Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

682- Invista no projeto “Canção do amor Distante”, de Ana Salvagni (SP) em parceria com o violonista Eduardo Lobo

Deixe um comentário

ana salvagnig

A cantora Ana Salvagni (Campinas/SP) está convidando amigos e admiradores por meio de uma campanha virtual a ajudá-la a registrar em um álbum o projeto Canção do Amor Distante, que se consumado será o quarto da carreira, desta vez em parceria com o violonista e guitarrista Eduardo Lobo. Em 13 faixas com arranjos basicamente para voz e violão, Ana Salvagni pretende dar vazão à vontade de interpretar canções com maior densidade, tanto no texto, quanto na música. A Canção I, de Hilda Hilst e Zeca Baleiro,  a inspirou e ela observa que à medida em que outros ritmos, sonoridades e culturas foram incorporados ao repertório, muitas vezes a densidade deu lugar à leveza, favorecendo a condução musical mais ligada ao texto poético.

“Provavelmente teremos participações especiais, como a do violeiro Paulo Freire, e da clarinetista Maria Beraldo Bastos, que esteve presente conosco, na fase inicial deste projeto”, adiantou Ana Salvagni. O amor ausente é tema universal e atemporal encontrado em todas as formas de criação artística e na música popular, conforme Ana Salvagni, o compositor dá forma e vazão aos sentimentos que o atormentam, mesmo que, por muitas vezes, a canção gerada não seja necessariamente triste.

A meta de Ana Salvagni é produzir uma tiragem de 2.000 exemplares. Para tanto, por meio da plataforma Benfeitoria e mediante visita ao linque https://beta.benfeitoria.com/cancaodoamordistante ela solicita colaborações a partir de R$ 15,00, e para todos os valores estipulados haverá uma recompensa. Os depósitos deverão ser feitos até 7 de novembro; a partir de R$ 50,00 o álbum chegará ao endereço informado pelo colaborador, sem custo de frete para qualquer parte do Brasil.

Ana Salvagni ressalta que, caso a meta mínima não seja atingida, os colaboradores receberão o dinheiro de volta e o projeto, nesse caso, não será executado. “Para chegarmos lá, temos muito trabalho e despesas pela frente!”, disse Ana Salvagni . “Um CD caprichado passa por várias etapas e diferentes profissionais. Para o músico bancar esta produção sozinho, seria oneroso demais, mas com o apoio de todos aqueles que gostariam de ver o nosso álbum pronto, os custos não pesam e ainda todos são recompensados”, emendou. “O financiamento coletivo é um conjunto de ações e relações colaborativas, com resultados satisfatórios para todos. É algo em que realmente acreditamos. Venha fazer parte deste sonho, para que ele de fato se concretize!”

ana salvagnil

Ana Salvagni

Cantora com formação em Regência pela Universidade de Campinas (Unicamp), poeta e professora de canto, Ana Salvagni desenvolve o trabalho de viola e voz em uma parceria de mais de 15 anos com o músico e escritor Paulo Freire, e já cantou ao lado de músicos como Edmilson Capelupi, Edson Alves, Paulo Braga, Daniel Allain e Toninho Ferragutti. Dirige os corais Açucena, Avis Rara, Da Quinta e Cântarus, todos em Campinas. Lançou Ana Salvagni (1999), Avarandado (2005) e Alma Cabocla (2009). O terceiro trabalho, dedicado ao compositor Hekel Tavares (1896-1969), foi premiado como Melhor Álbum Regional pelo 21º Prêmio da Música Brasileira (2010). Como poetisa, assina Janela Sem Tranca e Fotos do Espelho.

Eduardo Lobo

Guitarrista e violonista, doutorando em música pela Unicamp e professor no curso de Licenciatura em Música da Faculdade Nazarena do Brasil, Eduardo Lobo, como integrante do grupo Quatro a Zero, obteve o segundo lugar do VII  Prêmio Visa de Música Instrumental Brasileira, em 2004.  Um ano depois, lançou lançou Choro Elétrico, seguido por Porta Aberta (2008) e Alegria (2010);  em 2009 gravou Abrideira, do grupo de choro Fina Estampa, co-produzido por Maurício Carrilho. Em 2013 lançou o disco de música instrumental Ideia de Antes, e estreou, ao lado do Quatro a Zero, Rafael dos Santos e Guilherme Ribeiro, o Concerto Carioca 3, de Radamés Gnattali, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Campinas e regência de Victor Hugo Toro. Também ligado à educação musical, escreveu o primeiro livro de aprendizado de cavaquinho para o Projeto Guri em 2011.

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s