Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

930- Sesc Ipiranga (SP) oferecerá em abril encontros inéditos entre consagradas escolas brasileiras de piano

Deixe um comentário

O teatro da unidade Ipiranga do Sesc da cidade de São Paulo estará reservado em todos os domingos de abril a partir do dia 9 para as apresentações do projeto Forte Piano, um inédito e imperdível encontro das diversas escolas brasileiras de piano. Expoentes da nova geração tais quais Hércules Gomes, Daniel Grajew e Cristian Budu irão se revezar no palco com um dos mais importantes e conceituados pianistas brasileiros, o também compositor Laércio de Freitas (veja horários, valores de ingresso e cronograma em Serviço, ao final do texto)

A abertura do Forte Piano caberá ao Duo Bailado, que recria musicalmente o rico universo das danças brasileiras do início do século XIX e é formado pelo jovem pianista Daniel Grajew e o contrabaixista e compositor Marcos Paiva. Bailado é, também, o título do álbum que Grajew e Paiva lançaram, considerado um dos melhores lançamentos de 2016 e que mereceu elogios de críticos de quilate, entre os quais Carlos Calado, Mauro Ferreira, do blogue G1/Música, e Roger Lerina, do Jornal Zero Hora (RS). “O contrabaixista mineiro e o pianista paulista formam um duo contagiante e nada convencional”, acentua Calado, autor do blogue Música de Alma Negra, indicando Bailado entre os 40 discos para serem ouvidos em 2017. “Nas nove faixas deste álbum, recriam temas dos clássicos Ernesto Nazareth (Tenebroso) e Anacleto de Medeiros (Araribóia). Também exibem sofisticadas composições próprias, inspiradas por danças urbanas do início do século 20 e repletas de improvisos.”

Laércio de Freitas está escalado para abrilhantar a segunda rodada do projeto Forte Piano: trata-se de uma oportunidade rara ver em ação este incrível músico, pianista da lendária Orquestra Tabajara, do Sexteto de Radamés Gnatalli e autor de cinco discos solos lançados, sem contar dezenas de arranjos executados por grandes intérpretes e orquestras.

Na sequência, a atração será outro duo, composto por Hércules Gomes e Rodrigo y Castro. Pianista revelação de 2015, Gomes convidou o flautista Castro para passearem juntos por estilos diferentes como o frevo, o samba, o baião e o choro, explorando seus instrumentos de uma maneira nova, que resulta em uma música viva e contemporânea.

Cristian Badu, destacado para o encerramento, protagonizará um verdadeiro concerto erudito. Ganhador, desde muito jovem, de concursos como o Nelson Freire e o Programa Prelúdio da TV Cultura, Badu tornou-se em 2013 o primeiro pianista brasileiro a faturar o Grande Prêmio  do Concurso Internacional Clara Haskil, promovido na Suíça.

bailado

Marcos Paiva e Daniel Grajew recriam musicalmente o rico universo das danças brasileiras do início do século XIX

Sobre Bailado, Daniel Grajew e  Marcos Paiva

Bailado é um olhar contemporâneo sobre as gingas dos salões e terreiros que se influenciarem mutuamente no início do século XX.  Marcos Paiva e  Daniel Grajew, fizeram, segundo Mauro Ferreira, um “disco que cai no suingue e evoca o movimento musical da era de Chiquinha Gonzaga e Ernesto Nazareth, pioneiros compositores e pianistas cariocas que ajudaram a moldar música brasileira. Sem nostalgia, o duo soube reanimar o baile que moldou toda a rica música do Brasil”. O repertório é, ao mesmo tempo, popular e sofisticado.

Marcos Paiva e Daniel Grajew estreiam e consolidam sua parceria em Bailado, disco de 9 faixas que unem o contrabaixo de Paiva ao piano de Grajew e buscam a inventividade constante da música instrumental brasileira. A produção, direção artística e arranjos são assinados por ambos, com o fio condutor vindo do gingado e movimento das danças urbanas do início do século passado e o encontro do som aristocrático ao popular, que mistura as influências europeias e africanas, estas tão latentes na cultura brasileira.

Paiva criou uma nova forma de conduzir o contrabaixo, inspirado no violão de 7 cordas e criando contramelodias que formam a artéria central das canções e se ramificam para tecer engenhosas tramas com o piano de Daniel Grajew.  Ele, por sua vez, mergulha na linguagem dos pianeiros – como eram conhecidos os pianistas populares do final do século XIX e início do século XX -, e abusa do colorido do jazz para criar espaços de improvisação.

Nascido na cidade de São Paulo, Daniel Grajew é pianista, compositor e arranjador. Iniciou os estudos musicais aos 11 anos, com o piano clássico, passando a tocar bateria aos 14 anos, desenvolvendo em paralelo o gosto tanto pela acuidade e refinamento da música erudita, como pela leveza e espontaneidade da música popular, incluindo o jazz, blues, ritmos latinos e a música brasileira em especial. Manga, seu primeiro disco autoral, com formação de trio de convidados, foi lançado em 2012. Já trabalhou e colaborou com artistas como Patrícia Marx, Edwin Pitre, J.J. Jackson, Misty, Carlos Navas, Vânia Bastos, Anna Gelinskas, Blubell, Alexandre Silvério, Kathryn Green, Marcelo Monteiro e Carlos Malta.

São Mateus (2007), Meu Samba no PratoTributo a Edison Machado (2012) e Choroso (2015) são os três discos lançados pelo compositor, produtor, arranjador e instrumentista Marcos Paiva, nascido na cidade de Tupã, no estado de São Paulo. Paiva está em cartaz, atualmente, com Concerto Para Pixinguinha (atração deste sábado, 8,  ao lado de Vânia Bastos, na unidade Campo Limpo do Sesc paulistano) e também assinou a produção de dois discos e um DVD da cantora Fabiana Cozza e já dividiu o palco com nomes como Zizi Possi, Ná Ozzetti, Cauby Peixoto, Agnaldo Rayol, Yaniel Mattos e muitos outros.

Cronograma das apresentações do Forte Piano, sempre a partir das 18 horas 

09/04 – Bailado/Daniel Grajew e Marcos Paiva
16/04 – Laércio de Freitas
23/04 – Hércules Gomes e Rodrigo e Castro
30/04 – Cristian Budu

Serviço

O Sesc Ipiranga cotou a entrada para as apresentações em R$ 20, R$ 10, e R$ 6, valores que variam de acordo com a categoria do comprador. Está situado na rua Bom Pastor, 822, a 2.000 metros da estação Ipiranga da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ou 2.200 da Sacomã da Linha 2/Verde do Metrô. Para mais informações disponibiliza o telefone (11) 3340-2000.

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s