1206 – Banda de Pau e Corda (PE) lança disco comemorativo, pela Kuarup, em Belo Horizonte (MG)

Álbum traz 16 sucessos do grupo que está na estrada há 45 anos, com participações dos violeiros mineiros Chico Lobo e Tavinho Moura

A Banda de Pau e Corda, uma das mais longevas e tradicionais do Brasil, fará nesta quinta-feira, 4 de julho, apresentação em Belo Horizonte (MG) durante a qual será lançado o álbum comemorativo aos seus 45 anos de trajetória. O disco do grupo de Recife (PE), lançado pelo selo Kuarup, já está tocando aqui na redação do Barulho d’água Música, gentilmente enviado pela gravadora, a qual agradecemos à toda equipe e em especial a Rodolfo Zanke. A cantoria deverá começar às 21 horas, no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis (ver a guia Serviços).

O álbum 45 Anos Ao Vivo está disponível em lojas e nas principais plataformas digitais e foi gravado em julho de 2018, também em Beagá, no Cine Theatro Brasil Vallourec. O material captado no espetáculo se transformou no primeiro registro ao vivo da Banda de Pau e Corda e traz 16 das inúmeras e populares canções dos pernambucanos. Apontada como influenciadora de muitos músicos mineiros, a Banda de Pau e Corda escolheu gravar o disco na capital mineira por conta do carinho do público e dos artistas do estado. 

Criada em dezembro de 1972¹, a Banda de Pau e Corda é parte de um dos momentos musicais mais efervescentes da música pernambucana. Com o lançamento do primeiro disco, Vivência, em 1973, iniciou sua trajetória mostrando que a música regional e a cultura popular também poderiam ser sofisticadas. Embora o álbum de estreia tenha sido gravado apenas com instrumentos de pau e de corda, o grupo atualizou sua proposta sonora a partir do segundo disco, Redenção, quando passou a adotar também a bateria convencional. Daquele disco participaram Sérgio Andrade na voz, Júlio Rangel na viola e vocais, Eric Caldas na flauta, Sérgio Eduardo no contrabaixo, Evandro Natividade na bateria e vocais, Lucas Oliveira no violão e Johann Brehmer na percussão. Conhecido pelo cuidado poético, a Banda de Pau e Corda rapidamente conquistou muitos admiradores como o escritor Ariano Suassuna e o sociólogo Gilberto Freyre, que escreveu a apresentação de Vivência, inspirando contemporâneos e futuras gerações do Brasil. 

Detalhe da capa do álbum da Banda, lançado em 1975, Frevo Pelas Ruas do Recife

O novo trabalho é o décimo da discografia. Entre os clássicos recordados nas 16 canções selecionadas para este repertório especial, os fãs podem curtir Vivência, Areia, Flor D’Água — que foi trilha sonora da novela Maria, Maria, da Rede Globo – e O Trem Tá Feio — outra melodia que fez parte da trilha sonora da primeira versão da novela Cabocla, também da Globo, composta por Murilo Antunes e Tavinho Moura, letrista e músico juiz-forano que participa do disco cimemorativo na sua canção de autoria. 

Outra participação especial é a do violeiro conterrâneo de Tavinho, Chico Lobo, que toca Pássaro de Rima, feita em parceria com o músico Siba Veloso. A direção musical do disco é assinada por Sérgio Andrade e os arranjos por Waltinho Andrade. O disco é dedicado aos músicos Roberto Andrade e Paulo Rezende, que foram alguns dos fundadores da Banda de Pau e Corda que faleceram em 2017, irmão e primo, respectivamente, de Sérgio Andrade. 

Sobre a Kuarup 

Especializada em música brasileira de alta qualidade, o seu acervo concentra a maior coleção de Villa-Lobos em catálogo no país, além dos principais e mais importantes trabalhos de choro, música nordestina, caipira e sertaneja, MPB, samba e música instrumental em geral, com artistas como Baden Powell, Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Wagner Tiso, Rolando Boldrin, Paulo Moura, Raphael Rabello, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Pena Branca & Xavantinho e Arthur Moreira Lima. 

Show de lançamento do CD 45 Anos Ao Vivo 

Banda de Pau e Corda em Belo Horizonte 

Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube

Dia 4 de julho, quinta-feira, às 21 horas 

Ingressos: à venda na Eventim.com e na bilheteria do Teatro

Endereço: Rua da Bahia, 2244, Lourdes, Belo Horizonte (MG)

Participações especiais: Bárbara Barcellos, Leopoldina e Maísa Moura. 

Kuarup Música 

Rádio, Imprensa e TV www.kuarup.com.br 

Telefones: (11) 2389-8920 e (11) 99136-0577 Rodolfo Zanke 

rodolfo@kuarup.com br 

Kuarup Música

(11) 2389-8920

http://www.kuarupcombr 

 

1 A Banda Pau e Corda formou-se no Recife em dezembro 1972 com a proposta de valorizar os ritmos nordestinos, misturando música poesia. Era constituído originariamente por Roberto Andrade, bateria; Waltinho, violão; Sérgio, voz; Paulinho, baixo; Netinho, viola e Beto Johnson, flauta.

Ao longo do tempo, sua formação foi mudando bastante, com os três irmãos Sérgio, Roberto e Waltinho ligando as origens do grupo e os dias atuais. Atualmente, Sérgio Andrade, Sérgio Eduardo, Julio Rangel, Zé Freire, Yko Brasil e Alexandre Baros seguem levando a música da Banda para todo o país. De Waltinho são quase todos os arranjos e a maior parte das composições – sempre em parceria com Roberto ou Sérgio Andrade.

Em dezembro de 2006 a Banda viajou até a Argélia onde se apresentou no Congresso Mundial dos Povos e Culturas dos Desertos, em Argel, como representante do Brasil no evento. Em 2008 representou o Brasil no Festival da Lusofonia, em Macau. Apesar de ter reduzido suas atividades ao nível local nos últimos anos, a Banda de Pau e Corda nunca parou, sendo presença constante nos carnavais e festas de São João em Pernambuco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s