1439 – Orquestra de Sopros de Osasco (SP) faz apresentação única no Teatro Aspro*

*Com Natália Moraes

O Teatro Aspro está gradativamente retomando as atividades presenciais e reservou seu palco a partir das 19 horas do domingo, 19 de setembro, para a apresentação da Orquestra de Sopros de Osasco (OSO), cidade da região Oeste da Grande São Paulo na qual a casa cultural está situada, no bairro da Vila dos Remédios. Atualmente regida pelo maestro José Roberto Fabiano, a OSO é vinculada à Corporação Musical Santo Antônio e foi criada há quatro anos para aproximar o público e disseminar a cultura dos grupos de sopros, seu aprendizado, aprimoramento de conjunto e execução de arranjos de repertório inusitados que flertam entre a cultura da MPB e a cultura pop. O concerto em Osasco é livre para todos os públicos e em 50 minutos deverá fazer homenagem ao município oferecendo um repertório que inclui composições de Richard Wagner (Tannhäuser Overture), Ludwig van Beethoven (Beethoven in Samba), Luiz Gonzaga (Coisas que o Lua Canta), Jack (Caminheiro), Paul Simon (Bridge Over Troubled Water) e Aldir Blanc e João Bosco (O bêbado e a equilibrista), entre outras. Fabiano regerá doze clarinetistas, sete flautistas, dois oboístas, três fagotistas, quatro trompistas, cinco saxofonistas, cinco trompetistas, quatro trombonistas, três bombardinistas, quatro tubistas e dois percussionistas e terá sob sua batuta a Orquestra completa.

A Corporação Musical Santo Antônio tem o mesmo nome do padroeiro da cidade de Osasco, mas surgiu em 1954, quando município ainda era bairro da Capital, oito anos antes da emancipação político-administrativa, ocorrida em fevereiro de 1962. A Banda de Osasco, como ficou conhecida em seus primórdios, foi uma ideia de Joaquim Macedo, padre que

A Corporação Musical Santo Antônio tocou pela primeira vez quando Osasco ainda era bairro da Capital, em 1954 (Foto: Acervo da Corporação)

respondia pela Igreja Matriz que, atualmente, é a Catedral de Santo Antônio. Macedo pensava em ter uma banda para abrilhantar eventos religiosos, cívicos e sociais e a Corporação começou a tocar em 25 de janeiro para celebrar o quarto centenário da cidade de São Paulo. O tenente Lazinho, do 4º Regimento de Infantaria (RI)do Exército Brasileiro, à época instalado no bairro de Quitaúna, foi chamado para reger e formar os músicos. Eles não tinham fardamento e apresentaram-se com fardas do Exército.

Pela Corporação já passaram integrantes de 18 a 77 anos e novos membros são aceitos com frequência. Hoje ela reúne 54 músicos que ensaiam às noites de sexta-feira, na sede da Secretaria de Cultura de Osasco. Além da OSO, tem mais quatro grupos principais: a Big Band (25 músicos), o Grupo de Choro Chorado para Santo Antônio (6 músicos), a Camerata (13 músicos) e um grupo de coreto tradicional e de caráter itinerante que varia conforme a agenda de eventos. O endereço da Secretaria de Cultura de Osasco é Avenida Visconde de Nova Granada, 513, Quilômetro Dezoito.

Formada há quatro anos, a Orquestra de Sopros reúne mais de 50 músicos sob a batuta do maestro José Roberto Fabiano, em pé, na foto do meio (Fotos extraídas do Facebook da OSO)

O preço do ingresso para assistir ao concerto da OSO varia entre R$35,00 e R$70,00. Os pontos de venda estão na Escola Música em Movimento (Rua Gabriel Seferian, 453, Presidente Altino, Osasco), na bilheteria do Teatro Aspro (Rua Joaquim Dias de Oliveira, 22, Vila dos Remédios); para quem optar pela compra online o endereço é https://www.megabilheteria.com/evento?id=20210817194800

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s