1469 -Blubell (SP) lança livro de crônicas, acompanhado por álbum homônimo, em livraria paulistana

#MPB #Jazz #Pop #Literatura #CulturaPopular

*Com Carola Gonzalez

Música Solar Para Tempos Sombrios marca a estreia editorial da cantora, compositora e escritora e entre as nove faixas do disco conta com participações de Zélia Duncan. Suzana Salles e Ná Ozzetti

“Amo o fato de que uma mulher seja isso: compositora. Que crie mundos, narre as suas histórias nesse trabalho de lapidação, como uma escultora. E de quebra, ainda apareça com humor, como uma crooner sarrista aqui e ali pra rir de si mesma, da sua fragilidade e da bizarrice do mundo. Com leveza e encantamento.” 

Roberta Estrela D’Alva, cantora, atriz, apresentadora e autora da orelha do livro

Conhecida por escrever letras consideradas crônicas do próprio cotidiano, a cantora e compositora Blubell lançará nesta sexta-feira, 12 de novembro, o primeiro livro, acompanhado de um álbum, ambos com o título Música Solar Para Tempos Sombrios. O lançamento duplo, que ela chama de “lisco”, chega como publicação da Editora Lyra das Artes e pelo selo ybmusic em noite de autógrafos a partir das 18 horas em uma conceituada livraria da Vila Madalena, bairro da Capital de São Paulo. Música Solar… sai do prelo com ilustrações de Juliana Russo, projeto gráfico e visual de Daniel Banir em formato que a autora e os colaboradores pensaram para surpreender amigos e fãs. Para cada canção há uma crônica correspondente e para cada texto uma ilustração, formando um conjunto multilinguagem que revela a cara de Blubell.

Música Solar Para Tempos Sombrios traz de volta o pop bem humorado com influência de jazz de Blubell (clique e ouça em https://onerpm.link/MusicaSolarParaTemposSombrios). É, também um livro/disco, ou “lisco”, como ela mesma gosta de chamar, com nove faixas autorais, uma em parceria com Zélia Duncan. As nove crônicas correspondentes são inspiradas nas trilhas do álbum e o conjunto traz um mergulho nas bem-humoradas histórias das canções que Blubell compôs entre 2018 e 2019 enquanto batalhava contra um período tortuoso. Encomende o exemplar (pré venda) em https://www.lyradasartes.com.br/blubell

A faixa O Futuro abre o trabalho com o pé na porta. Com um clipe “à la Bond girl”, filmado no Sul da Bahia e editado pela própria artista, a música fala da não linearidade do tempo e nos convida a sonhar em meio às trevas. Em Música Americana, Blubell contesta, em letra ácida e divertida, a “heresia” que é para uma artista brasileira ter influências anglo-saxônicas. Blues do Pijama, parceria de Blubell com Zélia Duncan, une ambas em clima de filme noir. Ná Ozzetti e Suzana Salles entoam o mais luxuoso dos coros no hilário e elegante bolero A Nata Sou Eu. Outros destaques são a balada “samba-canção moderno” No Banco de Trás e a bucólica The Bright Side Of The Moon. 

Gravado “ao vivo” ou “à moda antiga” nos estúdios da Gargolândia e lançado pela ybmusic, o álbum tem direção musical de Blubell e Luca Raele (que também já trabalhou com Mônica Salmaso e Nouvelle Cuisine) e tempera várias faixas com seu clarinete. A bateria firme, mas macia de Richard Ribeiro, amalgama-se ao piano caloroso de Danilo Penteado, ao passo que o corintiano Igor Pimenta se divide entre brilhantes linhas melódicas no baixo elétrico e finesse no baixo acústico. O quarteto faz uma bela cama para que Blubell deite sua voz aveludada.

AMOR, HUMOR, POP E JAZZ

Bel Fontana é o nome de batismo de Blubell, cantora e compositora que começou carreira em 2006 com Slow Motion Ballet, reunindo apenas composições próprias com exceção de uma versão de Junk, de Sir Paul McCartney. Com Eu sou do tempo em que a gente se telefonava (2011), Blubell entrou definitivamente para a galeria de compositoras de sua geração — com direito a turnê pelo Japão e a ser a primeira artista solo feminina do Brasil a participar do Lollapalooza. Em Blubell & Black Tie, disco de versões prensado em 2012, ela comprovou sua veia de intérprete. Em seguida Diva é Mãe (2013) e Confissões de Camarim (2016) solidificaram o estilo de composição com canções autorais que mais parecem crônicas saídas do dia a dia que leva, misturando amor com humor e pop com jazz.

O endereço da livraria onde transcorrerá a noite de autógrafos é Rua Fradique Coutinho, 915, Vila Madalena, próximo à estação Fradique Coutinho da Linha 4 Amarela do Metrô. O exemplar do combo livro+disco custará R$ 34,90.

Confira o Book Trailer em https://youtu.be/0ID9CTAm7xA

Clipe de “O Futuro”: https://youtu.be/90TrnpwbE8I 

EPK / Making Of do disco: https://youtu.be/FeeLah0bi-Q

Siga Blubell nas redes pelo endereço eletrônico https://linktr.ee/blubell

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: