Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

656- Ivan Vilela e Zé Hamilton Ribeiro participam em Santos (SP) de debate sobre música caipira

Deixe um comentário

tarrafa

Cidade litorânea das mais importantes e agradáveis do estado de São Paulo e do Brasil, Santos sediará o 7º Tarrafa Literária, considerado o maior festival paulista de literatura, entre hoje, 23, e domingo, 27 de setembro. Após o show de Estrela Leminski e de Téo Ruiz na noite de abertura, o evento prosseguirá com debates entre autores da literatura nacional e internacional, além de atividades para o público infantil, sempre no Teatro Guarany, localizado na Praça dos Andradas, 100, centro histórico santista, ao lado do terminal rodoviário.

Para prestigiar os debates bastará chegar com antecedência e retirar o convite. De acordo com a programação, a cada dia serão montadas duas mesas com dois palestrantes, mais o mediador. A música caipira, tema de uma das rodadas da sexta-feira, 25, terá em formato de bate-papo as  presenças do professor, compositor, pesquisador e violeiro Ivan Vilela e do jornalista José Hamilton Ribeiro. Sob a batuta de Sérgio Martins, Ivan Vilela e Zé Hamilton contarão experiências sobre as histórias desta vertente da música e do homem sertanejo, entremeadas por peças tocadas pelo músico.

Clique em http://tarrafaliteraria.com.br/programacao/ para saber datas e horários das atividades do 7º Tarrafa Literária.

Lenine em concerto

Ivan Vilela também é um dos convidados da Orquestra de Câmara da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (Ocam/ECA/USP), que, sob regência do maestro Gil Jardim, estará a partir das 11 horas do domingo, 27, no auditório externo da galeria Itaú Cultural, em São Paulo. Vilela e o percussionista Ari Colares abrilhantarão a apresentação de 20 anos da Ocam em cujo concerto estará, ainda, Lenine. A Ocam fará a abertura tocando Huapango, de José Pablo Moncayo, e o primeiro movimento da Sinfonietta Nº 1, de Villa-Lobos. Na sequência, Lenine subirá ao palco e se juntará aos músicos para mostrar algumas canções do disco recém lançado Carbono, seu mais recente trabalho e destaque em um dos palcos do Rock in Rio, além de músicas que o consagraram. A galeria Itaú Cultural fica na avenida Paulista, 149, e para mais informações dispõe os números de telefones 11 2168 1777 / 2168 1776.

Livro-Jose-Hamilton-1

Mestre do jornalismo investigativo

O jornalista mais premiado do Brasil é o título do livro que o  jovem jornalista paulista Arnon Gomes lançará entre 16 e 19 horas do sábado, 3 de outubro, na loja da Alameda Lorena da Livraria da Vila, em São Paulo. O biografado é nada mais, nada menos que um dos mestres do (infelizmente cada vez mais raro!) jornalismo investigativo José Hamilton Ribeiro, que estará presente durante a sessão de autógrafos.

Arnon Gomes procurou ir além do Zé Hamilton conhecido como correspondente de guerra e buscou explicar as razões pelas quais, entre os jornalistas de todas as gerações, o biografado é um dos mais brilhantes da  imprensa brasileira, o único a ficar tanto tempo atuando como repórter (há 35 anos assina matérias durante o programa Globo Rural, na TV Globo), mesmo com o avanço há algumas décadas da televisão e, recentemente, da internet. O autor ainda procurou desvendar em 260 páginas quais macetes Zé Hamilton domina para manter o perfil de um dos profissionais periodistas com o maior número de prêmios, além de resgatar reportagens inesquecíveis que o homenageado protagonizou em momentos cruciais da vida brasileira, enfatizando, ainda, o legado que deixou por onde passou.

O livro, com prefácio de Sérgio Dávila, da Editora Eko Gráfica, estará a venda por R$ 35,00. A Livraria da Vila fica na Alameda Lorena, 1731, Jardim Paulista, e para mais informações tem o número de telefone (11) 3062-1063.

pgapega

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s