Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

979- Jucilene Buosi recorda sucessos de Elis e de Mercedes Sosa como atração do Julho Fest, em Poços de Caldas (MG)

Deixe um comentário

Cantora e atriz, Jucilene Buosiexpoente dos mais representativos da música sul mineira e do Estado, protagonizará neste domingo, 23, apresentação em Poços de Caldas durante a qual o público poderá matar saudades de Elis Regina e de Mercedes Sosa — duas consagradas expressões latinoamericanas. O show previsto para começar às 20 horas, na Casa de Cultura do Instituto Moreira Salles (IMS), intregra a programação do JulhoFest e brindará o público com canções imortalizadas tanto pela gaúcha Elis Regina, quanto pela argentina Mercedes Sosa, cujas vivências, atitudes e histórias construíram as biografias de duas mulheres que direcionaram fundamentais conquistas femininas em seus países, utilizando o canto como instrumento. Acompanhada por Albano Sales (piano) e Eduardo Sueitt (percussões), Jucilene Buosi interpretará com sua performance vocal sempre expressiva Volver a los 17, Gracias a la vida, Casa no campo, O bêbado e a equilibrista e Yo vengo a oferecer mi corazón, entre algumas das mais aclamadas músicas do repertório tanto da Pimentinha, quanto da La Negra, como carinhosamente os fãs e admiradores tratavam as homenageadas.

A talentosa carreira de Jucilene Buosi vem sendo construida tanto no palco, com espetáculos musicais que incluem óperas, quanto no cinema. A discografia conta com o filme Falsete – que destaca a sonoridade do Sul de Minas e várias personagens, entre as quais o poeta Gildes Bezerra, o professor, compositor e violeiro Ivan Vilela, Fernando Brant, Ceumar, Raimundo Andrade, Sérgio Santos, Casquídeo, Chorões da Pedra Branca e Grupo 13 de Maio –, o álbum Retrato — que também possibilita uma imersão no cenário musical regional, com canções de compositores sulmineiros e releituras de artistas consagrados, mais o CD-trilha sonora da ópera-rock 1984, que traz uma leitura musical baseada na obra de George Orwell. Premiada no projeto Rumos, da Fundação Itaú Cultural (2012), chegou à semifinal do Concurso Internacional de Canto Lírico Bidu Sayão (Belém/PA, 2006).

O pianista Albano Sales é compositor e arranjador com formação erudita e popular pela Universidade de Campinas (Unicamp) e em 30 anos de exclusiva dedidação à música tocou ao lado de artistas nacionais e internacionais de relevo. Sales foi professor do CLAM (Zimbo Trio) e também da Universidade Livre de Música Tom Jobim (ULM/SP) e do Conservatório Carlos Gomes (Campinas). Gravado em Los Angeles (Estados Unidos), Retrato Brasileiro, álbum de 2012 do qual é autor, reúne composições próprias e de grandes nomes da música brasileira. Em 2016 saiu o novo disco autoral, Experimental.

Eduardo Sueitt é um dos bateristas e percussionistas mais requisitados de Poços de Caldas e região e também faz sucesso em países pelos quais já excursionou — Uruguai, Argentina, Espanha, Portugal, França, México, Jamaica, Marrocos e Gibraltar. Professor de bateria do Conservatório Municipal de Poços de Caldas desde 2013, Sueitt integra o naipe de percussão da Orquestra Jazz Sinfônica de São João da Boa Vista (SP). Recentemente, lançou o primeiro disco solo, Enlevo dos Pinhas.

O JulhoFest, ou Festival de Inverno de Poços de Caldas, começou em 7 de julho, noite na qual levou à cidade a cantora Zizi Possi. Previsto para prosseguir até domingo, 23, está transcorrendo em locais e pontos turísticos como as praças Pedro Sanches e dos Macacos, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), o Museu Histórico e Geográfico, as Thermas Antônio Carlos, o IMS e o Sesc local. Públicos de todas as faixas etárias, desta forma, têm a possibilidade de curtir eventos e ações artísticos-culturais que promovem atividades e brincadeiras para crianças, salões de humor, contação de histórias, sessões de cinema, bate-papos literários, montagens teatrais, rodas de capoeira, oficinas de dança e exposições fotográficas, além dos shows e dos concertos musicais marcados pela pluralidade de estilos que vão do jazz ao frevo, passando pela moda de viola, o rock, o samba e até o tango.

www.pocosdecaldas.mg.gov.br/…/JULHO-FEST-2017_programação-completa.pdf

Elis Regina e Mercedes Sosa: mulheres cujo canto corajoso e forte ajudou a conquistar direitos fundamentais para a mulher latinoamericana

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s