1326 – Hamilton de Holanda e Orquestra de Mato Grosso relançam disco infantil no mês das crianças

#DiaDasCrianças #MusicaInfantil  #MusicaIndependente #MusicaBrasileira #OEMT #HamiltondeHolanda #LeandrodeCarvalho #KuarupMúsica

#MáscaraSalva #EviteMuvuca

#Respeito #Generosidade #Gratidão #Tolerância #Diversidade #Pluralidade #Liberdade #AmeosAnimais #BLM #Democracia #ImprensaLivre #JornalistasAntiFascistas

#SalveoPantanal

#ForaFrias #ForaSalles

#ForaBolsonaro

Álbum Alegria, com regência de Leandro Carvalho, traz clássicos do repertório infantil brasileiro e temas de séries e filmes internacionais consagrados

Alegria! Nenhum substantivo poderia definir melhor o encontro entre o mestre do bandolim de dez cordas, Hamilton de Holanda, e a Orquestra do Estado de Mato Grosso. Uma viagem lúdica ao universo multicolorido dos desenhos animados e dos videogames, uma divertida jornada conduzida pelo virtuosismo inconteste de um dos mais inquietos instrumentistas da atualidade.

Sob regência do maestro Leandro Carvalho, Alegria, o disco da Orquestra de Mato Grosso, que está novamente disponível nas plataformas digitais pela produtora e gravadora Kuarup, transportará adultos e crianças para as aventuras da Pantera Cor-de-Rosa — por meio da famosa canção-tema de Henry Mancini — ou um tour por Bedrock, cidade natal de Fred e Barney ao som de Hoyt Curtin; para o Sítio do Picapau Amarelo, com o tema clássico de Gilberto Gil; ou para as missões resgate da princesa Peach, de Mario Bros. Clique no linque ao final desta atualização e ouça o disco Alegria.

Para completar a jornada, Hamilton escreveu especialmente para este disco a inédita Suíte da Infância organizada em três movimentos — e trouxe consigo a Criançada Reunida, peça de Rogério Caetano, outro importante instrumentista brasileiro da atualidade. Entre as dez faixas que compõem o álbum estão, ainda, o Medley com o Lullaby Brahms, e temas infantis brasileiros como A Casa, Se Essa Rua Fosse Minha, O Pato e Peixinhos do Mar, de autores como Vinícius de Moraes, Toquinho, Sérgio Endrigo, Sérgio Bardotti e Paulo Soledade. O álbum foi indicado ao Prêmio da Música Brasileira na edição de 2016.

Alegria é um disco contagiante, com uma sonoridade inventiva, divertida, com alto nível técnico e artístico”, disse Leandro Carvalho. “A Orquestra e Hamilton estão plenos e os arranjos de Vittor Santos são geniais.” Com direção artística de Leandro Carvalho, Hamilton de Holanda e Marcos Portinari, Alegria foi gravado em fevereiro de 2015 no Estúdio Inca, em Cuiabá, Mato Grosso, mixado por Thiago Marques e masterizado por André Dias. A produção executiva coube a Marcos Portinari, com assistência de produção de Fellipe Cabral e projeto gráfico de Fernando Salles.

Hamilton de Holanda é um gênio consagrado do bandolim 10. Seu estilo único o levou diversas vezes aoLatin Grammy e ao prêmio na edição de 2015 na categoriaMelhor Canção Brasileira com a música Bossa Negra, parceria com Diogo Nogueira e Marcos Portinari. Oito de seus discos configuram nas listas de indicações do Grammy. Entre os inúmeros prêmios que recebeu, Hamilton de Holanda acumula o recorde de11 vezes consagrado no Prêmio da Música Brasileiraem diferentes categorias. Recentemente foi indicado ao prêmio alemão Echo Jazz, entre osmelhores instrumentistas de jazz do mundo.

