688 – Boldrin grava com Zé Paulo Becker e Cainã Cavalcanti, Walgra Maria e Diana Pequeno mais um Sr. Brasil

DSC00807
Boldrin começou as gravações de mais um Sr.Brasil com o duo Zé Paulo Becker (RJ) e Cainã Cavalcanti (CE) Fotos: Marcelino Lima/Acervo Barulho d’água Música

Noite de muitas emoções durante e após a gravação de mais um programa Sr. Brasil na quarta-feira, 14 de outubro: Rolando Boldrin recebeu entre os convidados as cantoras Walgra Maria (São João da Boa Vista/SP), Diana Pequeno (Salvador/BA) e o duo de violonistas Zé Paulo Becker (RJ) e Cainã Cavalcanti (CE).

DSC00802

Walgra Maria Carvalho Pinto estava acompanhada por Renata Melo (voz), Vinícius Alves (viola) e Mauro César (cajón) e cantou duas belas modas dos artistas de São João da Boa Vista Edvina e Fábio Noronha em disco que ela gravou, dedicado a ambos. Ela doou ao final das gravações um exemplar do álbum para o acervo do Barulho d’água Música, junto com Caminho da Fé, que tem a participação do saudoso Dércio Marques. Vinícius Alves disponibilizou o álbum Violas e Veredas, instrumental.

DSC00839
Walgra Maria (ao violão) trouxe ao Sr. Brasil as belezas das obras de Edvina e Fábio Noronha, ambos de São João da Boa Vista (SP)

Diana Pequeno cantou acompanhada por Mauro Peroni (violão), Ney Marques (bandolim) e Cássio Poletto (violino) Cantiga de Amigo (Elomar), Diverdade (Chico Maranhão) e Trem do Pantanal (Geraldo Roca e Paulo Simões).

Antes das duas cantoras, Boldrin gravou com o duo de violonistas Cainã Cavalcante e Zé Paulo Becker, que apresentaram as peças Parceria e Clara, gravadas no recente álbum deles, Parceria. Clara é filha de Zé Paulo, Cainã é afilhado de Patativa do Assaré (CE) — poeta reverenciado na cultura popular e cuja imagem Boldrin utilizou e manteve ao seu lado, reverenciando Patativa ao cantar Vaca Estrela e Boi Fubá. Além dos tradicionais causos que fazem a plateia soltar longas gargalhadas, o Sr. Brasil ainda declamou de Aldemar Paiva (PE) Meu nome é Ventura e Domingo no Parque, de Gilberto Gil. E homenageou Grande Otelo, que estaria fazendo 100 anos em 2015.

Diana Pequeno 1
Diana Pequeno emocionou-se e deixou a plateia emocionada com sua interpretação de Diverdade, de Chico Maranhão

As gravações, em um mesmo programa ou separadas cada uma em uma data, ainda não têm previsão para ir ao ar.

O Barulho d’água Música agradece ao apoio de Patricia Maia Boldrin, Lenir Boldrin e à produção do programa Sr. Brasil ao trabalho deste blogue e pela gentil acolhida, mais uma vez, no Teatro do Sesc Pompeia (SP), aos blogueiros Marcelino Lima e Andreia Regina Beillo.

Diana Pequeno estará nesta sexta-feira, 16, a partir das 21 horas, no palco do Sesc Belenzinho (SP), em show com produção de Noel Andrade e Lu Malheiros, da Charrua Charrua. O Barulho d’água Música vai acompanhar e produzir matéria no sábado, 17, fique atento e acompanhe!

12068945_911539662234589_2321099510040274587_o

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s