1058 – Violeiro Arthur Noronha busca afirmação além de Goiânia com primeiro disco autoral

Um novo violeiro começa a buscar espaço no seleto universo da rica e diversificada música regional brasileira a partir de Goiânia, cidade Capital do Estado de Goiás, onde nasceu e vive. E novo, neste caso, não é mera força de expressão para destacar um promissor nome que está surgindo em busca de afirmação já que Arthur Noronha, cantor e compositor instrumentista de viola caipira, conta apenas… 20 anos de idade! Em 2017, seu cartão de visita reivindicando este reconhecimento chegou às lojas e plataformas digitais e é com esta credencial que o talentoso rapaz pretende alçar voos mais altos, para além do Planalto Central, ganhando os palcos para apresentação do álbum de De Tudo de Mim, que reúne o material que guardava desde a infância.

A viola e a música seduziram Arthur Noronha ainda guri e, já adulto, de cabeça e coração “feitos” pelos dons artísticos, ele não hesitou em deixar um curso universitário cujo canudo poderia lhe assegurar um futuro mais estável e confortável —  no qual ingressará aos 18 anos. Conforme relatou ao Barulho d’água Música, para entender esta decisão de arriscar tudo por paixão é preciso voltar no tempo, quando ele, aos 12 anos, acompanhava familiares às Folias de Reis e às festas populares no Interior de Goiás.

“Aqueles encontros eram regados por música e viola, despertaram minha curiosidade e a vontade de aprender a tocar o instrumento: costumo dizer que foi amor à primeira ouvida”, contou Arthur. O pai, Carlizeu Noronha, atento, percebeu esta inclinação e foi logo botando pilha para que o filho procurasse um curso onde pudesse pegar as manhas de dedilhar as cordas sem precisar arriscar em suspeitas cavidades de árvores ‘plantadas’ em encruzas ou em capelas construídas — onde só vai quem tem tutano roxo — os dedos das mãos, muito menos enroscá-los em filhotes de cobra coral. Então, como se diz popularmente, o feeling do pai deu liga e batata: Arthur, aos 15 anos, já era atração em confraternizações, Folias de Reis e animava  quadrilhas juninas, sempre impressionando quem o ouvia tocar.

Escolas de respeito

Suas influências também ajudam a explicar os primeiros aplausos: elas bebem nas mesmas fontes que formaram o mestre Renato Andrade, Marcus Biancardini, Tião Carreiro, Bambico, Almir Sater, Renato Teixeira, Victor e Leo, entre outros caipiras e sertanejos. Astros da MPB também ajudaram a maturar os gostos de Arthur Noronha, fã de Belchior, de Raul Seixas e Zé Ramalho.

“Comecei cedo a compor músicas instrumentais e letradas, porque, com as apresentações que se sucediam, até então apenas instrumentais, sentia que deveria cantar também”, observou. Em meio a este processo criativo, veio o vestibular, que o aprovou para Arquitetura e Urbanismo. “Mas logo no primeiro período tranquei a matrícula para me dedicar somente a música e dela fazer meu ganha pão, minha carreira profissão. Em 2017, lancei o disco o De Tudo de Mim. ‘De Tudo’ refere-se à variação de estilos que gravei, e ‘De Mim’ esta vinculado ao fato de o álbum ser de minha autoria.”

O pai, portanto, nem precisou gastar dinheiro em fichas promovendo uma penca de ligações telefônicas para emissoras de rádio como esforço para promover o filho. Atualmente Arthur Noronha recebe convites de várias casas de espetáculos em Goiânia, região metropolitana e Interior de Goiás e para para pontear em programas de estações de televisão e rádios goianos. O violeiro já foi atração, por exemplo, em programas como Frutos da Terra, Edelson Moura e na Rádio Sucesso, entre outros, mas quer — e merece! — muito mais e, sem meias palavras, puxa um papo reto com empresários, agentes  e produtores culturais do país: “Estou cheio de projetos para gravar novas composições e poder mostrar meu trabalho para todo Brasil.”

Encomende o álbum De Tudo em Mim, contrate ou saiba mais informações sobre Arthur Noronha pelos números 62 98549.5089/98549.5016/98289.5241

Para ouvir De Tudo em Mim na internet:

PalcoMP3: https://www.palcomp3.com/arthurnoronha/

Leia também no Barulho d’água Música:

1047 – Suêldo Fernandes (SP) disponibiliza álbum Tradições Regionais nas plataformas de streaming
771 – Amauri Falabella encerra temporada do Sesc Itaquera (SP) apresentando músicas do álbum recém lançado “Parceria”
699 – Violeiros Fábio Porte (SP) e Lucas Ventania (MG) apresentam canções autorais e da tradição caipira no Campo Limpo e no Bixiga, em Sampa

 

 

Rua Artur de Azevedo, 1902 – Pinheiros, São Paulo
Anúncios

Uma resposta para “1058 – Violeiro Arthur Noronha busca afirmação além de Goiânia com primeiro disco autoral”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s