1364 – Kátya Teixeira e André Venegas estreiam “Acalantos”, projeto destinado a abraçar fãs e amigos*

#MúsicaIndependente #MúsicaLatinoAmericana #MúsicaLusoBrasileira #AmericaLatina #Portugal  #CulturaPopular

Em apresentações virtuais, cantora passeará pelo cancioneiro popular latino-americano e luso-brasileiro, mesclando canções inéditas entremeadas a sucessos da sua carreira, causos e poesias, com participação de Nani Braun

* Com Mercedes Cumaru

Na sexta-feira, 19 de março, a partir das 21 horas, a cantora e compositora paulistana Kátya Teixeira começará a apresentar Acalantos, uma série de cinco concertos virtuais planejada para acalentar nesse momento tão singular e inquietante no qual as pessoas ao redor do mundo carecem de afeto e se sentem fragilizadas diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). As canções escolhidas para o repertório busca oferecer acolhimento e momentos de paz para o público e a família, posto que poderá ser acompanhado por fãs e amigos de Kátya de todas as gerações. A cada nova rodada, as cantigas serão entremeadas por causos e poesias de Luizinho Bastos e Luís Perequê, interpretadas pela convidada especial Nani Braun, contadora de histórias, arte-educadora, atriz e apresentadora de TV. Para sintonizar Acalantos, bastará visitar o canal oficial de Kátya Teixeira em http://youtube.com/katyateixeirabr e em portais parceiros como o do Dandô – Circuito de Música Dércio Marques e que serão divulgados pelas redes sociais da artista.

Nani Braun (Katxerê Produções)

Acalantos foi inspirado no Ciclo Arrullos – Churrinche, da Patagônia, na Argentina, encontro virtual que reuniu cantoras latino-americanas do qual Kátya Teixeira fez parte e que apresentou vários acalantos (arrullos). Para o seu projeto, Kátya recebeu recursos da Lei Aldir Blanc, por meio do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial da Cultura e do Governo do Estado de São Paulo e trará músicas inéditas como No Arco da Madrugada (em parceria com Consuelo de Paula) e Dorme, meu amor (com João Evangelista Rodrigues), além de composições de Luís Perequê, Luiz Vieira, Jean Garfunkel e Renato Consorte e Rosinha de Valença e o clássico Tristeza, dos irmãos Nuñes, que ficou conhecido na voz de Mercedes Sosa, passando por cantigas tradicionais luso-brasileiras de Zeca Afonso. Há ainda Toke na Mitã, composta em guarani por Anabel Andrés e Jera Guarani.

André Venegas, ator e músico integrante do grupo Barbatuques, assina a direção artística ao lado de Kátya Teixeira e compartilha o palco com ela tocando instrumentos e percussão vocal e corporal.

Kátya Teixeira é conhecida por sempre estar acompanhada de fiel legião de fãs e amigos por onde quer que cante e/ou passe. Carismática e bem-humorada, ao final das apresentações é sagrado para ela bater um papo com o público. Assim, ao vivo, ela e seus convidados não deixarão de interagir com o auditório e compartilhar curiosidades do processo de criação do espetáculo e da seleção das músicas, além detalhes sobre os instrumentos utilizados (todos os que ela utiliza têm nome próprio), a percussão corporal e efeitos vocais e muito mais.

Kátya Teixeira absorveu diversas influências da cultura popular, primeiramente de sua cidade natal, São Paulo. Ao longo de sua caminhada musical, prestes a completar três décadas, foi colecionando e incorporando também referências latino-americanas e luso-brasileiras. Nos cinco concertos virtuais, seus seguidores terão a oportunidade de se aprofundarem um pouco mais nesse universo não somente pelas cantigas, mas também pelos instrumentos que integram a apresentação. Em Acalantos, o cenário será todo montado com os próprios instrumentos que, por si só já são obras de arte. São peças artesanais confeccionadas em várias regiões do Brasil e do mundo. Ela e Venegas se revezarão tocando flautas indígenas, apitos mapuche, caja coplera argentina, berimbau de boca, kalimbas africanas, violas de cocho e de cabaça, charango andino, rabecas, violões requinto e tercino, guitarra transpuesta, entre outros. 

Informações para a Imprensa/Mercedes Cumaru/Whatsapp (11) 9-8883-4303

Leia mais sobre Kátya Teixeira ou a conteúdos a ela relacionados aqui no Barulho d’água Música clicando no linque abaixo:

https://barulhodeagua.com/tag/katya-teixeira/

 

2 respostas para “1364 – Kátya Teixeira e André Venegas estreiam “Acalantos”, projeto destinado a abraçar fãs e amigos*”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s