Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

939 – Gaúchos Valdir Verona e Juarez Machado de Farias celebram parceria com “O violeiro e o poeta”

Deixe um comentário

Parceiros de estrada já há longa data, Valdir Verona (Caxias do Sul/RS) e Juarez Machado de Farias (Piratini/RS) levaram à amizade ao estúdio e brindaram amigos e fãs com O Violeiro e o Poeta, álbum independente que traz no repertório poemas de Juarez Machado musicados por Valdir Verona e as canções inéditas A Bomba da Paz, Luas e LançasTapera. O disco já faz parte do acervo do Barulho d’água Música e também recorda a criação mais conhecida da dupla, Avisooriginalmente gravada como faixa de Tons da Terra – Acit (2000), mais a Toada de Reis Um Outro Natal, selecionada para a Tafona da Canção Nativa de Osório (RS), em 2016. Completam a obra Estradas e Tardes, O Andarilho e a Estrada e Parem as Rodas dos Carros (poesias escritas e recitadas por Machado, com trilha musical de Verona) e os temas instrumentais Zamba del Violero OlvidadizoMilonga Pra Don Coletti, em homenagem póstuma à Eugênio Coletti; e Catavento, adaptada para viola de nove cordas, originalmente composta para violão e também integrante do Tons da Terra-2000.

Valdir Verona promove o resgate da viola na música do Sul por meio de recitais, shows, composições, gravações, edições de partituras, aulas e oficinas de música e já assina oito CDs, um DVD e três livros didáticos com discos encartados, além de diversas participações em gravações e produções de CDs e DVDs. Consta em seu currículo os troféus alusivos a dois Prêmios Rozini de Excelência da Viola Caipira, nas categorias Outras Vertentes e Arranjador, e a estatueta do Prêmio Vitor Mateus Teixeira (2014 ), que ganhou pela gravação com o conterrâneo Rafael de Boni (Caxias do Sul/RS) de Duo de Viola e Acordeon, além de várias indicações ao Prêmio Açorianos de Música. É um dos coordenadores no Estado gaúcho do Dandô Circuito de Música Dércio Marques e representou o Brasil na homenagem ao país promovida durante o Fórum Econômico Mundial de Davos/Suíça (2012) e na 25ª Feira Internacional do Livro de Bogotá (Colômbia).

Juarez Machado de Farias concilia o oficio de advogado e radialista ao dom de escrever poemas, habilidade que aprimorou com o diploma de Letras, conquistado estudando na UNIASSELVI, em 2010. É autor dos livros Verso de Azul (1995) e Por aqui as casas falam (2008), mais de cinquenta letras e poemas, gravados em elepês e CDs de festivais nativistas, conjuntos e intérpretes regionalistas. Em 2011, foi classificado para a Oficina de Criação Literária  da Pontifícia Universidade Federal do (PUC/RS), idealizada e ministrada  por Luiz Antônio de Assis Brasil, tendo encerrado com êxito sua participação em dezembro do mesmo ano.

A voz de Juarez Machado de Farias é conhecida pelos ouvintes da Rádio Com Piratiniense (FM 87.9) desde 2011, emissora na qual apresenta os programas Buenos Dias (de 2ª à 6ª) e Domingo Pampeano (domingos), ambos das 6 horas às 8 horas. Em 21 de julho de 2014 começou a produzir e levar ao ar, ainda, o programa Canto dos #Livres , que pode ser sintonizado em 93.9,  de segunda-feira à sexta-feira, entre 05h30 e 07h30 pelas ondas da Nativa FM. Em 2011 ele recebeu a Comenda Ana Clara Vaz,  outorgada pelo Conselho Municipal de Participação e  desenvolvimento da Comunidade Negra de Piratini como colaborador do Movimento Negro.

O luthier Eugenio Colleti é homenageado no álbum dos parceiros Valdir Verona e Juarez Machado (Foto:Daniela Xu)

O italiano Eugenio Colleti (mais conhecido por “Seu Eugenio”), de acordo com o Jornal Pioneiro, “esbanjava a vitalidade de um guri”. Em casa, mantinha um pequeno ateliê onde exercia o ofício de luthier,  consertando instrumentos de cordas. Como músico, fez parte da Orquesta Municipal de Caxias do Sul e foi responsável pelos primeiros ensinamentos de dezenas de músicos.

Saiba mais sobre Valdir Verona visitando no Barulho d’água Música o linque https://barulhodeagua.com/tag/valdir-verona/

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s