Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

1027 – Barulho d’água Música vai ao DF em busca de prêmio inédito; vote até 03/03 e colabore para nossa vitória!

Deixe um comentário

O Barulho d’água Música é finalista do 4º Prêmio Profissionais da Música (PPM), que será entregue aos vencedores de 53 categorias das modalidades Criação, Produção e Convergência em Brasília, na noite de 20 ou na do feriado de Tiradentes, 21 de abril, data também do aniversário da Capital da República. Agora, até às 23h59 de 3 de março, os organizadores do PPM manterão aberta a segunda fase de votação, que permite a participação popular, bastando para tanto fazer um rápido e fácil cadastro em ppm.art.br. A publicação, ponderam, não está em ordem de colocação — ou seja, apenas os coordenadores do PPM 2018 detêm a informação da classificação; em algumas categorias haverá o número mínimo de três finalistas, em outras, quatro, em várias, cinco e, em algumas, até dez em razão dos empates devido ao excesso de inscritos em contraponto com o total de eleitores que participaram da primeira etapa de votação, que teve peso 0,5 e era aberta apenas aos profissionais que se cadastraram e vincularam inscrições

A partir da soma de todas as etapas de votação (três, ao todo, contando a terceira, com um júri formado por 18 reconhecidas personalidades do país, e que como reza o regulamento, terá peso 2), respeitando-se os respectivos pesos, o finalista que se tornar vencedor de cada categoria será, enfim, conhecido. A comissão organizadora do PPM informou que muitos concorrentes não seguiram para a final por descuidos nos linques comprobatórios que deveriam ser depositados, associados a realizações no ano de 2017.

Sobre a programação do evento, cuja íntegra deverá ser divulgada em dia 1º de abril de 2018, O PPM informa que até o momento em que publicamos esta atualização, ela estava desenhada assim:

Pocket shows : de 16 a 21 de abril
Painéis e Palestras : de 19 a 21 de abril
19 de abril, às 20h, homenagem musical à Roberto Menescal;
20 de abril às 10h, entrega de Moção Honrosa a todos os finalistas com a presença de Roberto Menescal, no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal; e por último a cerimônia de premiação que transcorrerá ou no dia 20 ou 21 de abril, aniversário de Brasília (DF) e feriado de Tiradentes, com o local a se confirmar.

Barulho d’água Música está inscrito para concorrer a um dos troféus da modalidade Convergência/Canais de Divulgação da Música do 4º Prêmio Profissionais da Música (PPM). De formato inédito e concebido pelo músico e produtor brasiliense Gustavo Ribeiro de Vasconcellos, o PPM foi idealizado para expor e reconhecer a contribuição de diversos profissionais envolvidos em criação, produção e circulação de obras e produções musicais e audiovisuais. A proposta, explicou Gustavo Ribeiro, é colaborar para o desenvolvimento de oportunidades e novos negócios do setor da música, a partir da convergência com outros segmentos. “Assim podemos expandir fronteiras ao promover intercâmbios e disseminar legados ao compartilhar experiências e emoções”, observou Gustavo ao lançar, em setembro, a campanha de divulgação. 

As diversas atividades do evento, incluindo a premiação aos vencedores, transcorrerão entre 16 e 21 de abril, na Capital federal. Em uma semana, portanto, os participantes terão à disposição espaços destinados ao network e aos negócios como parte de uma agenda de atividades que incluirá painéis, talkshowsworkshopspocket shows, documentários musicais, e shows para marcar a abertura e o encerramento dos trabalhos. Ainda serão destaque na programação ações e realizações bem-sucedidas do empreendedorismo musical nos setores público, privado e digital em torno de possibilidades e oportunidades geradas a partir da cadeia criativa e produtiva audiovisual.

Homenagem a Menescal

O autor, produtor e instrumentista Roberto Menescal será o homenageado do PPM/2018. O capixaba de Vitória (ES), que em outubro emplacou 80 anos, é um dos criadores da Bossa Nova e teve o talento reconhecido com a outorga do Grammy Latino, em 2013, pela contribuição e relevância artística no campo musical e faturou o Prêmio à Excelência Musical da Academia Latina da Gravação, conforme os votos dos membros da comissão julgadora da Junta Diretiva da Academia Latina. Menescal recebeu o troféu em solenidade restrita apenas a convidados, na véspera da cerimônia do Grammy Latino.

A carreira de Roberto Menescal já ultrapassa meio século e ele continua se apresentando em vários palcos mundo afora. A lista dos clássicos dos quais é autor inclui O Barquinho; Você, Nós e o Mar;  e Rio, além de trilhas sonoras de filmes campeões de bilheteria como Joana FrancesaBye Bye Brasil e Sabor da Paixão. Como escritor assina quatro livros biográficos.

As três primeiras edições do PPM prestaram reverências ao poeta e compositor Renato Russo (2015), ao escritor e compositor Fernando Brant (2016), e aos 15 anos da Associação Brasileira de Música Independente (ABMI), representados pelos fundadores Benjamim TaubkinPena Schmidt e Thomas Roth (2017).

 A força da viola

Entre 333 concorrentes das 53 categorias que conseguiram chegar à final do 4º PPM e que deverão se encontrar no Planalto Central, quase 1/3 guarda relação com a viola caipira. Desde projetos de música infantil, bloco de carnaval até este blogue, muitos são cantores, compositores, produtores ou divulgadores do gênero, entre outras atividades motivadas pelas 10 cordas — vale a pena mencionar que em 2014, temporada da primeira edição, a viola classificou apenas dois finalistas. O levantamento atual, demonstrado pela ilustração abaixo, foi feito pelo cantor, compositor, produtor e agente cultural João Araújo (Belo Horizonte/MG), que está no páreo concorrendo como Produtor de Eventos com a Viola Urbana Produções.

Outro destaque é o violeiro Chico Lobo, mais um mineiro que chegou à decisão e espera sair de Brasília tetracampeão da categoria Artista raiz Regional. Lobo, que também está candidato ao troféu em Produtor Executivo (Viola Brasil Produções) e Programa Cultural Musical, faturou as edições de 2015, 2016 e 2017, ou seja, nas três primeiras edições, não teve adversário capaz de batê-lo. 

Linque para votação popular (após cadastro) até 23h59 de 3 de março:

http://ppm.art.br/lista-de-finalistas/

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s