Paulista, 149, endereço do Itaú Cultural, há poucos metros da estação Brigadeiro da Linha Verde do Metrô. Para mais informações há os telefones 11 2168 1777 /11  2168 1776.

Depois que deixar São Paulo, o Viola Quebrada embarcará de volta à Curitiba para na capital paranaense lançar Meus Retalhos, a partir das 20 horas da sexta-feira, 18. O palco reservado é do Sesc Esquina, situado à rua Visconde do Rio Branco, 969, Centro.

Nas fontes de Mário de Andrade

O nome do grupo formado em 1997 está inspirado em canção homônima do poeta e escritor estudioso da cultura popular, o modernista Mário de Andrade, que também destacou-se como pesquisador musical.  Desde a criação, o Viola Quebrada propõe a apresentação de motes clássicos do repertório caipira, em arranjos recriados que ganham vida pelas vozes e pelas cordas dos violões de Oswaldo Rios, da viola caipira de Rogerio Gulin, do acordeon de Rubens Nunes Pires, do baixo de Sandro Guaraná e da percussão de Marcão Saldanha. A discografia é composta por cinco discos, dos quais o primeiro, Viola Quebrada (2000) registra Pena Branca e Xavantinho, Roberto Corrêa e Terra Sonora. Em seguida saiu Viola Fandangueira (2002), duplo, só de fandangos, com a participação da Família Pereira de Guaraqueçaba, do Mestre Eugênio e Pedro Pereira, ambos da Ilha dos Valadares.

Sertaneja (2003) conta com Zeca Baleiro cantando o fandango paranaense Balão que cai. Neste mesmo, o grupo integrou coletânea da gravadora Kuarup chamada Caipiríssimo, com Rolando Boldrin, Pena Branca e Renato Teixeira. Já em 2006, Noites do Sertão trouxe faixa de Alaíde Costa. Em 2011, os fãs ganharam o CD e o DVD Viola Quebrada canta Cascatinha e Inhana com participação das Irmãs Galvão. Depois dessa caminhada, o grupo passou a se dedicar às criações autorais.

Contatos: violaquebrada@gmail.com/(41) 3324-1017/www.violaquebrada.com.br
facebook.com/violaquebradaoficial

Meus Retalhos

Repertório de Meus Retalhos 

1) Meus Retalhos  (Rogério Gulin, Oswaldo Rios e Etel Frota)  
2) Caminhos do Campo (Rogério Gulin, Oswaldo Rios e Etel Frota)
3) Zóio Seco (Paulo Freire e Oswaldo Rios)
4) Ilusões  (Oswaldo Rios e João Evangelista Rodrigues)
5) A Viola é que me Toca  (Chico Lobo, Oswaldo Rios e Roberto Prado)
6) Margarida (Rogério Gulin, Oswaldo Rios e Consuelo de Paula)
7) Estação  (Rogério Gulin e Rubens Nunes Pires)
8) Louvação (Rogério Gulin, Oswaldo Rios e J. Evangelista Rodrigues)
9) Viola de Palha (Rubens Nunes Pires, O. Rios e Dalton Luiz Gandin)
10) Rio do Peixe  (Rogério Gulin, O. Rios e J. Evangelista Rodrigues)
11) Violeiro e Poesia (Oswaldo Rios e Etel Frota)
12) Flor de Algodão (Rogério Gulin, Oswaldo Rios e Etel Frota)
13)Linda Flor do Paraná (Sérgio Penna, Oswaldo Rios e João Evangelista Rodrigues)

12011410_953558161370039_8322354262293522180_n

 

 

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s