Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

990 – Casa Natura Rock adia para setembro show com Tuia, Tavito, Guarabyra e Ricardo Vignini

Deixe um comentário

A Casa Natura Musical (SP) adiou para 8 de setembro o Encontro das gerações do folk rock rural, show inédito que seria promovido amanhã, 12, e durante o qual o músico paulista Tuia receberia os companheiros de estrada Guarabyra, Tavito e Ricardo Vignini. Anfitrião e convidados, portanto, dividirão somente no próximo mês o mesmo palco a partir das 22 horas (horário da primeira data) se não hpuver também mudanças no roteiro para rememorarem clássicos que embalam gerações sucessivas — com destaque para Casa no Campo (Tavito e Zé Rodrix), Rua Ramalhete (Tavito), Sobradinho e Espanhola (Sá e Guarabyra) entremeados a composições autorais — como O Céu e Pote azul (Tuia) e também duetos que incluem Flor (Tuia e Guarabyra) e Vermelho coração (Tuia e Tavito). O violeiro Vignini, por sua vez, deverá tocará músicas do repertório próprio — uma das quais, Topada, na véspera do Dia dos Pais, contaria com a participação especial do coautor, o ex Os Mulheres Negras André Abujamra.

Tavito, Zé Rodrix, Sá e Guarabyra marcaram época na década dos anos 1970 como os primeiros a mesclar estilos e ritmos da música regional ao rock e ao folk, vertente que ficou conhecida entre os tupiniquins como Rock Rural, posteriormente caiu no gosto popular entre outras importantes colaborações nas vozes de Zé Geraldo, Raul Seixas, Renato Teixeira, Almôndegas (grupo do qual despontou a dupla formada pelos gaúchos Kleiton e Kledir) e que hoje encontra entre alguns dos principais expoentes os próprios Tuia e Vignini, Bezão, Jônavo, Chico Teixeira, Wilson Teixeira e Carlinhos Weiss, a banda curitibana Charme Chulo e a campineira Ali na Esquina Soutner Rock, para ficar apenas em alguns bons exemplos.

 

Tavito, além de músico, compositor, arranjador e produtor de discos é publicitário, nascido em Belo Horizonte. Em 1968, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde conviveu com Vinícius de Moraes. Tavito começou a brilhar como guitarrista/violeiro do Som Imaginário — grupo que reunia Zé Rodrix, Robertinho Silva, Wagner Tiso, Luiz Alves, Naná Vasconcellos e Fredera e teve a moral de passar a acompanhar Milton Nascimento à frente do Clube da Esquina. O Som Imaginário gravou três bolachões antológicos. Com Zé Rodix, em 1971, Tavito compôs Casa no Campo, imortalizada na voz de Elis Regina. Em 1973, já em Sampa, dedicou-se à criação de jingles e trilhas publicitárias até gravar em 1979 o primeiro de cinco discos autorais. Rua Ramalhete, eleita a trilha oficial de Belo Horizonte, homenageia os The Beatles e a capital de Minas Gerais.

Tem gente que pensa que Guarabyra seria mineiro, mas o parceiro de Sá é de Barra, Interior baiano, do Vale do São Francisco, de onde zarpou, em 1966, rumo ao Rio de Janeiro, para começar a carreira artística ao lado de Sá e de Sidney Miller, participando da inauguração do Teatro Casa Grande. Corria 1967 quando Guarabyra participou do II Festival Internacional da Canção, promovido pela TV Globo, vencendo a fase nacional com a canção Margarida, inspirada em uma cantiga de roda e interpretada por ele próprio, acompanhado pelo Grupo Manifesto. O título rendeu contrato junto à extinta TV Tupi carioca, emissora que o tornou responsável pela produção musical dos programas Bibi ao vivo e Blota Júnior.

Em 1969, agora no Festival de Música de Juiz de Fora (MG), faturou outro troféu de campeão, classificando no topo Casaco marrom, composta em parceria com Renato Correa e Danilo Caymmi e interpretada por Evinha. Dois anos depois, com Sá e Zé Rodrix, passou a integrar o trio Sá, Rodrix e Guarabyra, autores de Passado, presente e futuro (1971) e Terra (1972). Em 1972, juntamente com Luis Carlos Sá, recebeu o prêmio máximo pela autoria do jingle Só tem amor quem tem amor pra dar, produzido para a campanha publicitária de uma marca de refrigerantes. A partir de 1973, com o desligamento de Zé Rodrix do trio, passou a atuar apenas com Luiz Carlos Sá, dando origem à dupla Sá e Guarabyra.

Depois de 26 anos, com a volta de Zé Rodrix, a dupla se tornou novamente um trio cuja reestreia aconteceu no Rock in Rio III, em 2001. Contratado pela Som Livre, os amigos lançaram o CD e DVD Outra vez na Estrada – ao vivo. Em 2009, pouco antes do falecimento de Zé Rodrix, o trio lançou o último trabalho conjunto, Amanhã.

Cantor e compositor de Jacareí, cidade do Vale do Paraíba (SP), Tuia fez parte na década dos anos 1990 da banda Dotô Jeka, que propunha combinar rock e música caipira. Após várias apresentações com este grupo em programas de televisão — incluindo o talk-show Jô Soares Onze e Meia –, com o qual chegou ao topo das paradas musicais promovidas por emissoras de rádio do interior de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Nordeste e gravou versão de Romaria (Renato Teixeira) – com direito a videoclipe e elogios da revista gringa Billboard –, em 2011 lançou o primeiro CD/DVD autoral, Tuia ao vivo, classificando a cria entre as 20 mais vendidas pela distribuidora independente Tratore. Depois de Jardim Invisível (2013) o guindar à primeira turnê nacional, Tuia voltou ao estúdio para produzir no ano passado Reverso Folk. É neste álbum que estão Vermelho coração, com Tavito, e Flor, com Guarabyra.

Ricardo Vignini é da capital de São Paulo, leciona viola caipira há 18 anos, é produtor e pesquisador de cultura popular do Sudeste. Tem trabalho reconhecido nacional e internacionalmente nos Estados Unidos, Canadá, México, Argentina e países da Europa nos quais Rebento já está nas rádios e podcasts de world music da Grécia e da Espanha, além do Canadá e dos Estados Unidos. Integra o duo Moda de Rock com Zé Helder, mineiro coautor dos álbuns Moda de Rock – Viola Extrema – nos quais ambos promovem releituras caipiras de clássicos de Jimi Hendrix, Metallica, Led Zeppelin, Pink Floyd e Dire Straits, entre outros lendários expoentes do rock –; e as bandas Mano Sinistra e Dotô Tonho. Gravou e produziu três álbuns e um DVD do violeiro Índio Cachoeira, do qual é parceiro do álbum Duas Gerações e participou de Carbonoque o levou a participar ao lado de Lenine (PE) do Rock in Rio 2016. Também  já dividiu o palco com artistas estado-unidenses tais quais Bob Brozman e Woody Mann. Na Zoada do Arame (2004), álbum instrumental com o qual abriu os caminhos solo, tornou-se artigo raro.

Encontro das gerações do folk rock rural

Data: 08/09/2017 – Sábado 
Local: Casa Natura Musical (rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros)
Horário: 22h (Abertura dos portões: 20h30)
Classificação etária: 12 anos (menores só entrarão acompanhados de pais ou responsáveis legais)/span>
Ingresso: R$ 50 a R$ 180,00 (a bilheteria abre de segunda a segunda, às 12h)

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s