Barulho d'Água Música

Veículo de divulgação de cantores, duplas, grupos, compositores, projetos, produtores culturais e apresentadores de música independente e de qualidade dos gêneros popular e de raiz. Colabore com nossas atividades: leia, compartilhe e anuncie!

1048 – Em segunda temporada, Roda de Mestres visita Itu (SP) e também vai a Caldas (MG)

Deixe um comentário

Os músicos do projeto Roda de Mestres convidam amigos e admiradores para mais duas rodadas de apresentações, uma na sexta-feira, 13, em Itu (SP), a outra no sábado, 14 de abril, em Caldas (MG), ambas a partir das 20 horas.  As cantorias têm como objetivo valorizar os mestres da música popular brasileira, representados por Sinhá Rosária, João Bá e Tião Mineiro,  divulgar nossas raízes musicais, resgatar o respeito aos nossos anciões e fomentar a genuína cultura do nosso país. O descontraído encontro reúne três mestres cantadores e  jovens artistas e pesquisadores — todos de origens e tradições musicais distintas que, juntos,  e no dia a dia e nos palcos, celebram a união entre a sabedoria do mais velho e a inquietude do mais novo.

Tudo aponta para uma experiência artística inesquecível, pela riqueza de trajetórias e visões de mundo envolvidas. O espetáculo é um maravilhoso encontro de gerações com música e prosa. A ideia dessa singular conversa musical foi do violeiro, cantor, percussionista e produtor fonográfico João Arruda, incansável pesquisador da cultura popular. Este encontro de gerações é resultado dos trabalhos de direção musical feitos por Arruda nos álbuns autorais dos três artistas: Acordar com os Passarinhos, de Tião Mineiro (2012); Cavaleiro Macunaíma, de João Bá (2013); e Eu sou Sinhá, de Sinhá Rosaria (2015).

“Por meio de suas músicas e de suas histórias cada artista desta roda nos leva a uma paisagem diferente, a um universo cultural e existencial próprio”, segundo Arruda. “Com Sinhá Rosária nos embalamos na alegria do samba ­de ­bumbo e samba ­de ­lenço paulista; com Tião Mineiro vamos aos giros de Folias de Reis e modas de viola caipira; e com João Bá somos levados à poética encantada dos sertões nordestinos e do norte de Minas”, apontou o violeiro, frisando que, com suas artes, os três mestres partilham sabedoria e conhecimentos e “espalham a mais leve alegria anciã”.

João Arruda entra em cena munido de violas, craviola, violão e instrumentos de percussão. Com sua peculiar descontração, o jovem músico deixa irrecusável o convite ao embarque para um passeio pelas águas que formam estes três grandes rios, ao passo que costura o repertório que concentra e revisita várias das mais ricas tradições da cultura popular do Brasil.

Sinhá Rosária (82 anos, Campinas/SP), João Bá (84 anos,­ Crisópolis,­ Bahia), Tião Mineiro (74 anos, ­ Boa Esperança, ­ Minas Gerais), um jovem violeiro, pesquisador da cultura popular ­ João Arruda (31 anos, ­ Campinas, SP) e as musicistas Esther Alves (flauta, sanfona e percussão)  e Yandara Pimentel formam esta roda por onde giram cantorias, prosas, poesia e muita alegria e que em 2017 passou pelo Centro Cultural Casarão
de Barão Geraldo, em Campinas, pelas unidades Jundiaí, Campinas e Pompeia (bairro de São Paulo) e ­Sítio Rosa dos Ventos, em­ Caldas (­MG).

Leia também no Barulho d’água Música:

917 – Dois Joãos conhecidos pela alegria são atrações em tarde de sábado na Casa de Mário de Andrade
839 – Três mestres e um pupilo inquieto promovem roda de cantoria em Barão Geraldo, distrito de Campinas (SP)
Tião Mineiro comemora 50 anos de estrada

 

Anúncios

Autor: barulhomarcel

Jornalista nascido em Bela Vista do Paraíso (PR). Corintiano por herança do pai, Geraldo Caetano de Lima. Do velho também puxou a paixão por modas de viola, música de raiz e caipira, que era chamada de "sertaneja" antes da mídia comercial se apropriar, indevidamente, do nome. Quando criança ouvia aos pés da cama dele, vindas de um rádio à pilha que chiava muito, clássicos destes gêneros que marcaram para sempre a sua vida. Eu e Andreia Beillo não temos nada em comum. Para começo de conversa, ela torce pelo Palmeiras. Mas resolvemos juntos botar o pé na estrada e acreditar nas bençãos de São Gonçalo do Amarante e tentar encontrar na atividade de blogueiros dedicados à música de qualidade algo que nos una e ajude muita gente boa espalhada por todo este país, e lá fora, também, a ter seus méritos reconhecidos, resgatando e preservando valores de nossa cultura popular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s