Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

726 – Domingo do MCB (SP) terá Carlinhos Antunes em dose dupla, com Coisa Fina e Sexteto Mundano, ambas na faixa!

Deixe um comentário

Convite_15_11

O Museu da Casa Brasileira (MCB) programou para este domingo, 15, duas apresentações que contarão com a participação do cantor e compositor Carlinhos Antunes, ambas com entradas francas. A partir das 11 horas, Carlinhos Antunes estará no palco com os músicos do Projeto Coisa Fina, criado há 9 anos, para mostrar à plateia temas de Jacob do Bandolim, Moacir Santos, Laércio de Freitas, Theo de Barros, Guinga e Mozart Terra, além de compositores da nova geração como o saxofonista Henrique Band, que estão em álbum gravado recentemente pelo selo Sesc. O disco, cujo repertório está informado abaixo será lançado na ocasião. 

Mais tarde, às 16 horas, Carlinhos Ferreira e os amigos do Sexteto Mundano protagonizarão sessão retrospectiva de músicas dos três mais recentes álbuns dele, entremeadas por composições que fazem parte de Violeta Terna y Eternaálbum de 10 faixas com o qual prestam tributo à chilena Violeta Parra, com a especial participação da neta da homenageada, Tita Parra. 

Violeta Parra é uma das mais marcantes artistas do século XX e gravou seu nome como eterno não apenas seu país natal, mas em todo o mundo como um ícone na cultura popular que, além de música compositora e instrumentista responsável por pesquisar e resgatar inúmeras canções e estilos folclóricos latino-americanas, expressava-se profundamente também como ceramista e tecelã. Autora de Gracias a la vida e Volver a los 17, morreu precocemente aos 49 anos, em 1967, seis anos antes da feroz ditadura militar de Augusto Pinochet se instalar no Chile, em 11 de setembro de 1973.

Repertório do Coisa Fina, integrado por Mauricio Caetano (bateria), Matheus Prado (percussão), Ivan de Andrade (sax alto, clarinete, flautim), Walmer Carvalho (sax tenor e soprano, flauta), Daniel Nogueira (sax tenor, flauta), Bira Júnior (sax barítono, clarinete, flauta), Amilcar Rodrigues (trompete/flugelhorn), Diogo Duarte (trompete/flugelhorn), Odirlei Machado (trombone), Abdnald Santiago (trombone baixo), Marcelo Lemos (guitarra), Fabiano Leandro (piano) e Rafael Ferrari (contrabaixo acústico).

64bbd465-bd76-4197-82a6-1d7f59da9f5d

1. Alforria
2. April Child
3. Fulo do Araçá
4. Partido
5. Ascensão
6. Coisa n7
7. Amalgamation
8. Assanhado
9. Asa Branca
10. Quintessência
11. Nanã 

 

Repertório de Carlinhos Antunes e Sexteto Mundano, com Beto Angerosa (percussão), Maria Beraldo Bastos (clarinete e voz), Danilo Penteado (piano, acordeon e voz) e Rui Barrosi (baixo acústico e voz).

11224369_986891711375199_6648510682073701423_n

1. Ayacucho (Carlinhos Antunes)
2. Maria Rosa (Carlinhos Antunes)
3. Caipira ma non troppo (Carlinhos Antunes)
4. Levyana (Carlinhos Antunes)
5. Garoto em Caracas (Carlinhos Antunes)
6. Gracias a La Vida/ temas incidentais de Gonzagão (Violeta Parra)
7. Casamiento de Negros (Violeta Parra)
8. Volver a los 17 (Violeta Parra)
9. La jardinera (Violeta Parra)
10. Una chilena en Paris (Violeta Parra)
11. Que pena siente el alma/ O Cravo e a Rosa (Violeta Parra)
12. La Carta (Violeta Parra)
13. Mazurquica Modernica (Violeta Parra)
14. El Guillatun (Violeta Parra)

O MCB fica na avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, no Jardim Paulistano, bairro da zona Oeste de São Paulo. Para mais informações utilize o número (11) 3032-3727.

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s