Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

954 – Sol Bueno é atração do Cine Teatro Brasil para lançamento do álbum autoral Poeira Dançante

1 comentário

A cantora e compositora Sol Bueno (Pitangui/MG) trará a público em 30 de maio o recém-gravado Poeira Dançante durante apresentação programada para o  Cine Theatro Brasil Vallourec, situado em Belo Horizonte (MG). Sol Bueno ocupará o palco a partir das 21 horas para retratar de forma apurada em 13 músicas deste primeiro trabalho autoral sutilezas e memórias do universo da cultura popular, vivências, sentimentos e um olhar acurado dela para a terra; simultaneamente, a plateia experimentará um poético passeio ao Cerrado, à Bacia do São Francisco, a muitos cenários do Sertão Roseano  e às sonoridades marcantes que ocorrem nestas paisagens. Vinda de uma família de músicos e cantadores populares, Sol Bueno resgata com voz suave a força dos ancestrais e ilustra os múltiplos retratos interiores dos Brasis que Minas Gerais carrega. O show de lançamento contará com Gladson Braga (percussão), Letícia Leal (violas), Ricardo Rodrigues (violões) e Rodrigo Salvador (rabecas), mais as participações especiais de Sérgio Pererê, Meninas de Sinhá, Tambores de Luta, Erick Castanho, Marcelo Taynara, Ana F. e Lud Benquerer.

Além do timbre marcante, Sol Bueno toca viola caipira, violão, caixa de folia e kalimba, instrumentos sempre presentes em suas apresentações nas quais não faltam, ainda, percussão e rabeca. Por esta versatilidade, foi selecionada pelo Projeto Mulheres Criando, iniciativa que reconhece o trabalho de cantautoras/compositoras. Em 2016, participou do projeto Elas, que valoriza a criação autoral de compositoras mineiras. Já esteve em programas de tevê e em vários festivais, gravou videoclipes e protagonizou apresentações coletivas de vídeo e filmes; atualmente é coordenadora regional e cogestora nacional do premiado Dandô – Circuito de Música Dércio Marques que neste ano chega à quarta temporada nacional e terá espetáculos também no Chile, na Argentina e em Portugal. Produtora do documentário Mestres da Viola (ANVB/2011), para o qual viajou ao longo do Alto São Francisco realizando entrevistas e registros de mestres da cultura popular tocadores de viola, também integra o Coletivo MundicÁ, formado por empreendedores criativos atuantes na capital mineira. 

Poeira Dançante “não é de cantos tradicionais, mas quando você o ouve, lá estão folias, congado e seu serra abaixo, modas de viola, batuques, o som da aldeia Krahô — que resiste no cerrado –, água, grilos, passarinhos, sinos da comunidade onde vivo”, disse Sol Bueno sobre seu primeiro disco autoral

A gravação de Poeira Dançante deriva de campanha de financiamento coletivo e Sol Bueno destacou que chegará às mãos dos muitos contribuintes com capa assinada pelo irmão, Ronaldo Bueno. “Ele conhece meu amor pelas ervas, assim utilizou café e chás na pintura da arte”, contou Sol Bueno. “O disco tem também esses cheiros: a gente pôs, um a um, amarrando-os com embira de bananeira e embrulhando-os na chita que minha mãe costurou.” 

Sol Bueno assina a direção musical e a produção do álbum cujas faixas foram gravadas em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, tarefas que dividiu com o gaúcho de Terra de Areia Giancarlo Borba. Dentre os músicos que convidou para enriquecer as faixas, ela menciona Sérgio Pererê, Meninas de Sinhá, Erick Castanho, Letícia Leal, Rodrigo Salvador, Ana F., Gladson Braga, Marcelo Taynara e João Paulo Torres, mais a participação especial de Dona Bela, já falecida, que era minha rainha da guarda de moçambique da qual participava. 

“O disco não é e cantos tradicionais, mas quando você o ouve, lá estão folias, congado e seu serra abaixo, modas de viola, batuques, o som da aldeia Krahô — que resiste no cerrado –, água, grilos, passarinhos, sinos da comunidade onde vivo”, observa Sol Bueno. “As músicas falam de um lugar de verdade, de um sentimento real, de uma memória viva. É meu primeiro trabalho autoral e espero que possa de alguma forma tecer pontes, histórias, sentimentos, caminhos e memórias”, prosseguiu.  “Nele coloquei meu sentimento da delicadeza, como uma poesia necessária, mas também minha expressão de força, das raízes de meu povo, de uma ancestralidade viva.” 

Ficha técnica do show de lançamento Poeira Dançante

Direção artística*: Sol Bueno e Giancarlo Borba
Direção musical*: Sol Bueno
Músicos*: Sol Bueno (voz, violas); Gladson Braga (Percussão) Letícia Leal (Violas); Ricardo Rodrigues (Violões); Rodrigo Salvador (Rabecas) / Participação especial de Sérgio Pererê, Tambores de luta (percussão), Meninas de Sinhá, Marcelo Taynara, Erick Castanho e Ana F. b
Cenário: Elisiane Pereira e Alexandre Bianchini
Iluminação: Matheus Dias
Sonorização: Flora Guerra
Produção: Pé de Pequi Produções Culturais

O Cine Teatro Brasil Vallourec fica na esquina entre a avenida Amazonas e Rua dos Carijós, na Praça Sete de Setembro, no Centro de Beagá e estipulou a entrada para o show em R$ 30,00. Abre de segunda-feira a sábado das 11 às 21 horas e aos domingos das 11 às 19 horas, com horários especiais nos feriados. Para mais informações e compra de ingressos disponibiliza os números de telefones (31) 3201-5211 ou (31) 3243-1964.

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Um pensamento sobre “954 – Sol Bueno é atração do Cine Teatro Brasil para lançamento do álbum autoral Poeira Dançante

  1. ETA COISA BUNITA, SÔ!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s