1056- Banda O Bardo e o Banjo lança O Tempo e a Memória em três cidades de São Paulo

Conhecido por iniciar sua trajetória tocando em ruas de São Paulo, a banda de São Paulo O Bardo e O Banjo está atraindo cada vez mais amigos e novos seguidores aos shows de lançamento do álbum recém-lançado O Tempo da Memória. Nesta sexta-feira, 27, quem quiser conferir porque o grupo vem conquistando cada vez mais admiradores terá a oportunidade de ver os quatro integrantes no palco da Casa Amarela, pub rock situado em Osasco, cidade da Região Metropolitana Oeste da Grande São Paulo, a partir das 22h30. Para o dia seguinte, sábado, 28, a dica que daremos a quem mora em Sorocaba (distante cerca de 90 km da Capital) e região é colar no Eclétik Bar e Restaurante, que promoverá um festival entre 11 e 20 horas, o Texas Music, no qual estarão em cena Maré Urbana, Texas Flood e O Bardo e o Banjo.

O Bardo e o Banho é composto por Wagner Creoruska Júnior (banjo, voz e percussão), Marcus Zambello (mandolin e voz), Maurício Pilcsuk (baixo e voz) e Peter Harris (violino). Creoruska e Cesar Benzoni produziram o álbum O Tempo e a Memória, que traz composições autorais, cantadas em português, mas que mesclam influências de clássicas sonoridades norte-americanas como bluegrass, hillbilly e folk às referências tradicionais brasileiras que o grupo cultiva, como o baião e o sertanejo de raiz. Na faixa  Moda de Banjo, a quarta do disco, nota-se de maneira clara e nada inusitada esta simbiose musical do gênero caipira com os ritmos que fazem a cabeça dos matutos de alguns condados ao Sul e do Meio Oeste da terra do Tio Sam — como Alabama, Missouri, Arkansas, Mississipi, Virgínia e Colorado — e que ocorre, ainda, em culturas europeias que ecoam, por exemplo, entre povos da Irlanda.

Como os próprios integrantes dizem, o álbum celebra “uma festa tennesse do sertão”. Assim, O Bardo e o Banjo tornou-se pioneiro em cantar  bluegrass em nossa própria língua, com letras compreensíveis ao público. O quarteto conta que a inspiração para as composições vem da coleção de histórias e de experiências que todos juntaram à bagagem em seis anos de pé na estrada. “São histórias de viagens, relacionamentos pessoais, ‘causos’ e coisas simples, que ganharam vida nas letras e músicas do novo trabalho da banda”.

A vivência nas ruas também está incorporada de forma positiva no trampo de O Bardo e o Banjo, importante elemento que não foi deixado de lado nas apresentações e no disco, já que as várias manifestações de arte que nelas se presenciam também moldam o perfil dos integrantes. Este trunfo confere aos shows espontaneidade e interação com o espectador, tornando-o dinâmico e envolvente para todos os gostos.

O Tempo da Memória apresenta, ao todo, 13 músicas, e conta com participações especiais de Rik Dias (fiddle), Mutante Cox – Hillbilly Rawhuide (voz), Igor Genioli (acordeon), Carlos Camasi (bateria), Rodrigo Haddad (voz), Thadeu Lenza (bateria), Mila Maia (flauta), Cesar Benzoni (violão, lap steel guitar e voz) e Coral Amigos do Clube do Banjo.

Santo André, em maio

Após as escalas em Osasco e em Sorocaba, O Bardo e o Banjo vão desembarcar em Santo André (aproximadamente 25 km de São Paulo) para entreter o público do Sesc em 10 de maio, a partir das 20 horas. O grupo será atração do projeto Quintas Musicais , que oferece um passeio entre a música folk e o rock, influenciado pela música brasileira. Da música country norte-americana, que foi uma das origens do rock and roll, à casa no campo do Brasil, onde o iê-iê-iê se misturou com o forró e música caipira e ganhou o nome de Rock Rural, gênero popularizado por astros como os precursores  Zé Rodrix, Sá e Guarabyra, e Zé Geraldo.

 

O Bardo e o Banjo reúne Marcus Zambello (primeiro à esquerda), Wagner Creoruska Júnior (banjo), Maurício Pilcsuk (baixista, de chapéu) e Peter Harris (violino) Foto: Site da banda

Serviço

Apresentações de O Bardo e o Banjo*

Sexta-feira, 27/04
22h30
Casa Amarela Pub Bar
Rua Doutor Mariano Jatahy Marcondes Ferraz, 96, Osasco, São Paulo, telefone (11) 4624-1945

Sábado, 27/04
11 às 20 horas
Eclétik Bar e Restaurante
Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 671, Sorocaba, São Paulo, telefone (15) 3358-7619

Quinta-feira, 10 de maio
20 às 21h30
Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, Santo André, São Paulo, telefone (11) 4469-1200

*Os horários informados foram fornecidos pelos espaços promotores dos eventos. Para saber mais detalhes como valores de ingresso e se não houve mudanças na programação posteriores à publicação desta matéria o blogue sugere que os interessados façam contato com os responsáveis pelo agendamento.

Leia também no Barulho d’água Música:

Depois de passar por Bauru (SP), Ricardo Vignini e Zé Helder tocam Moda de Rock na língua do tchê e em uai
Pamonha com uísque: Robson D’Angelo e Rogério Ribon encontram encruzilhada onde Mississípi e Piracicaba confluem
967 – Conheça o Ali na Esquina Sautner Rock, quinteto paulista com repertório próprio que mescla raízes brasileiras com rock sul norte-americano
Anúncios

Uma resposta para “1056- Banda O Bardo e o Banjo lança O Tempo e a Memória em três cidades de São Paulo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s