Com pouco mais de uma década, a Orquestra do Estado de Mato Grosso, criada no coração da América Latina, encontrou espaço entre as mais importantes orquestras brasileiras. Liderada pelo maestro Leandro Carvalho, a OEMT quebrou os paradigmas da música de concerto ao combinar o repertório tradicional com novas composições e arranjos em que os instrumentos da cultura popular mato-grossense — como a viola de cocho — são utilizados. A bem-sucedida mistura rendeu reconhecimento imediato e estabeleceu uma forte conexão com o público. Em pouco mais de uma década, a Orquestra de Mato Grosso gravou 15 álbuns com alguns dos mais destacados solistas em atuação no Brasil.

Leandro Carvalho, regente principal e diretor artístico da OEMT, é conhecido por sua vitalidade e abordagem singular de ampla variedade de repertórios, considerado um dos mais proeminentes maestros brasileiros da nova geração. Apontado como um dos dez artistas de maior importância na última década na música de orquestra no Brasil pela revista Viva Música!, uma das principais publicações do setor, Leandro é um dos fundadores da Orquestra do Estado de Mato Grosso.

Em 2013 e 2014 fez residência artística (conducting fellowship) na prestigiada Philadelphia Orchestra, nos Estados Unidos, e de 2011 a 2013 foi regente assistente na Orquestra Sinfônica Brasileira, no Rio de Janeiro, quando teve a oportunidade de dirigir concertos com grandes solistas como Daniil Trifonov, Simone Dinnerstein, Lenine e Gilberto Gil. Com a Orquestra de Mato Grosso, de 2005 a 2016, sob sua direção, foram apresentados mais de 600 concertos, distribuídos em diferentes séries, em diversos municípios de Mato Grosso e do Brasil, com destaque para duas grandes turnês realizadas em 2008 quando a OEMT apresentou 162 concertos em 92 cidades de 22 estados brasileiros. Com a OEMT, Leandro Carvalho gravou 15 discos e quatro DVDs com obras inéditas e de compositores consagrados, também com grandes instrumentistas como Yamandu Costa, Turibio Santos, Antonio Del Claro, Emmanuele Baldini, Roberto Correa, Pablo Agri, Carlos Corrales, Ivan Vilela e Renato Teixeira entre outros.

Hamilton de Holanda e maestro Leandro Carvalho (Foto: José Medeiros/Gcom-MT)

Leandro Carvalho graduou-se em Música Erudita em São Paulo, fez pós-graduação em Regência Orquestral na Holanda e na Järvi Academy, na Estônia. Participou de festivais, na classe de regência, na Inglaterra e no Brasil (Campos do Jordão) e de master classes com os maestros Valery Gergiev e Kurt Masur. Nos Estados Unidos, desenvolveu-se como regente sob a orientação de Leonid Grin. Como instrumentista gravou nove discos, lançados no Brasil e exterior com destaque para os duos com Turíbio Santos e Baden Powell. Seu trabalho como pesquisador apresenta uma visão singular da cultura brasileira, sintetizada na dissertação de Mestrado “… e o estrepitoso zabumba põe tudo em alvoroço”, elaborada com a orientação do escritor Ariano Suassuna e apresentada no departamento de pós-graduação em História Social da Universidade Federal de Pernambuco.

Leandro Carvalho foi finalista da “Svetlanov International Conducting Competition” em Paris, com a ‘Orchestre Philharmonique de Radio France’, em junho de 2014. Foi Secretário de Cultura do Estado de Mato Grosso.

Sobre a Kuarup

Especializada em música brasileira de alta qualidade, o seu acervo concentra a maior coleção de Villa-Lobos em catálogo no país, além dos principais e mais importantes trabalhos de choro, música nordestina, caipira e sertaneja, MPB, samba e música instrumental em geral, com artistas como Baden Powell, Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Wagner Tiso, Rolando Boldrin, Paulo Moura, Raphael Rabello, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Pena Branca & Xavantinho e Arthur Moreira Lima, entre outros.

KUARUP MÚSICA: Rádio e TV: www.kuarup.com.br

Telefones: (11) 2389-8920 e (11) 99136-0577

Rodolfo Zanke rodolfo@kuarup.com.br

Clique aqui e ouça o disco Alegria

Leia também no Barulho d’água Música:

1219 – Ivan Vilela lança disco com Orquestra do Mato Grosso reunindo clássicos da música caipira  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s