1396 – Luís Kiari convida Elba Ramalho e grava Tomé, evocando fé, esperança e a força nestes tempos de pandemia

#MPB #KuarupMúsica #Paraíba #CulturaPopular

Música está disponível apenas pelas plataformas digitais, lançada pela Kuarup

A partir de hoje, 21, a gravadora e produtora Kuarup disponibiliza, exclusivamente nas  plataformas digitais, Tomé, nova música de Luís Kiari em parceria com Gabriel Garcia que o cantor e compositor paraibano assina e canta, acompanhado pela conterrânea Elba Ramalho.

Kiari acredita que 2021 começou nos pedindo para termos ainda mais esperança, inaugurando um tempo de acreditar que o planeta passa por mudanças significativas, que hoje nos flagelam, mas que nos trarão novo ciclo, um período no qual poderemos voltar a fincar os pés em chão firme e estaremos capazes de encontrar saída para vencermos um dos maiores inimigos que a humanidade já conheceu, o coronavírus, causador da terrível Covid-19. Tomé foi pensada por Kiari para ser seu primeiro lançamento desse ano, evocando coragem, força e fé, imprescindíveis neste momento.

A letra revela no suave jeito de Kiari se expressar clara mensagem de crença em Deus, mas também a responsabilidade do fazer de cada um. Uma característica forte do sangue paraibano que corre nas veias dele, que convidou Elba para abrilhantar a canção e temperar a música com um toque de força, já que a julga símbolo de uma expressão artística delicada e humana, mas firme, como exprime ao cantar. Elba, contou Kiari, foi para ele um presente e a realização de um sonho, pois esperava poder ter a honra de cantar com aquela que deu cores a tantos momentos em sua vida.

Desde janeiro também já está nas plataformas digitais, com lançamento pela Kuraup, Por Aí, canção que marca o encontro e celebra o início da amizade entre Luís Kiari e o padre Fábio de Mello. A letra aborda a construção de cada um de nós à medida na qual ganhamos ou perdemos, somando experiências durante o tempo de vida. Viver é uma dicotomia, pois quanto mais vivemos, menos vida nos resta pela frente. Vamos nos desconstruindo para construir quem já somos, por isso, o que nos cabe é apenas o presente. A música nos leva a pensar sobre essa construção e esse aprendizado diário na procura de quem somos e quem estamos sendo.

O envolvimento de Luís Kiari com a música começou na infância em Campina Grande (PB) ao ouvir o pai cantarolando versos de Maurício Reis, Altemar Dutra, Agnaldo Timóteo e Nelson Gonçalves, entre outros, enquanto o acompanhava no trabalho rural. Na adolescência, Kiari teve seu primeiro contato direto com a música por meio dos instrumentos tocados pelos três irmãos cegos, que então estudavam na capital paraibana, a cidade de João Pessoa.

Foi nesta época que aprendeu a tocar violão e começou a ter acesso aos primeiros discos de música popular brasileira, trazidos pelos irmãos. Aos 19 anos, desembarcou na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e intensificou seu envolvimento com a música lecionando violão por indicação de amigos da igreja que frequentava. Por intermédio deles, conheceu alguns dos hoje seus principais parceiros de composição Caio Sóh, Gugu Peixoto e Fred Somer.

A difícil adaptação do menino do Interior do Nordeste à realidade de uma cidade grande e a angústia silenciosa deste choque cultural transformaram-se na primeira composição, em 2004, Terra Ardente. A partir daí, Kiari não parou mais. Em 2006 formou-se em Produção Fonográfica e ampliou seu interesse pelas palavras e por Filosofia, frequentando o curso de Literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) como ouvinte. Nesta época conheceu Caio Sóh, que abriu a varanda do apartamento no Recreio dos Bandeirantes, na cidade do Rio de Janeiro para encontros de música e de poesia com jovens artistas de várias partes do Brasil.

Destes saraus nasceram Os Varandistas — que chegaram aos palcos da MPB em 2010 – e a aproximação com a jovem cantora Maria Gadú — que gravou em seu disco de estreia, em 2009, Linda Rosa, composição de Kiari e Gugu Peixoto, escolhida como parte da trilha sonora da novela Cama de Gato, da Rede Globo. Com Gadú, Kiari tocou em casas conceituadas nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro e participou da gravação do primeiro CD/DVD da amiga, fazendo dueto em sua canção Quando Fui Chuva, composta em parceria com Caio Sóh.

Pela Kuarup Kiari lançou os álbuns Três e De Dentro.

Especializada em música brasileira de alta qualidade, o acervo da produtora e gravadora Kuarup concentra a maior coleção de Villa-Lobos em catálogo no país, além dos principais e mais importantes trabalhos de choro, música nordestina, caipira e sertaneja, MPB, samba e música instrumental em geral, com artistas como Baden Powell, Renato Teixeira, Ney Matogrosso, Wagner Tiso, Rolando Boldrin, Paulo Moura, Raphael Rabello, Geraldo Azevedo, Vital Farias, Elomar, Pena Branca & Xavantinho e Arthur Moreira Lima, entre outros.

Além desta eclética galeria de cantores e duplas cujos trabalhos já lançados formam o acervo de álbuns, também é possível ao internauta que visita o portal da Kuarup, entre outras atividades no campo da produção cultural, saber pela guia Notícias as novidades que estão chegando para reforçar este precioso catálogo e, ainda, ouvir 52 seleções de músicas disponíveis na plataforma Spotify (playlists) apresentadas por temas e recortes dos mais diversificados, revelando a riqueza de sonoridades e de gêneros que a empresa guarda. Uma das preferidas aqui na redação do Barulho d’água é Duetos Kuarup (clique no nome da lista para ouvi-la). O endereço eletrônico que leva ao botão que abre as playlists é http://www.kuarup.com.br/spotify/  

Kuarup Música, Rádio e TV: www.kuarup.com.br

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s