653 – Paranambuco (PR), grupo que toca blues e baião com atabaques, lança Orun Ayê no Paiol

paranambuco2222

Paranambuco, grupo de Curitiba que surgiu em 2010 e une os nomes dos estados do Paraná e de Pernambuco com intuito de estudar e apresentar ao público músicas que valorizam diferentes vertentes da cultura tradicional brasileira, com influências assumidas dos terreiros de umbanda, lançou o primeiro álbum na noite de domingo, 20, no palco do Teatro Paiol, em Curitiba. Orun Ayêtermo que de acordo com um dos seus integrantes, Fred Pedrosa, significa “entre o céu e a terra”,  possui arranjos nos quais se distinguem ritmos como coco, samba, baião, maracatu e xote, bem como ijexá, toruá, barravento, puxada de rede e jongo, entre outros que são populares no território nacional. Nota-se ainda influências de artistas contemporâneos como Kiko Dinucci e Criolo, além dos Novos Baianos, de Roque Ferreira e do Clube da Esquina.

Orun Ayê supre a necessidade do registro das músicas autorais dos cinco rapazes que nasceram em estados diferentes e cujos santos se cruzaram em terreiros de umbanda curitibanos, apontam. E deriva de processo coletivo de criação, com gravação assegurada após a vitória no Festival Online de Composição, cujo troféu o Paranambuco arrebatou dentre milhares de concorrentes de todo o Brasil. A festa de lançamento no Paiol contou com a colaboração de amigos e fãs, por meio de financiamento coletivo pela internet que recebeu apoio de 194 pessoas e instituições.  As recompensas destes contribuintes devem ser retiradas na rua Solimões 541, bairro Mercês, em data informada por meio de mensagem eletrônica. Quem reside fora de Curitiba receberá o prêmio pelos Correios, sem custos.

O Paranambuco contou com o voto popular e emplacou, ainda, o Webfestvalda 2015 (categoria Banda Revelação), com a música Desabafo da esquina, de Fred Pedrosa e Thiago Hoshino. O certame realizado na cidade do Rio de Janeiro (RJ)  atraiu mais de 1.000 inscrições e contou com shows de artistas tais quais Pitty, Nando Reis, Emicida e Raimundos, além dos finalistas. Além do mineiro Pedrosa, o quinteto reúne Matheus Braga (PE), Thaís Rolim (SP), Bruno Klammer (PR) e José Navarro (SC). O fato de cada um ser natural de um Estado diferente dos demais permitiu  serem explorados valores regionais múltiplos vividos e professados individualmente pelos rapazes e por Thaís. “Vai sem medo de entrar nessa roda”, ela entoa na faixa Navegando em ventania. “Deixa a água rolar, deixa o barco correr”. Para os autores do blog Suplemento Cultural,  “esse é o espírito do disco”, pois “em dez faixas, Paranambuco não tem medo de misturar acordes de blues e batuque brasileiro”.
anistia 2
Endosse, seja signatário das campanhas da Anistia Internacional e ajude a construir um mundo mais equilibrado e fraterno; Diga não à execução é uma das mais urgentes. Acesse anistia.org.br/campanhas

 

 

 

Anúncios

Uma resposta para “653 – Paranambuco (PR), grupo que toca blues e baião com atabaques, lança Orun Ayê no Paiol”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s