1141 – Antonio Guerra e Silvério Pontes formam duo piano/trompete e lançam “Coração Brasileiro”

Álbum gravado pela Kuarup inaugura um novo caminho na trajetória do trompetista fluminense que se consagrou ao lado do trombonista Zé da Velha

A gravadora Kuarup, à qual agradecemos na pessoa de Rodolfo Zanke, enriqueceu o acervo do Barulho d’água Música com um exemplar do álbum Coração Brasileiro, recentemente gravado por Silvério Pontes, trompetista, e Antonio Guerra (Rio de Janeiro/RJ) ao piano; considero o disco como um presente do meu aniversário de 55 anos, neste dia 26/12, e estou curtindo de monte! Silvério Pontes  (Laje do Muriaé/RJ) já emplacou pelo menos 30 anos tocando ao lado do trombonista sergipano de Aracaju Zé da Velha e com este novo trabalho inaugura outra história musical, concretizando um sonho antigo de formar um duo neste formato, que proporcionou uma mistura harmoniosa de sensibilidade, com humor e alegria contagiantes que resumem uma brasilidade refinada!

E ai esta a riqueza dessa união. Silvério Pontes, que sempre bebeu na fonte da música genuinamente carioca onde jorram o Choro e o Samba, tabela com Antonio Guerra, concertista conterrâneo em cujas veias corre música de preto. O repertório reúne joias de Pixinguinha, Radamés Gnattali, Guinga e Chico Buarque, além de composições próprias. E o encontro entre ambos nasceu de uma maneira natural e bem brasileira: à véspera de lançamento de Reencontro, Silvério Pontes contou com Antonio Guerra para suprir uma carência de última hora, alcançando com ele no palco imediato entrosamento entre choros, maxixes, valsas e jazz. Mesmo sendo ambos de gerações e formações distintas, descobriram uma afinidade musical inesgotável

Esta união de diferentes estilos é que faz pulsar Coração Brasileiro, projeto que pretende disseminar a indiscutível riqueza da música instrumental brasileira dentro e fora do país. Os duos de piano e trompete foram mais explorados na música de câmara e no jazz americano e pouco se fez com esta formação na história da MPB, lacuna que este trabalho de Pontes e de Guerra preenche com canções dos artistas inspiradas em outros mestres da composição e é resultado de cuidadosa curadoria musical, escolhendo compositores que representam o país e melodias que soem bem na formação de piano e trompete.

O duo com um pianista era sonho antigo de Pontes e encontrou em Guerra a formação ideal e das mais afinadas

Silvério Pontes 

Silvério Pontes se dedica exclusivamente à música brasileira e ao Choro. Filho de trompetista, ele nasceu e cresceu no Interior do estado do Rio de Janeiro e com oito anos ganhou seu primeiro trompete, absorvendo influências das bandas de sua cidade, onde forjou para sempre a sua característica musical quase que de maneira autodidata.

Aos 18 anos, entrou na Escola de Música Villa Lobos e teve uma breve passagem pela Escola Nacional de Música. Com uma carreira sólida e marcante, tocou e gravou com músicos e cantores importantes da MPB, tais como Tim Maia (com quem tocou por 12 anos, participando da Banda Vitória Régia), Luiz Melodia, Paulinho da Viola, Elza Soares, Francis Hime, Beth Carvalho, Yamandu Costa, Trio Madeira Brasil; participou do lançamento, junto com seu parceiro Zé da Velha, do documentário Brasileirinho, no Festival de Cannes, na França, e em outros países como Itália, Alemanha, Áustria juntamente com o seu parceiro Zé da Velha.

Só Gafieira (1995)  – Indicado ao 9º Prêmio Sharp de Música, na categoria instrumental; 

Tudo dança (1998) – Um dos melhores da série instrumental, na avaliação do jornal O Globo, em 1999; 

Ele e Eu (2000) – O álbum permaneceu por sete semanas recomendado pelo jornal O Globo, recebendo a indicação de um dos melhores  instrumental daquele ano. 

Samba Instrumental (2004) – O primeiro ao vivo da dupla com Zé da Velha, gravado no Teatro Municipal de Niterói, com a participação de Luiz Melodia, Dona Ivone Lara, Rildo Hora e Zé Paulo Becker. 

Só Pixinguinha (2006) – Recria com Zé da Velha temas de Pixinguinha, com participações de Yamandu Costa, Joel Nascimento e Cristóvão Bastos. 

Ouro e Prata (2010) – Neste álbum, a dupla amplia, frente a outros álbuns, as participações dos amigos musicais, tais como: Dominguinhos, Carlos Malta, Bebe Kramer, Guto Wirti, Márcio Baia. A base foge do estilo regional de Choro, buscando um som de gafieira dançante. 

Reencontro (2016) – Primeiro CD autoral do compositor que com os seus parceiros mostra a riqueza de variados estilos musicais como: Polka, Choro, Maxixe, Valsa, Bolero, Bossa Nova e Jazz.

Antonio Guerra 

Criado em meio familiar muito musical, o carioca Antonio Guerra tem trajetória dividida entre a música de concerto e popular, com composições que expressam espontaneidade pela improvisação e elaboração em seus arranjos. Iniciou seu trabalho autoral com o Grupo Zanzibar, em 2010. No mesmo ano, atuou como pianista e ator no filme “As Mãos de meu Filho”, da TV Record, executando obras de Chopin, Bach e Beethoven.

Bacharel em Arranjo pela Unirio, foi premiado com uma bolsa para estudar na Örebro Universitet, na Suécia, onde se aprofundou na arte de improvisar e compor, em 2011. A partir 2012, integrando o grupo Bondesom, apresentou-se pelos principais festivais de jazz da cidade do Rio de Janeiro, como o CopaFest e o Leblon Jazz Festival. Entre 2012 e 2014, integrou a turnê do disco “Não Tente Compreender”, com a cantora e compositora Mart’nália, realizando shows no Brasil e no exterior. Em 2014, participou da gravação do disco do consagrado bandolinista Rodrigo Lessa (como pianista), e de “Três”, terceiro álbum do Bondesom (como pianista e compositor). Com a diva Elza Soares, atua como pianista no show Elza canta Lupicínio, no Teatro Rival no Rio de Janeiro e se apresentou com ela em sua turnê pelo Brasil. Acompanhou também Martinho da Vila em sua turnê de lançamento de De bem com a vida, ganhador do Grammy Latino, é pianista e arranjador do novo álbum do compositor e cantor Rubel, lançado em novembro de 2017.

Discografia 

Movimentos (2015) – Selecionado entre os lançamentos do ano pelo Prêmio MIMO Instrumental.

Faixas de Coração Brasileiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s