1058 – Violeiro Arthur Noronha busca afirmação além de Goiânia com primeiro disco autoral

Um novo violeiro começa a buscar espaço no seleto universo da rica e diversificada música regional brasileira a partir de Goiânia, cidade Capital do Estado de Goiás, onde nasceu e vive. E novo, neste caso, não é mera força de expressão para destacar um promissor nome que está surgindo em busca de afirmação já que Arthur Noronha, cantor e compositor instrumentista de viola caipira, conta apenas… 20 anos de idade! Em 2017, seu cartão de visita reivindicando este reconhecimento chegou às lojas e plataformas digitais e é com esta credencial que o talentoso rapaz pretende alçar voos mais altos, para além do Planalto Central, ganhando os palcos para apresentação do álbum de De Tudo de Mim, que reúne o material que guardava desde a infância.

A viola e a música seduziram Arthur Noronha ainda guri e, já adulto, de cabeça e coração “feitos” pelos dons artísticos, ele não hesitou em deixar um curso universitário cujo canudo poderia lhe assegurar um futuro mais estável e confortável —  no qual ingressará aos 18 anos. Conforme relatou ao Barulho d’água Música, para entender esta decisão de arriscar tudo por paixão é preciso voltar no tempo, quando ele, aos 12 anos, acompanhava familiares às Folias de Reis e às festas populares no Interior de Goiás.

“Aqueles encontros eram regados por música e viola, despertaram minha curiosidade e a vontade de aprender a tocar o instrumento: costumo dizer que foi amor à primeira ouvida”, contou Arthur. O pai, Carlizeu Noronha, atento, percebeu esta inclinação e foi logo botando pilha para que o filho procurasse um curso onde pudesse pegar as manhas de dedilhar as cordas sem precisar arriscar em suspeitas cavidades de árvores ‘plantadas’ em encruzas ou em capelas construídas — onde só vai quem tem tutano roxo — os dedos das mãos, muito menos enroscá-los em filhotes de cobra coral. Então, como se diz popularmente, o feeling do pai deu liga e batata: Arthur, aos 15 anos, já era atração em confraternizações, Folias de Reis e animava  quadrilhas juninas, sempre impressionando quem o ouvia tocar.

Escolas de respeito

Suas influências também ajudam a explicar os primeiros aplausos: elas bebem nas mesmas fontes que formaram o mestre Renato Andrade, Marcus Biancardini, Tião Carreiro, Bambico, Almir Sater, Renato Teixeira, Victor e Leo, entre outros caipiras e sertanejos. Astros da MPB também ajudaram a maturar os gostos de Arthur Noronha, fã de Belchior, de Raul Seixas e Zé Ramalho.

“Comecei cedo a compor músicas instrumentais e letradas, porque, com as apresentações que se sucediam, até então apenas instrumentais, sentia que deveria cantar também”, observou. Em meio a este processo criativo, veio o vestibular, que o aprovou para Arquitetura e Urbanismo. “Mas logo no primeiro período tranquei a matrícula para me dedicar somente a música e dela fazer meu ganha pão, minha carreira profissão. Em 2017, lancei o disco o De Tudo de Mim. ‘De Tudo’ refere-se à variação de estilos que gravei, e ‘De Mim’ esta vinculado ao fato de o álbum ser de minha autoria.”

O pai, portanto, nem precisou gastar dinheiro em fichas promovendo uma penca de ligações telefônicas para emissoras de rádio como esforço para promover o filho. Atualmente Arthur Noronha recebe convites de várias casas de espetáculos em Goiânia, região metropolitana e Interior de Goiás e para para pontear em programas de estações de televisão e rádios goianos. O violeiro já foi atração, por exemplo, em programas como Frutos da Terra, Edelson Moura e na Rádio Sucesso, entre outros, mas quer — e merece! — muito mais e, sem meias palavras, puxa um papo reto com empresários, agentes  e produtores culturais do país: “Estou cheio de projetos para gravar novas composições e poder mostrar meu trabalho para todo Brasil.”

Encomende o álbum De Tudo em Mim, contrate ou saiba mais informações sobre Arthur Noronha pelos números 62 98549.5089/98549.5016/98289.5241

Para ouvir De Tudo em Mim na internet:

PalcoMP3: https://www.palcomp3.com/arthurnoronha/

Leia também no Barulho d’água Música:

1047 – Suêldo Fernandes (SP) disponibiliza álbum Tradições Regionais nas plataformas de streaming
771 – Amauri Falabella encerra temporada do Sesc Itaquera (SP) apresentando músicas do álbum recém lançado “Parceria”
699 – Violeiros Fábio Porte (SP) e Lucas Ventania (MG) apresentam canções autorais e da tradição caipira no Campo Limpo e no Bixiga, em Sampa

 

 

Rua Artur de Azevedo, 1902 – Pinheiros, São Paulo
Anúncios

3 respostas para “1058 – Violeiro Arthur Noronha busca afirmação além de Goiânia com primeiro disco autoral”

    1. Boa tarde, Anlazary, obrigado pelo comentário! Também não conheço, pessoalmente, o Arthur Noronha, mas ao encontrar pela primeira vez o CD dele em um shopping de Brasília, antes do meu contato com ele para esta matéria, sabia que estava diante de um músico promissor! Recentemente entreguei um exemplar do disco dele para a produção do programa Sr.Brasil e estou torcendo muito para que o Rolando Boldrin o convide e dê ao Arthur a chance de se projetar nacionalmente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s