1199 – Sesc de Osasco (SP) abre com o mineiro Wilson Dias o projeto Ponteios de Viola

Apresentações de músicos que têm o instrumento como essência em sua trajetória musical, com entradas gratuitas, serão promovidas no Deck da Cafeteria ao longo dos sábados de junho, a partir das 15 horas

A unidade Osasco do Sesc do estado de São Paulo promoverá ao longo dos sábados de junho o projeto Ponteios de Viola. que terá como atrações em quatro datas músicos que têm a viola como essência em sua trajetória musical. Os convidados brindarão o público com apresentações gratuitas no Deck da Cafeteria sempre a partir das 15 horas com repertórios e causos que traduzem a história em torno deste instrumento tradicional. O primeiro violeiro, Wilson Dias (MG), estará no palco neste dia 8. Uma semana depois, no dia 15, será a vez de Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc. Em 22 de junho, Paulo Freire e Danilo Morais e, no encerramento, no dia 29, a cantoria será comandada pelo trio Conversa Ribeira. 

8/6, 15 às 16 horas, Wilson Dias , acompanhado por Carlinhos Ferreira (percussão)Pedro Gomes (baixo) e Wallace Gomes (violão) Lançamento do álbum duplo Nativo

O mineiro Wilson Dias, natural de Olhos d’água e residente em Belo Horizonte, apresentará músicas de seu mais novo disco, Nativo, álbum duplo que tem apenas canções em um deles e no outro somente faixas instrumentais. Dias voltou às raízes e revela um autorretrato, o relato de origens e de heranças ou “a cartografia de um preto velho”, como definiu a amiga e cantora conterrânea Déa Trancoso na apresentação do álbum.

O disco de canções é quase todo autoral e foi pensado palavra por palavra, reescrito, encaixado para criar sentido entre o passado do compositor e o presente conturbado do país. Entre as vozes especiais convidadas destacam-se Titane — que encena a teatral Punhadim“–, Lislie Fiorinni,  — que dá leveza à Maraô“, e Rubinho do Vale — que participa em Rala Coco —, todas reforçando a herança cultural do  Vale do Jequitinhonha, onde Wilson Dias despontou. Já o disco instrumental é uma inspiração continuada, que veio das audições de Mucuta, outro álbum instrumental do artista.

15/6, 15 às 16 horas, Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc : Tributo a Pena Branca e Xavantinho 

Canções que foram eternizadas por uma das duplas mais autênticas, amadas e importantes do nosso universo caipira, são lembradas neste show por Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc. Pena Branca e Xavantinho inovaram seu repertório, invadindo fronteiras e gravando com enorme sucesso, músicas de expoentes da MPB como Milton Nascimento, Chico Buarque e Caetano Veloso.

Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc (Foto: Nalu Fernandes/Araraquara) 

Em suas carreiras os irmãos Pena Branca e Xavantinho estiveram sempre muito bem acompanhados e mesmo assessorados, por parceiros  inquestionáveis como Rolando Boldrin e Renato Teixeira. São ps paixões de Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc, que também empreendem carreiras nas quais buscam resgatar e promover o retrato de um Brasil caipira, como pode ser facilmente observado na trajetória artística de Lacerda, paulistano residente em Botucatu, e Zanc, araraquarense que mora em São Carlos, todas no interior paulista. Eles, como Pena Branca e Xavantinho, por meio de interpretações autorais, abrem caminho para esta reconhecida mistura, apropriação de histórias, causos, sons, ritmos, melodias e culturas, uma das marcas da canção brasileira.

22/6, 15 às 16 horas, Paulo Freire e Danilo Moraes: Cunhado de Lobisomem

O violeiro Paulo Freire junta-se a Danilo Moraes e capta a atenção da plateia com uma impressionante história de um rapaz que se tornou cunhado de lobisomem. Para este grande causo criaram canções sobre o acontecido, temas para os personagens e texturas musicais para o texto. A saga do lobisomem, as verdades científicas sobre este ser, as diversas formas de transformação, como também as reais possibilidades de cura, para que o vivente se livre desta sina, assustam, mas também diverte quem ouve as narrativas desta dupla.

Danilo Moraes e Paulo Freire (Foto: Lucas Bonolo)

O violeiro Paulo Freire, de Campinas, São Paulo, vem trabalhando com a mitologia brasileira, criando músicas e causos para os acontecidos. Danilo Moraes realiza um original trabalho de composições, de intérprete, além de criar uma incrível afinidade entre a guitarra e a viola caipira. Nesta saga do Cunhado de Lobisomem, Paulo e Danilo mostrarão que nossas lendas devem ser apuradas com profundidade, pois nem sempre são apenas lendas…

29/6, 15 às 16 horas, Conversa Ribeira

O trio Conversa Ribeira elabora um desdobramento singular da música caipira, conjugando o vínculo essencial com essa tradição e a liberdade com que se permite recria-la. João Paulo Amaral (viola caipira e voz), Daniel Muller (piano e acordeon) e Andrea dos Guimarães (voz), nascidos em cidades interioranas, elaboram uma música repleta de encantamento com a riqueza e a profundidade que vislumbram no repertório clássico caipira, tanto no que se refere aos conteúdos musicais quanto à experiência humana, aos saberes e sensibilidades que se revelam nessa música.

Danilo Muller, João Paulo Amaral e Andrea dos Guimarães (Foto: Mariana Chama)

Obras de autores mais recentes como Rolando Boldrin, Renato Teixeira e Almir Sater também são contempladas, além de outros interpretes e compositores que não restringem sua produção à música regional, mas cuja sensibilidade toca o Brasil rural e profundo, como Milton Nascimento, Ivan Lins, Dori Caymmi, entre outros.

 O Sesc da cidade de Osasco fica na avenida Sport Club Corinthians Paulista, 1.300, Jardim das Flores, há menos de 1.000 metros da estação Comandante Sampaio da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Localizada na Região Oeste da Grande São Paulo, Osasco está a 18 quilômetros da Capital e é acessada pelas rodovias Castello Branco (SP 280), Raposo Tavares (SP 270) e pelo Rodoanel Mario Covas (SP-21)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s