1102 – Katya Teixeira (SP) abre projeto “Música&Resistência”, na Cervejaria Zuraffa

Cantora e compositora será a primeira atração de uma série de shows que,  mensalmente, será oferecida pelos produtores deste blogue e  parceiros, a preço acessível, em endereço nobre do bairro paulistano de Pinheiros

O Barulho d’água Música, com apoio da Cervejaria Zuraffa e da Rubra Rosa Projetos Culturais, promoverá na cidade de São Paulo nesta sexta-feira, 31 de agosto, a cantoria de abertura do projeto Música & Resistência. Quem ocupará o palco para a estreia deste importante evento que pretende se somar à e tornar-se mais uma atração de qualidade da agenda cultural paulistana, a preço acessível, é a cantora, compositora e pesquisadora paulistana Katya Teixeira.

Não é novidade que o Brasil atravessa um momento de grande dificuldade e incertezas que não apenas geram a expectativa de um futuro sombrio, mas já nos desafiam diariamente a manter a todo custo a nossa voz clamando por liberdade e uma postura combativa para garantir nosso mínimo de dignidade. Na área cultural nunca foi tão importante resistir e insistir. Políticas públicas de fomento à cultura e à arte, que já eram raras, estão seriamente ameaçadas ou sendo sumariamente extintas. Como tentativa de sobreviver nesta conjuntura, artistas, produtores, pensadores, poetas têm criado espaços de resistência em toda a cidade — são casas como o Instituto Juca de Cultura (IJC), o Teatro da Rotina, a  Mora Mundo Casa de Todos e projetos como o Imagens do Brasil Profundo (Jair Marcatti), que abrem espaços para acolher a manifestação artística, notadamente a música, e são importantes multiplicadores que impedem que nossas tradições se percam, engolidas pela grande mídia, pela indústria do ‘entretenimento cultural’ e pela desesperança.

É nesse cenário que nasce o projeto Música & Resistência, extensão do blogue Barulho d’água Música para oferecer, sempre na penúltima ou última sexta-feira de cada mês, na cidade de São Paulo, shows musicais para criar intercâmbio e gerar novas plateias, protagonizados por artistas que, embora longe dos holofotes da mídia de massa e dos circuitos comerciais, possuem trabalhos de inquestionável qualidade e engajamento, proporcionando às pessoas acesso a obras independentes e de qualidade, a valores e tradições presentes na formação da cultura popular que possibilitam a reafirmação do Brasil mais plural, profundo e rico em saberes.

A artista que abrirá o projeto se encaixa perfeitamente neste perfil. Katya Teixeira topou mais este desafio em sua carreira que já ultrapassa duas décadas de estradas percorridas dentro e fora do país e na qual, sempre com generosidade, desprendimento e alegria, procurando estar junto ao público, compartilha conhecimentos e sonoridades que incorpora à sua musicalidade, sem deixar de prestar reverência aos mestres populares e às manifestações culturais autênticas do nosso país. Além da cantoria de Katya Teixeira, outra atração será a exposição de criações da parceira do projeto, Samara Lima, que, recentemente, criou a Maria Bonita Azulejos Personalizados.

O valor para assistir ao show partirá de R$ 20, a título de contribuição solidária. A arrecadação será revertida para a manutenção do Barulho d’água Música.

Realizado o sonho da cerveja própria

Em recente matéria na Folha de São Paulo, Marina Consiglio fez uma breve apresentação da Cervejaria Zuraffa. Instalada em um trecho dos mais tranquilos do bairro da zona Oeste da Capital, Pinheiros, desde fevereiro, a  Zuraffa (nome em turco para girafa) oferece bebidas de produção própria, além de saborosos petiscos de cozinheiros do bairro.  Das oito torneiras instaladas, de três saem as receitas caseiras, de estilo witbier (R$ 10, 300 ml), stout (R$ 10, 300 ml) e IPA (R$ 13, 300 ml), esta disponível para marcas convidadas como a Ograner, de Itatiaia (RJ).  Outro destaque são as caipirinhas: elas podem ser de cambuci ou de uvaia (R$ 15 cada) ou de frutas da região Sul e Sudeste do país. Para acompanhar, as dicas são sanduíche de pernil (R$ 22) e a porção de coxinhas da Doce & Cia (R$ 20; com 12), loja de salgados a região.

 

Ensinamento de mãe a gente nunca esquece

As cores e as imagens sempre despertaram uma profunda vontade de colorir e alegrar o dia a dia das pessoas.

Maria Bonita é uma marca dedicada à Maria de Lima, Maria Bonita, mãe de Samara Lima, que de acordo com a empresária, tanto a ensinou a ver a vida colorida. “Hoje, este desejo é realizado pela transformação dos azulejos em registros instigantes, alegres, coloridos e cheios de significados”.

Viajando por alguns temas, a visão do observador poderá escolher ou mesmo sugerir o que quer registrar para si ou mesmo para presentear. Os azulejos personalizados da Maria Bonita oferecem todas as possibilidades de transformação em lindas peças decorativas criados por elementos e imagens de enorme significado individual.

Exemplos de azulejos criados por Samara Lima, da linha Música, para a Maria Bonita

Serviço:

Projeto Música & Resistência
Show de abertura: Katya Teixeira
Dia: 31/8
Horário: 20 horas
Local: Cervejaria Zuraffa
Endereço: Rua Artur Azevedo, 1902, Pinheiros, São Paulo, SP
Contribuição solidária a partir de R$ 20

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s